Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7364
Tipo: Tese
Título: Efeito protetor em plantas de eucalipto e controle de Urochloa brizantha tratadas com glyphosate em mistura com o Fertiactyl Pós
Protective effect in eucalypt plants and control Urochloa brizantha treated with glyphosate mixed with Fertiactyl Pós
Autor(es): Machado, Miler Soares
Abstract: O glyphosate é o herbicida mais usado no manejo das plantas daninhas em cultivos comerciais de eucalipto. Apesar disso, são frequentes os relatos de danos causados por este herbicida nessa cultura. Assim, torna-se necessário a busca de alternativas que reduzam ou eliminem esses danos. Uma opção para isso, é a utilização de antídotos nas aplicações do herbicida. Os antídotos já foram objetos de estudo para diversas culturas, entretanto, para cultivos florestais, como o eucalipto, isso ainda não é uma realidade. Dentre as possibilidades de antídotos com capacidade de proteção do eucalipto identificou- se o Fertiactyl Pós. Trata-se de um fertilizante foliar, com capacidade de atuar sobre a atividade fisiológica das plantas mantendo a sua capacidade de produzir fotoassimilados mesmo sob efeito do glyphosate. Nesse sentido, objetivou-se avaliar a eficiência do Fertiactyl Pós na proteção de plantas de eucalipto atingidas por diferentes formas de contato com o glyphosate. Foram conduzidos quatro experimentos, em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar o efeito protetor do Fertiactyl Pós em plantas de eucalipto atingidas pela exsudação radicular do glyphosate por Urochloa brizantha; a eficiência do Fertiactyl Pós na proteção de plantas de eucalipto atingidas pelo glyphosate; o efeito protetor do Fertiactyl Pós sobre plantas de eucalipto submetidas a aplicação de glyphosate e o efeito protetor em plantas de eucalipto e o controle de Urochloa brizantha tratadas com glyphosate em mistura com o Fertiactyl Pós. No experimento 1, ficou claro que, se houve exsudação do glyphosate pela braquiária, ela não foi prejudicial ao eucalipto. Nos tratamentos sem a aplicação do herbicida, houve interferência da braquiária, assim, as diferenças observadas nas características do eucalipto foram causadas pela competição imposta por esta planta daninha. No experimento 2, observou-se que a utilização das maiores doses do glyphosate (1440 e 2160 g ha-1) sem o Fertiactyl Pós provocaram níveis de intoxicação nas plantas acima de 90% em algumas épocas de avaliação. Quando se aplicou 2160 g ha-1 do glyphosate em mistura com 8 L ha-1 do Fertiactyl Pós se obteve estimativa da massa de matéria seca total do eucalipto de 112,5 g planta-1, já essa mesma dose do glyphosate sem o protetor resultou em estimativa de 3,7 g planta-1, mostrando que o Fertiactyl Pós foi eficiente na redução dos danos causados pelo glyphosate. No experimento 3, o uso do Fertiactyl Pós eliminou os sintomas visuais de intoxicação nas plantas de eucalipto atingidas pelo glyphosate, mesmo na maior dose aplicada. O uso do glyphosate isoladamente causou distúrbios no crescimento, na nutrição e na fisiologia do eucalipto, confirmando seu efeito deletério sobre esta cultura. Neste trabalho, ficou claro também que em altas doses, o Fertiactyl Pós foi prejudicial ao eucalipto, provocando menor crescimento e desbalanço nutricional nas plantas. Já no experimento 4, novamente ficou evidenciado o efeito protetor do Fertiactyl Pós sobre as plantas de eucalipto atingidas pelo glyphosate. Entretanto, foi observado um indício de proteção também na braquiária. As altas doses do glyphosate aplicadas aumentaram o nível controle da braquiária, mas aumentaram também os danos causados pelo herbicida sobre o eucalipto, sendo que o uso do Fertiactyl Pós tendeu a reduzir esses danos. Os resultados dessa pesquisa apontam que o Fertiactyl Pós tem potencial para proteger o eucalipto dos danos provocados pelo glyphosate, mas ainda existem alguns questionamentos que devem ser respondidos antes da utilização dessa tecnologia em larga escala.
Glyphosate is the most widely used herbicide in weed management in commercial eucalypt plantations. Nevertheless, there are frequent reports of damage caused by this herbicide on this crop. Thus, it becomes necessary to seek alternatives that reduce or eliminate such damage. One option for this is the use of antidotes in herbicide applications. The antidotes have been objects of study for different cultures, however, for forest crops such as eucalypt, this is still not a reality. Among the possibilities of antidotes with eucalypt protection capabilities identified the Fertiactyl Pós. It is a foliar fertilizer with capacity to act on the physiological activity of plants maintaining its ability to produce photoassimilates even under the effect of glyphosate. In this sense, the objective was to evaluate of the Fertiactyl Pós efficiency in eucalypt plant protection affected by different forms of contact with glyphosate. Four experiments were conducted in a greenhouse, in order to evaluate the protective effect of Fertiactyl Pós in eucalypt plants affected by root exudation of glyphosate by Urochloa brizantha; the Fertiactyl Pós efficiency in eucalypt protection affected by glyphosate; the protective effect of Fertiactyl Pós on eucalypt plants submitted the application of glyphosate and the protective effect in eucalypt plants and control of U. brizantha treated with glyphosate mixed with Fertiactyl Pós. In experiment 1, it was clear that if there was exudation of glyphosate by brachiaria, it was not harmful to eucalypt. In the treatments without herbicide application, there was interference brachiaria thus the observed differences in eucalypt characteristics were caused by competition imposed by this weed. In experiment 2, it was observed that the use of larger doses of glyphosate (1440 and 2160 g ha-1) without Fertiactyl Pós caused levels in excess of 90% in some plants evaluation times. When applied 2160 g ha-1 glyphosate mixed with 8 L ha-1 was obtained Fertiactyl Pós estimated dry weight total of 112.5 g plant-1 eucalypt, since the same dose of glyphosate without the protective resulted in estimate of 3.7 g plant-1, showing that Fertiactyl Pós was effective in reducing the damage caused by glyphosate. In experiment 3, the use of Fertiactyl Pós eliminated the visual symptoms of intoxication in eucalypt plants affected by glyphosate, even at the highest dose applied. The use of glyphosate alone caused disturbances in growth, nutrition and physiology eucalypt, confirming its deleterious effect on the crop. In this work, it was clear also that at high doses, Fertiactyl Pós was detrimental to eucalypt, causing slower growth and nutritional imbalance in plants. In the experiment 4, again evidenced the protective effect of Fertiactyl Pós on eucalypt plants affected by glyphosate. However, a protective signal was observed also in brachiaria. The high doses of glyphosate applied increased the level control of brachiaria, but also increased the damage caused by the herbicide on the eucalypt, and the use of Fertiactyl Pós tended to reduce such damage. The results of this research show that the Fertiactyl Pós has the potential to protect the eucalypt from damage caused by glyphosate, but there are still some questions that must be answered before the large scale use of this technology.
Palavras-chave: Eucalipto
Erva daninha - Controle
Plantas - Efeito de herbicida
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MACHADO, Miler Soares. Efeito protetor em plantas de eucalipto e controle de Urochloa brizantha tratadas com glyphosate em mistura com o Fertiactyl Pós. 2015. 60f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7364
Data do documento: 20-Jul-2015
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.