Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7294
Tipo: Dissertação
Título: Meios de Vida em um contexto semiárido: Aspectos culturais, sociopolíticos e perceptivos da relação homem-ambiente
Livelihood in a semiarid contexto: cultural, sociopolitical and perceptual aspects of the human-environment relation
Autor(es): Dourado, Graziela Freitas
Abstract: O semiárido como um todo e, sobretudo, o ambiente natural semiárido está vinculado a inúmeros valores estéticos e morais. Partindo-se da utilização das palavras sertão e semiárido como sinônimas, percebe-se que, na maioria das vezes, em se falando de senso comum brasileiro, estes valores estão agregados a imagens estereotipadas e pejorativas. Esta pesquisa teve como objetivo melhor compreender a percepção do ambiente por parte da população do município de Marcionílio Souza, localizado na região semiárida do estado da Bahia. A utilização do termo ambiente faz referência ao ambiente natural, de acordo com os mesmos preceitos dos autores da epistemologia ecológica; a escolha desta municipalidade justifica-se, entre outros fatores, pelo alto nível de degradação ambiental encontrado. Para alcançar o objetivo descrito utilizou-se a abordagem meios de vida como ferramenta analítica, pois ao tratar das formas de viver, abarca e articula questões ambientais, de renda, trabalho, migração, sociabilidade, gênero, etc. que compõe a vida dos sujeitos estudados possibilitando assim uma melhor compreensão das formas de viver e perceber o ambiente. A relação homem-ambiente no município foi explorada a partir dos aspectos: culturais, relacionados principalmente às praticas cotidianas e formas de sociabilidade intrínsecas ao ambiente; políticos e econômicos, sobretudo referentes às políticas públicas destinadas à região, assim como às formas de acesso à terra; e perceptivos, captados através do exercício da observação participante e da escuta atenta da memória da população. Foi possível concluir que a população de Marcionílio Souza, diferentemente do que pensa senso comum brasileiro, não emite valores estéticos pejorativos sobre o ambiente semiárido. E que a forma de agir no ambiente está fortemente relacionada às habilidades (no sentido ingoldiano) adquiridas ao longo das experiências de vidas necessárias para se conseguir sobreviver com poucos recursos. Deste modo, constatou-se também que há uma forte reminiscência das formas de ocupação e colonização do semiárido nas estruturas sociais contemporâneas e que, em muitos dos casos, o sertanejo não teve possibilidade de agir sobre o ambiente de forma distinta, pois este era seu principal ou único meio de vida, o que gerou super exploração dos recursos naturais.
The semiarid region, especially the semiarid natural environment is conveyed to numerous aesthetic and moral values. Starting from the use of the words sertão and semiarid as synonyms, it is clear that, most of the time, when talking about the Brazilian common sense, these values are aggregated to stereotyped and depreciating images. This research aimed to better understand the perception of the environment by the population of the municipality of Marcionílio Souza, located in the semiarid region of Bahia. The use of the term environment refers to the natural environment, in accordance with the same precepts of the authors of the ecological epistemology; the choice of this municipality is justified, among other factors, by the high level of environmental degradation found. To achieve the objective described we used the livelihoods approach as an analytical tool, because when dealing with ways of living, it is needed to embrace and articulate environmental, income, employment, migration, sociability and gender issues, etc. These issues compose the life of the subjects studied and thus enable a better understanding of the ways of living and perceiving the environment. The man- environment relationship in Marcionílio Souza was explored from: the cultural aspects, mainly related to daily practices and forms of sociability intrinsic to the environment; political and economic aspects, especially concerning public policies directed to the region, as well as forms of access to land; and affective aspects, capitated through memory and forms of language typical of the place. It was concluded that the population of Marcionílio Souza, unlike the Brazilian common sense, does not emit pejorative aesthetic values of the semi-arid environment. And that course of action on the environment is strongly related to skills (in the ingold sense) and knowledge acquired over the experiences of life that is needed to survive with few resources. Thus, it was also found that there is a strong reminiscence of the forms of occupation and colonization of semiarid in contemporary social structures and, in many cases, the “sertanejo” was not able to act on the environment in different ways, as this was his primary or only livelihood, which led to overexploitation of natural resources.
Palavras-chave: Ecologia humana
Percepção geográfica
Educação Ambiental
CNPq: Extensão Rural
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: DOURADO, Graziela Freitas. Meios de Vida em um contexto semiárido: Aspectos culturais, sociopolíticos e perceptivos da relação homem-ambiente. 2015. 106f. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7294
Data do documento: 22-Jun-2015
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.