Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7283
Tipo: Tese
Título: Proteína bruta, relações aminoacídicas e lisina digestível em dietas para codornas para corte de 15 a 35 dias de idade
Crude protein, aminoacidic ratios and digestible lysine in diets for meat-type quails from 15-35 days old
Autor(es): Ribeiro, Cleverson Luís Nascimento
Abstract: Foram realizados 4 experimentos sequenciais com codornas de corte na fase de 15 a 35 dias de idade com o intuito de estimar níveis referenciais de proteína bruta (PB) e de lisina digestível (LISD), e também , estimar as melhores relações aminoacídicas digestíveis para metionina + cistina (MET + CISD: LISD), treonina (TRED: LISD) e triptofano (TRPD: LISD), baseado no conceito de proteína ideal. As aves foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, sendo que para o experimento I, distribuiu-se 420 codornas em 5 tratamentos (níveis de PB = 180; 200; 220; 240 e 260g/ kg de dieta), com 7 repetições e 12 aves por unidade experimental. No experimento II, distribuiu-se 504 codornas em 6 tratamentos (MET + CISD: LISD = 68; 73; 78; 83; 88 e 93%), com 7 repetições e 12 aves por unidade experimental. Para o experimento III, distribuiu-se 480 codornas em 5 tratamentos (TRED: LISD = 68; 72; 76; 80 e 84%), com 8 repetições e 12 aves por unidade experimental. E, no experimento IV, distribuiu- se 504 aves em 6 tratamentos (TRPD: LISD = 16; 17; 18; 19; 20 e 21%), com 7 repetições e 12 aves por unidade experimental. Em todos os experimentos foram avaliados os parâmetros de desempenho: consumo diário de ração (CR, g/ ave/ dia); consumo diário do nutriente estudado (g/ ave/ dia); ganho de peso (GP, g/ ave/ dia); peso final das aves (PF, g/ ave), índice de conversão alimentar (CA, g/ g) e viabilidade do plantel (VIAB, %); de características de carcaça foram: peso de jejum (PJ, g/ ave); peso de carcaça (PC, g/ ave); peso de peito (PP, g/ ave); rendimento de carcaça (RC, %) e rendimento de peito (RP, %); para composição química de carcaça das aves foram avaliadas: percentual de matéria seca total (MS, %); percentual de proteína bruta (PB, %) e percentual de gordura (EE, %). Experimento I: Os níveis de PB nas dietas não influenciaram o CR, por outro lado, CPB e GPD apresentaram resposta linear crescente. PF e CA apresentaram resposta quadrática (239,25 e 240,93g de PB/ kg dieta, respectivamente). Para características de carcaça, os níveis de PB nas dietas não influenciaram o RC. Efeito linear crescente foi observado em PJ, PC e PP e RP apresentou melhor valor para o nível de 222,58g de PB/ kg dieta. Os níveis de PB estudados não houve diferença significativa para MS da carcaça. Os níveis de PB promoveram aumento linear crescente no PB na carcaça das aves e no EE se observou reposta quadrática com menor valor obtido para 215,69g de PB/ kg dieta. De acordo com os resultados obtidos, o nível estimado de 240,93g de PB/ kg de dieta atende satisfatoriamente as necessidades de PB para codornas de corte de 15 a 35 dias de idade. Experimento II: CR e CMET foram influenciados com maiores valores obtidos com as relações MET + CISD: LISD superiores a 93 %. GPM e PF apresentaram resposta quadrática com relações MET + CISD: LISD de 84,2% e 84,21%, respectivamente. PJ e PC apresentaram resposta quadrática com melhores valores obtidos com a relação de 84% de MET + CISD: LISD. As relações MET + CISD: LISD influenciaram aumentando o PP. Com o incremento das relações MET + CISD: LISD os parâmetros de composição química de carcaça, MS e PB demonstraram resposta linear decrescente. Experimento III: Não se observou efeito significativo para CR. Para CTRE as relações aminoacídicas estudadas influenciaram de forma linear crescente. As relações TRED: LISD promoveram resposta quadrática sobre o GPM, o PF e o CA, como melhores resultados obtidos com as relações TRED: LISD de 74%; 74% e 75%, respectivamente. Por outro lado, as relações TRED: LISD não influenciaram os resultados para PJ, PC, PP e RC. RP apresentou efeito quadrático com a relação TRED: LISD estimada de 76%. As relações TRED: LISD não influenciaram a, MS, PB e PG das carcaças das aves. Experimento IV: As relações TRPD: LISD não apresentaram influência nos resultados de CR, GPM e PF. Observou-se resposta linear crescente para CTRP. O melhor CA foi obtido com resposta quadrática pela relação TRPD: LISD estimada em 18%. Não houve resposta para PP, RC e RP. Para os parâmetros PJ e PC houve resposta linear crescente, mas MS, PB e PG das carcaças das aves não foram influenciadas pelas relações TRPD: LISD nas dietas. De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que o nível estimado de 240,93g de PB/ kg, correspondendo ao nível de 12,33g de lisina digestível/ kg, e as relações MET + CISD: LISD de 84%, TRED: LISD de 75% e TRPD: LISD de 18% atende satisfatoriamente as necessidades nutricionais em dietas para codornas de corte de 15 a 35 dias de idade.
Four sequential experiments were developed with meat-type quails from 15-35 days old in order to estimate the reference levels of crude protein (CP), the correspondent digestible lysine level (DLYS), and the best digestible aminoacidic ratios for methionine + cystine (MET + CYS), threonine (THR), and tryptophan (TRP), based on ideal protein concept. Birds were distributed in a completely randomized design, and for the first trial, were distributed 420 quails in 5 treatments (CP levels: 180; 200; 220; 240 and 260g/ kg of diet), 7 replicates, and 12 birds per pen. In the second trial, it was distributed 504 quails in 6 treatments (DMET + CYS: DLYS = 68; 73; 78; 83; 88 and 93%), 7 replicates, and 12 birds per pen. For the third experiment, it was distributed 480 quails in 5 treatments (DTHR: DLYS = 68; 72; 76; 80 and 84%), 8 replicates, and 12 birds per pen. In the trial IV, 504 birds were distributed in 6 treatments (DTRP: DLYS = 16; 17; 18; 19, 20 and 21%), 7 replicates, and 12 birds per pen. In all trials were evaluated: daily feed intake (FI, g/ bird/ day); daily feed of nutrient studied (g/ bird/ day); weight gain (WG, g/ bird/ day); final weight (FW, g/ bird), feed conversion ratio (FCR, g/ g), and bird viability (VIAB, %). Carcass traits: body weight (BW, g / bird); carcass weight (CW, g/ bird); breast weight (BTW, g/ bird); carcass yield (CY, %) and breast yield (BTY, %) Chemical carcass composition: percentages of dry matter (DM, %), of crude protein (CP, %), and fat (EE, %). Experiment I: Dietary CP levels did not affect DFI, on the other hand, CPI and WG showed a positive linear response. FW and CT showed a quadratic response (239.25 and 240.93g CP/ kg diet, respectively). For carcass traits, the dietary CP levels did not affect CY. Linear increasing response was observed in BW, CW and BTW, and the BTY presented the best value for the level of 222.58g CP/ kg die). The CP levels studied did not difference for DM. For CP were observed linear increasing, and EE the dietary CP levels in the diet showed a quadratic effect for 215.69g CP/ kg diet. Experiment II: The FI showed a linear effect. WG and FW showed a quadratic response (84.20% and 84.21% digestible methionine and cystine: digestible lysine, respectively), while for FCR there was no response. For carcass traits: BW and CW presented quadratic response (for both was estimated a ratio of 84% of digestible methionine + cystine: digestible lysine), BTW showed linear increasing. However, CY and BTY were no influenced by the evaluated amino acidic ratios. For carcass chemical composition: DM and CP showed linear decreasing, but EE presented no response. Experiment III: There was no significant effect on FI. For WG, FW, and FCR were observed quadratic responses (74%, 74% and 75% of digestible threonine: digestible lysine ratio, respectively). The carcass characteristics: BW, CW, BTW and CY did not show response. The BTY showed quadratic response (76% of digestible threonine: digestible lysine ratio). For carcass chemical composition: DM, CP and EE were no influenced by the diets with the amino acidic ratios studied. Experiment IV: FI, WG and FW were no influenced by dietary amino acidic ratios evaluated. There was quadratic response on FCR, where it was estimated the ratio of 18% digestible tryptophan: digestible lysine. For the carcass traits, there were no response for BTW, CY and BTY. On the other hand, for the variables BW and CW were observed linear response. For the carcass chemical composition: DM, CP and EE were no influenced by the dietary amino acidic ratios. According to the results, the estimated level of 240.93 g of CP/ kg, corresponding the digestible lysine level of 12.33g/ kg, and the digestible amino acids ratios, 84% of digestible methionine + cystine: digestible lysine; 75% digestible threonine: digestible lysine and 18% of digestible tryptophan: digestible lysine supplied these requirements in diets for meat- type quails from 15-35 days old.
Palavras-chave: Coturnix coturnix
Codornas - Alimentação e rações
Nutrição animal
Aminoácidos na nutrição animal
Proteínas na nutrição animal
Metabolismo energético
CNPq: Ciências Agrárias
Zootecnia
Exigências Nutricionais dos Animais
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RIBEIRO, Cleverson Luís Nascimento. Proteína bruta, relações aminoacídicas e lisina digestível em dietas para codornas para corte de 15 a 35 dias de idade. 2015. 123f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7283
Data do documento: 16-Jul-2015
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo773,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.