Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7517
Tipo: Tese
Título: Caracterização biológica e metabólica da antibiose de espécies do tomateiro a Tuta absoluta e impacto destas espécies no predador Blaptostethus pallescens
Metabolic and biological characterization of antibiosis species of tomato to Tuta absoluta and impact of these species on predator Blaptostethus pallescens
Autor(es): Chediak, Mateus
Abstract: A traça do tomateiro, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) é praga chave desta cultura. Esta praga é responsável por danos significativos pelo ataque à cultura, pelo custo de seu controle. O desenvolvimento de plantas com resistência a pragas é um processo difícil e que se iniciar identificando genótipos resistentes e caracterizando esta resistência. Apesar de serem descritos genótipos resistentes à traça do tomateiro, nenhum trabalho descreve a atividade destes genótipos na biologia desta praga bem como na modificação do comportamento de inimigos naturais quando em contato com estas plantas. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar genótipos resistentes à T. absoluta, determinar a atividade desta resistência no predador B. pallescens (Hemiptera: Anthocoridae) e caracterizar os metabólitos presentes e contrastantes entre os genótipos. Para isso foram confeccionadas tabelas de esperança de vida e tabela de fertilidade para T. absoluta em três genótipos reconhecidamente resistentes (BGH – 674, PI – 134417 e PI – 127826) bem como nos cruzamentos entre BGH – 674 com PI – 134417 e com PI – 127826. Foram estudadas as modificações no comportamento do predador de B. pallecens. A caracterização metabólica foi realizada utilizando análise de perfil metabólico e foram identificados e quantificados. Foi observada uma redução da sobrevivência de T. absoluta nas plantas de PI-134417, PI-127826 e nas plantas resultantes do cruzamento destas plantas com BGH-674. Estas plantas foram responsáveis por uma elevada mortalidade de lagartas de T. absoluta principalmente nos primeiros ínstares. Estas plantas foram responsáveis também pela redução na reprodução de adultos e fitness de larvas que obtiveram um menor peso quando empuparam. Nos testes comportamentais pode-se observar que nas plantas de PI-134417 e PI-127826 o predador B. pallescens diminuiu sua atividade de caminhamento quando comparado com a testemunha Santa Clara como quando comparado com o BGH-674. Já no teste de livre escolha de alimentação o predador B. pallescens diminuíram a alimentação de ovos de T. absoluta apenas nos testes pareados com Santa Clara. As avaliação químicas resultaram na identificação de 102 compostos sendo que apenas a Arabinose, Ácido cítrico, Ácido eicosatetraenoico, Ácido heptadecanoico, Hexadecano, Octacosano, Ácido octadecanoico, Sacarose e Ácido tetracosanoico se correlacionaram com a mortalidade real (100qx) de lagartas de T. absoluta. Estes metabólitos compuseram os dados para construção do diagrama da análise de componentes principais juntamente com a Fertilidade específica, Peso de pupas, Razão infinitesimal de aumento, Mortalidade real e número de insetos na planta. Dentre estes compostos apenas a Arabinose, Ácido cítrico, Ácido eicosatetraenoico, Ácido heptadecanoico, Hexadecano e Ocatecano se correlacionaram significativamente com um ou mais compostos da tabela de vida de T. absoluta. Portanto estes compostos podem estar envolvidos na resistência encontrada nas plantas de PI-134417 e PI-127826.
The tomato leafminer, Tuta absoluta ( Meyrick ) ( Lepidoptera : Gelechiidae ) is key pest of this crop . This pest is responsible for significant damage to the crop by the attack, at the cost of their control . The development of pest resistance in plants is a difficult process and to begin identifying and characterizing resistant genotypes this resistance . Despite being described genotypes resistant to the tomato leafminer , no study describes the activity of these genotypes in the biology of this pest as well as the modification of the behavior of natural enemies when in contact with these plants . The objective of this work was to identify genotypes resistant T. absolute, determine the activity of this predator resistance in Blaptostethus pallescens (Hemiptera: Anthocoridae) and characterize the metabolites present and contrasting between genotypes. To this were made tables of life expectancy and fertility table for T. absolute in three known genotypes resistant (BGH - 674 , PI - and PI 134417 - 127826) and in crosses between BGH - 674 PI - and PI 134417 - 127826 . We studied the changes in the behavior of the predator B. pallecens. The characterization was performed using metabolic analysis and metabolic profile were identified and quantified . It was observed a reduction in the survival of T. absolute in plants of PI- 134417 , PI- 127826 and plants resulting from crossing these plants with BGH -674 . These plants were responsible for a high mortality of larvae of T. absolute especially in the early instars . These plants were also responsible for the reduction in reproductive fitness of adults and larvae that had a smaller weight when empuparam. In behavioral tests it can be seen that in plants PI 134417 and PI – 127826, B. pallescens pathway decreased their activity when compared with control Santa Clara as compared to the BGH -674 . Already in a free choice test feeding the predator B. pallescens decreased feeding eggs of T. absolute only in the tests paired with Santa Clara . The assessment resulted in the identification of chemical compounds 102 and only the Arabinose , Citric acid , eicosatetraenoic acid , heptadecanoic acid , Hexadecane , octacosane , octadecanoic acid , Sucrose and tetracosanoic acid correlated with the actual mortality (100qx) of larvae of T. absolute. These metabolites comprised the data for building the diagram of the principal component analysis along with specific Fertility, pupal weight , ratio of population increase , mortality and real number of insects on the plant . Among these compounds only arabinose, citric acid, eicosatetraenoic acid , heptadecanoic acid , Hexadecane and Ocatecano significantly correlated with one or more compounds of the life table T. absolute. Therefore these compounds can be involved in resistance found in plants PI- PI- 134417 and 127826 .
Palavras-chave: Tomate - Resistência a doença e pragas - Aspectos genéticos
Tomate - Melhoramento genético
Traça- do-tomateiro - Controle biológico
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: CHEDIAK, Mateus. Caracterização biológica e metabólica da antibiose de espécies do tomateiro a Tuta absoluta e impacto destas espécies no predador Blaptostethus pallescens. 2013. 73f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7517
Data do documento: 17-Ago-2013
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.