Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7352
Tipo: Dissertação
Título: História natural de Geositta poeciloptera (Aves, Scleruridae) na região dos Campos do Alto Rio Grande, sul de Minas Gerais, Brasil
Natural History Campo Miner (Aves, Scleruridae) in the upper Rio Grande grasslands, souththern Minas Gerais, Brazil
Autor(es): Silva, Tamara Luciane de Souza
Abstract: Geositta poeciloptera é um passeriforme campestre considerado globalmente ameaçado de extinção. A espécie é considerada endêmica do Cerrado, onde habita campos limpos e sujos. A perda e degradação do habitat são as principais causas de seu declínio populacional. Estudos sobre sua biologia reprodutiva são escassos, sendo diversos atributos de sua história de vida ainda desconhecidos. O objetivo deste estudo foi conhecer aspectos da biologia reprodutiva da espécie, investigar seu sucesso reprodutivo e determinar o tamanho de sua área de vida. O estudo foi realizado durante os meses de julho de 2014 a junho de 2015 em uma região de campos naturais no município de São João Del Rei, Minas Gerais. As aves foram capturadas com redes de neblina e anilhadas com anilhas metálicas e coloridas. Os ninhos foram monitorados com auxílio de um boroscópio permitindo a sua descrição, bem como dos ovos e ninhegos. Foram monitorados 36 ninhos, sendo que 22 obtiveram sucesso e 14 foram predados. Os ninhos são construídos pelo casal e são do tipo cavidade/com túnel/simples/plataforma. A estação reprodutiva durou cerca de 135 dias (entre agosto e dezembro), com pico de atividade no início do mês de setembro. A postura predominante foi de três ovos (93%). Os ovos têm formato piriforme e são completamente brancos. A incubação dura cerca de 15 dias e é realizada pelo casal, assim como o cuidado dos ninhegos, que dura cerca de 17 dias. O sucesso reprodutivo da espécie pelo método de Mayfield foi de 63,6% e o sucesso aparente foi de 0,61%. A TSD (Taxa de sobrevivência diária) durante a fase de ovo foi de 0,983 ± 0,006 e durante a fase de ninhego foi de 0,992 ± 0,004. A predação foi a principal causa de perda de ninhos. A espécie é monogâmica e a defesa da área de vida é realizada pelo casal. O tamanho médio das áreas de vida pelo método do MPC (Mínimo polígono convexo) foi 5,8 ± 3,6 ha e pelo LoCoH (Local convex hull) foi de 4,7 ± 2,5 ha. Os resultados encontrados permitem conhecer melhor a espécie e contribuir para traçar estratégias para sua conservação.
Geositta poeciloptera is a grassland passerine considered globally threatened. The species is considered endemic of the Cerrado, which lives to clean and dirty fields. Habitat loss and degradation are the main cause of their population decline. Studies about its reproductive biology are scarce, and many attributes of its life history still unknown. The objective of this study was to aspects of reproductive biology of the species, their reproductive success investigate and determine the size of your home range. The study was conducted during the months of July 2014 to July 2015 in a region of grassland habitat in the city of São João del Rei, Minas Gerais. Birds were captured with mist nets and banded with metal and colored rings. The nests were monitored with the assistance of a borescope allowing the description of nests, eggs and nestlings. 36 nests were monitored, of which 22 were successful and 14 were preyed. Nests are built by pair and are the type cavity / with tunnel / single / platform. The breeding season lasted about 135 days (from August to December), with peak activity in early October. The predominant approach was three eggs (93%). Eggs have piriform shape and are completely white. Incubation lasts about 15 days and is performed by pair, as well as the care of hatchlings which lasts about 17 days. The reproductive success of the species by Mayfield method was 63.6% and the apparent success was 0.61%. TSD during the egg stage was 0.983 ± 0.006 and during nestling stage was 0.992 ± 0.004. Predation was the main cause of loss of nests. The species is monogamous and the defense of the home range is made by the pair. The average size home range by the MPC method was 5.8 ± 3.6 and the LoCoH was 4.7 ± 2,5. The results allow better understand the species and develop strategies for their conservation.
Palavras-chave: Ave - Reprodução
História natural
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Tamara Luciane de Souza. História natural de Geositta poeciloptera (Aves, Scleruridae) na região dos Campos do Alto Rio Grande, sul de Minas Gerais, Brasil. 2015. 47 f. Dissertação (Mestrado em Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7352
Data do documento: 31-Jul-2015
Aparece nas coleções:Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários - CAF

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo954,75 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.