Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7496
Tipo: Dissertação
Título: Viabilidade polínica e polinização controlada em macaúba (Acrocomia aculeata)
Pollen viability and pollination controlled macaw palm (Acrocomia aculeata)
Autor(es): Nascimento, Heloisa Rocha do
Abstract: A macaúba (Acrocomia aculeata) vem se destacando devido ao elevado potencial para produção de óleo e a adaptação a condições adversas. Entretanto, é uma espécie silvestre e ainda se encontra em processo de domesticação. Logo, é necessário estudo para conservação e uso de pólen visando à realização de cruzamentos controlados nos programas de melhoramento. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos da variação da umidade e temperatura em grãos de pólen armazenados e adaptar metodologia de polinização controlada, através do uso de diferentes doses de pólen e do agente dispersor (talco) para macaúba. Para isto, foram realizados dois experimentos: 1) Avaliação da viabilidade polínica ao longo do armazenamento: Grãos de pólen foram coletados em cinco acessos de macaúba no Banco de Germoplasma de Macaúba da Universidade Federal de Viçosa (BAG Macaúba-UFV). Este material foi armazenado nas seguintes temperaturas: temperatura ambiente (26 oC), geladeira (4 oC), freezer (-20 oC), ultra freezer (-80 oC), com e sem desidratação. A avaliação da viabilidade polínica foi realizada a cada 30 dias no decorrer de 12 meses com o teste germinativo em meio de cultura sólido com pH 6,5. 2) Adaptação de metodologia de polinização controlada: Espatas florais, de um acesso de macaúba do BAG Macaúba-UFV (BGP 11.5) foram isoladas e monitoradas até a sua abertura. Este isolamento foi realizado com auxílio de um saco confeccionado por tecido failete contendo uma parte transparente para viabilizar o monitoramento da abertura floral. Na abertura das inflorescências, a polinização foi realizada imediatamente, com o pólen do doador BGP 53, armazenado em geladeira (4 oC), em diferentes proporções: 5 %, 10 %, 15 % e 20 % de pólen, acrescidos de 3 g de talco aplicadas com auxílio de um dispositivo aplicador. Após três dias da polinização, o saco protetor foi removido. A avaliação da taxa de polinização foi realizada com a contagem dos frutos por cacho polinizado. Como resultados, observou-se que: 1) Avaliação da viabilidade polínica ao longo do armazenamento apresentou uma taxa média de polinização de 25 % de germinação, sem a utilização da sílica gel, armazenado em geladeira a 4 oC. Verificou-se também, que o pólen do acesso BGP 11.5, apresentou maiores taxa de viabilidade durante o processo de armazenamento em diferentes ambiente. 2) Adaptação de metodologia de polinização controlada apresentou eficácia para que não ocorresse contaminação do material por insetos e, a maior proporção de pólen utilizada garantiu maior pegamento de frutos. Conclui-se que a dessecação não influenciou na manutenção da viabilidade polínica ao longo do armazenamento. O armazenamento do grão de pólen a temperatura de 4 o C foi adequada para manter a viabilidade do grão de pólen por até 180 dias. A proteção da espata com o saco failite associada à polinização utilizando 3g talco com 20 % de pólen foi adequado para realizar a polinização controlada em macaúba garantindo alta taxa de frutificação.
The macaw palm (Acrocomia aculeata) has stood out due to the high potential for oil production and adaptation to adverse conditions. However, it is a wild species and is still in the domestication process. It is therefore necessary to study conservation and use of pollen for the realization of controlled crosses in breeding programs. The objective of this study was to evaluate the effects of the variation of humidity and temperature in stored pollen grains and adapt controlled pollination methodology through the use of different doses of pollen and the dispersal agent (talc) to maw palm. For this, two experiments were conducted: 1) Pollen viability assessment during storage: Pollen grains were collected in five macaw palm hits on Germplasm Bank of Macaw palm the University Federal of Viçosa (BAG Macaw palm - UFV). This material was stored at the following temperatures: room temperature (26 °C) refrigerator (4 °C) freezer (-20 °C), ultra freezer (-80 °C) with and without dehydration. Evaluation of pollen viability was performed every 30 days during 12 months with the germination test on solid medium at pH 6.5. 2) Controlled pollination methodology Adaptation: Floral spathes, a macaw palm access the BAG macaw palm-UFV (BGP 11.5) were isolated and monitored until its opening. This isolation was carried out with the aid of a bag made of fabric failete containing a transparent part to enable the monitoring of flower opening. At the opening of inflorescences, pollination was performed immediately, with pollen BGP donor 53, stored in the refrigerator (4 °C) at different proportions of 5%, 10%, 15% and 20% of pollen plus 3 g talc applied with the aid of an applicator device. After three days of pollination, the protective sac was removed. A review of pollination rate was performed by counting pollinated fruits per cluster. As a result, it was observed that: 1) Evaluation of pollen viability during storage showed an average rate of pollination 25% germination, without the use of silica gel, stored in the refrigerator at 4 °C. It was also found that the BGP access pollen 11.5, showed the highest rate of viability during storage at different process environment. 2) Controlled pollination methodology adaptation presented effectively so that did not occur contamination of the material by insects, and the highest proportion of pollen used ensured greater fruit set. In conclusion, desiccation did not affect the maintenance of pollen viability during storage. The storage temperature pollen grain of 4 °C was adequate to maintain the viability of the pollen grain up to 180 days. The protection of the spathe with failete bag associated with pollination using 3g talc with 20% of pollen was adequate to carry out pollination controlled macaw palm ensuring high rate of fruiting.
Palavras-chave: Macaúba
Polén
Polinização
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: NASCIMENTO, Heloisa Rocha do. Viabilidade polínica e polinização controlada em macaúba (Acrocomia aculeata). 2015. 49 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7496
Data do documento: 24-Jul-2015
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.