Locus  

Ozônio como agente fungicida e seu efeito na qualidade do arroz (Oryza sativa L.)

Show simple item record

dc.contributor Cecon, Paulo Roberto
dc.contributor Pereira, Olinto Liparini
dc.contributor Heleno., Fernanda Fernandes
dc.contributor.advisor Faroni, Lêda Rita D’Antonio
dc.creator Santos, Raquel Rodrigues
dc.date.accessioned 2016-03-10T14:03:19Z
dc.date.available 2016-03-10T14:03:19Z
dc.date.issued 2014-11-28
dc.identifier.citation SANTOS, Raquel Rodrigues. Ozônio como agente fungicida e seu efeito na qualidade do arroz (Oryza sativa L.). 2014. 43f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7327
dc.description.abstract A atividade fúngica, principalmente durante o armazenamento, pode levar a rápida deterioração na qualidade nutricional dos grãos, e reduzir seu aproveitamento industrial. No Brasil, não há fungicidas registrados pelo MAPA para o tratamento pós-colheita de grãos de arroz. Deste modo, é de fundamental importância o controle dos fungos nas unidades armazenadoras, com a finalidade de resolver os problemas associados à qualidade final deste produto. Dentre as tecnologias apontadas como promissoras no controle desses microrganismos, destaca-se a ozonização. O ozônio é um poderoso agente oxidante que promove efeitos de oxidação e destruição da membrana citoplasmática e parede celular. Objetivou-se com este trabalho determinar a concentração e o tempo de saturação do gás ozônio na massa de grãos de arroz, definir o tempo de ozonização eficaz para a desinfecção microbiológica dos grãos, bem como avaliar o efeito do processo de ozonização nas características qualitativas do produto. Foram utilizados grãos de arroz, com teor de água de 14,3% b.u., que foram previamente inoculados com uma suspensão de conídios dos gêneros Penicillium spp e Aspergillus spp. O processo de ozonização foi feito utilizando-se 500 g de grãos, que foram acondicionados em recipientes cilíndricos de PVC (15 x 25 cm), com conexões para injeção e exaustão do gás. O mesmo foi aplicado na concentração de 10,13 mg L-1, em fluxo contínuo de 1,0 L min -1. Foram estabelecidos cinco períodos de exposição (12, 24, 36, 48 e 60 h) para avaliar o efeito do gás na desinfecção microbiológica e na qualidade dos grãos de arroz. Para o controle, os grãos de arroz foram submetidos ao tratamento com ar atmosférico, nas mesmas condições que o tratamento com ozônio. Com a finalidade de reduzir o ressecamento dos grãos, fez-se necessário a passagem do gás por uma solução saturada de Cloreto de Sódio (NaCl, 75% de UR). A quantificação de fungos filamentosos e leveduras em meio de cultura e o índice de ocorrência dos gêneros Aspergillus e Penicillium nos grãos foram avaliadas por dois métodos. O primeiro método foi o da contagem em placas para fungos filamentosos e leveduras, em que 25 g de grão foram homogeneizados em 225 mL de solução salina peptonada a 0,1% e após diluições em série (10-1, 10-2, 10-3 e 10-4), foram plaqueados em meio de cultura BDA acidificado. O segundo, o plaqueamento direto sobre papel de filtro (Blotter test) foi realizado utilizando-se 400 grãos dispostos individualmente sobre uma camada de papel filtro umedecido no interior de gerbox. Ao final de cada período de exposição, os grãos de arroz foram avaliados quanto ao teor de água, à condutividade elétrica e à porcentagem de germinação. Observou-se que a concentração e o tempo de saturação do gás ozônio nos grãos de arroz foi de 5,0075 mg L-1 e 13,97 min, respectivamente. Ocorreu redução em 3,8127 ciclos log na contagem de fungos filamentosos e leveduras nos grãos ozonizados. Quanto ao índice de ocorrência de Aspergillus spp e Penicillium spp, o ozônio foi eficiente, pois não houve crescimento de fungos nos grãos, no período de exposição de 60 h. Com relação às características qualitativas, verificou-se que o ozônio reduziu o teor de água e a porcentagem de germinação e elevou a condutividade elétrica. Houve o efeito fungicida do gás ozônio em grãos de arroz. pt-BR
dc.description.abstract Fungal activity, especially during storage, can lead to rapid deterioration in the nutritional quality of grains, and reduce its industrial use. In Brazil, there are no fungicides registered in MAPA for post-harvest treatment of rice grains. Thus, this has a fundamental importance in the control of fungi storage units, in order to solve the problems associated with the quality of the final product. Among the technologies identified as promising for the control of microorganisms, there is ozonation. Ozone is a powerful oxidizing agent that promotes effects of oxidation and destruction of cytoplasmic membrane and cell wall. The objective of this work to determine the concentration and the ozone gas saturation time in the mass of grains of rice, set the time effectively ozonation for microbiological disinfection of grains as well as assess the effect of ozonation process in the qualitative characteristics of product. Rice grains were used, with a water content of 14.3% wb, which were previously inoculated with a spore suspension of Penicillium spp and Aspergillus spp. The ozonation process was done by using 500 g of grains, which were packed in cylindrical PVC containers (15 x 25 cm) with connections for gas injection and exhaust. The same was applied to the concentration of 10.13 mg L-1 bitstream of 1.0 L min-1. Five periods of exposure have been established (12, 24, 36, 48 and 60 h) to assess the effect of gas on the microbiological disinfection and in the quality of rice grains. For the control, rice grains were subjected to treatment with atmospheric air, the same conditions as treatment with ozone. In order to reduce the drying of the grain, it was necessary to pass the gas through a saturated solution of Sodium Chloride (NaCl, 75% RH). Quantification of filamentous fungi and yeasts in the culture medium and the rate of occurrence of the genera Aspergillus and Penicillium the grains were evaluated by two methods. The first method was the plate count for filamentous fungi and yeasts, in which 25 g of grain were homogenized in 225 mL of saline peptone and 0.1% after serial dilutions (10-1, 10-2, 10-3 and 10-4) were plated in medium acidified PDA culture. The second, direct plating on filter paper (Blotter test) was conducted using 400 grit individually arranged on the moistened filter paper layer inside seedling. At the end of each exposure period, rice grains were evaluated for water content, electrical conductivity and germination percentage. It was observed that ozone concentration and gas saturation time in the rice grains was 5.0075 mg L-1 and 13.97 min, respectively. There was reduction of 3.8127 log cycles in th count of filamentous fungi and yeasts in ozonized grains. As for the rate of occurrence of Aspergillus spp and Penicillium spp, ozone was very efficient because there was no growth of fungi in grains, in the exposure period of 60 h. Regarding qualitative characteristics, it was found that ozone reduced the water content and the percentage of germination and increased electrical conductivity. There was the fungicidal effect of ozone gas in rice grains. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Fungos pt-BR
dc.subject Arroz - Armazenamento pt-BR
dc.subject Arroz - Efeito de fungicida pt-BR
dc.subject Ozônio pt-BR
dc.title Ozônio como agente fungicida e seu efeito na qualidade do arroz (Oryza sativa L.) pt-BR
dc.title Ozone as fungicide agent and its effect on rice quality (Oryza sativa L.) en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Engenharia Agrícola pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/8698969875118133 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Engenharia Agrícola pt-BR
dc.degree.program Mestre em Engenharia Agrícola pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Engenharia Agrícola [744]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account