Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7276
Tipo: Dissertação
Título: Diagnóstico e prevalência oculta da doença renal crônica em portadores de hipertensão arterial: o papel estratégico da atenção primária à saúde na prevenção de agravos e enfermidades
Diagnosis and hidden prevalence of chronic kidney disease in individuals with hypertension: the strategic role of primary health care in the prevention of injuries and illnesses
Autor(es): Silva, Luciana Saraiva da
Abstract: A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), condição crônica altamente prevalente, é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento e progressão da Doença Renal Crônica (DRC), que é considerada um problema de saúde pública em todo o mundo. A prevalência de DRC vem aumentando mundialmente, com incremento anual de 8 a 16%, que é maior do que o crescimento populacional geral. A DRC é definida como a presença de lesão renal, associada ou não à diminuição da Taxa de Filtração Glomerular (TFG) < 60 mL/min/1,73m2 por um período ≥ 3 meses. O diagnóstico da DRC baseia-se na identificação de grupos de risco (idosos, obesos, portadores de HAS ou diabetes), na presença de lesão renal e na redução da TFG. Na prática clínica, a função renal pode ser avaliada pela dosagem da creatinina, pela depuração da creatinina e pela estimativa da TFG por meio de fórmulas. No entanto, os estudos não mostram um consenso sobre o método de detecção da DRC a ser utilizado. Neste contexto, a DRC, em geral, tem sido subdiagnosticada e tratada inadequadamente, culminando em um alto custo de tratamento, sobretudo pela não implementação de medidas preventivas. Assim, destaca- se a importância da Atenção Primária à Saúde (APS), por meio da Estratégia Saúde da Família (ESF), no diagnóstico precoce e encaminhamento dos pacientes a especialistas. Sendo assim, o objetivo do presente estudo é avaliar os diferentes métodos de diagnóstico da DRC e sua prevalência oculta em portadores de HAS cadastrados na ESF do município de Porto Firme-MG, com ênfase no papel estratégico da APS na prevenção de agravos e enfermidades. Trata-se de um estudo transversal com os portadores de HAS acompanhados pela ESF do município, cuja coleta dos dados se deu por meio de entrevistas, avaliações antropométrica, clínica e bioquímica. O diagnóstico de DRC foi realizado por meio da dosagem de creatinina sérica, depuração de creatinina e avaliação da TFG estimada a partir das fórmulas CG, CG-corrigido, MDRD-6, MDRD-4, CKD-EPI. Uma vez identificada alguma alteração em um dos testes realizados, os mesmos foram repetidos após três meses para confirmação do diagnóstico. Para a análise dos dados utilizou-se o software SPSS. O nível de significância adotado para rejeição da hipótese de nulidade foi α = 0,05. O projeto de pesquisa foi submetido à análise e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Viçosa (UFV), protocolo 044/2012. Foram avaliados 293 indivíduos, com média de idade de 65,8 anos; 76,0% eram do sexo feminino; 60,8% eram casados; 74,1% eram aposentados; 90,0% possuíam baixa renda e baixa escolaridade e 66,9% apresentavam sobrepeso. A maior concordância com a depuração real, segundo o kappa ponderado, se deu pela fórmula CKD-EPI (kappa = 0,362) e a menor concordância pela fórmula CG (kappa = 0,311). Observou-se uma correlação significante (p<0,001), porém moderada entre a depuração real e todas as fórmulas avaliadas, sendo a maior correlação com a fórmula CKD-EPI (r = 0,612). A fórmula CKD-EPI apresentou o menor número de indivíduos abaixo do limite inferior de concordância pela análise de Bland-Altman. Em relação à prevalência, 38,6% (IC 95%: 33,0 - 44,2) da população estudada apresentavam DRC, sendo que aproximadamente 14% estavam em estágio mais avançado da doença (TFG < 45 mL/min/1,73m2). Quando as variáveis foram comparadas nos diferentes estágios, observou-se relação estatisticamente significante da DRC com idade, escolaridade, uso de álcool, sobrepeso, risco cardiovascular, creatinina e microalbuminúria. Quando avaliada a razão de prevalência, observou-se associação estatisticamente significante com idade e creatinina. Visto tais resultados, recomenda-se que, juntamente com o valor da creatinina sérica, os serviços de patologia clínica forneçam a estimativa da TFG, o que permitirá a visualização imediata da DRC. Sugere-se também a divulgação e utilização das tabelas que fornecem a TFG, sendo esta, uma ferramenta de baixo custo e fácil utilização, que poderá ser aplicada também como rotina na APS. O estudo reforça o papel estratégico da APS no diagnóstico e prevenção de agravos e enfermidades, visto que esta é a porta de entrada dos indivíduos nos serviços de saúde. Por fim, os achados deste estudo ratificam a necessidade de capacitação da equipe de saúde envolvida no tratamento desses pacientes, fomentando a prevenção e diagnóstico da DRC nos estágios iniciais.
High Blood Pressure (HBP) is a highly prevalent chronic disease and is one of the main risk factors for the development and progression of Chronic Kidney Disease (CKD), which is a worldwide health problem. The prevalence of CKD has been increasing on a global scale, with an annual growth of between 8% and 16%, which is higher than the growth of the general population. CKD is defined as the presence of a kidney injury, associated or not with a decrease in the glomerular filtration rate (GFR) < 60 mL/min/1.73m2 for a period ≥ 3 months. A diagnosis of CKD is based on identifying risk groups (the elderly and obese, individuals with HBP or diabetes) in the presence of the kidney injury and a reduction of the GFR. In clinical practice, the kidney function can be assessed by measuring creatinine or creatinine clearance and by estimating the GFR through formulae. However, there is no consensus among previous studies about the method that should be used to detect CKD. In this context, CKD has generally been underdiagnosed and inadequately treated, culminating in high treatment costs, mainly due to the non-implementation of preventative measures. Thus, the importance of primary health care (PHC), through the family health strategy (FHS), is significant, in terms of an early diagnosis and sending patients to see specialists. The aim of the present study was to study and assess the different diagnosis methods of CKD and its hidden prevalence in individuals with HBP registered in the FHS of the municipality of Porto Firme-MG, with an emphasis on the strategic role of the PHC in the prevention of injuries and illnesses. This is a cross-sectional study using individuals with HBP who are monitored by the FHS of the city, collecting data through interviews, as well as anthropometric, clinical and biochemical assessments. CKD was diagnosed by measuring creatinine serum, creatinine clearing and estimating the GFR through the CG, CG-corrected, MDRD-6, MDRD-4 and CKD-EPI formulae. When an abnormality was identified in one of the tests carried out, the test was repeated three months later to confirm the diagnosis. Data analysis was conducted using SPSS software. The level of significance adopted to reject the null hypothesis was α = 0.05. The present study was approved by the Human Rights Ethics Committee of the Universidade Federal de Viçosa (UFV) under protocol number 044/2012. In total, 293 individuals were assessed, with a mean age of 65.8 years; 76.0% were female; 60.8% were married; 74.1% were retired; 90.0% had a low income and low level of education and 66.9% were overweight. The greatest agreement with real clearance, according to the weighted Kappa, was achieved using the formula CKD-EPI (kappa = 0.362) and the lowest agreement was achieved with the formula CG (kappa = 0.311). A significant, although moderate, correlation (p<0.001) was found between real clearing and all of the formulae assessed, with the greatest correlation recorded for the formula CKD-EPI (r = 0.612). The formula CKD-EPI exhibited the lowest level of individuals under the lowest limit of agreement in the Bland-Altman analysis. With regards to prevalence, 38.6% (CI 95%: 33.0 – 44.2) of the population studied exhibited CKD and approximately 14% were in the most advanced stage of the disease (GFR < 45 mL/min/1.73m2). When the variables were compared in the different stages, a statistically significant association was found between CKD and age, education, alcohol consumption, overweight individuals, cardiovascular risk, creatinine and microalbuminuria. When the prevalence ratio was assessed, a statistically significant association was found between age and creatinine. Based on these results, it is recommended that, together with the value of creatinine serum, clinical pathology services should provide an estimate of the GFR, which will enable an immediate visualization of the CKD. It is also suggested that tables that show the GFR should be used and distributed as a low-cost tool that is easy to use and could also become routine in PHC. The present study reinforces the strategic role of PHC in the diagnosis and prevention of injuries and illnesses since it is the entrance to health services for individuals. The findings of the present study confirm the need to train health staff involved in the treatment of these patients, promoting the prevention and diagnosis of CKD in its early stages.
Palavras-chave: Insuficiência renal crônica
Hipertensão
Prevenção de doenças
Cuidados primários de saúde
Rins - Doenças - Exames médicos
CNPq: Nutrição
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Luciana Saraiva da. Diagnóstico e prevalência oculta da doença renal crônica em portadores de hipertensão arterial: o papel estratégico da atenção primária à saúde na prevenção de agravos e enfermidades. 2013. 89f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7276
Data do documento: 13-Dez-2013
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo940,54 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.