Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7669
Tipo: Dissertação
Título: Distribuição de renda e crescimento econômico: modelo multissetorial de simulação do caso brasileiro
Income distribution and economic growth: multi-sector model simulation of the brazilian case
Autor(es): Marçal, Fernanda Nacif
Abstract: O objetivo deste trabalho foi analisar os efeitos de diferentes perfis de distribuição de renda sobre o crescimento da economia brasileira no curto e no longo prazos por meio de um modelo dinâmico multissetorial de simulação. Na literatura econômica, existem diversos estudos que analisam a relação e os impactos entre a distribuição de renda e o crescimento. A maioria destes estudos utiliza modelos estáticos em suas análises. Alternativamente neste trabalho é usado um modelo dinâmico multissetorial via computacional. Foram analisados três cenários. O primeiro consiste no cenário de referência (CR) que tomou como base, para os parâmetros e variáveis iniciais, a economia brasileira no ano de 2008. O segundo supõe a presença de uma política que altera o padrão de distribuição de renda de forma a deixar a sociedade mais igualitária, no qual as classes inferiores ganham renda e as superiores perdem. O terceiro, por sua vez, supõe um cenário com a existência de uma política de distribuição de renda tornando a sociedade mais desigual no qual as classes inferiores perdem renda e as superiores ganham. Os resultados mostraram que políticas de distribuição de renda podem induzir o crescimento, pois, verificou-se que a melhora na distribuição de renda acarretou em uma taxa de crescimento maior do PIB, assim como, uma piora na distribuição de renda acarretou em uma taxa de crescimento menor do PIB, como era pressuposto.
The objective of this study was to analyze the effects of different income profiles distribution on the dynamics of the Brazilian economy in the short and long term through a dynamic simulation model. In economic literature, there are several studies that analyze the relationship and the impacts between income distribution and growth. Most of these studies use static models in their analysis. Alternatively, and in an innovative way, it is proposed in this paper a dynamic model of simulation by computational method. For this, three scenarios have been proposed. The first one is the baseline scenario (CR) that took the Brazilian economy in 2008 as the basis for the initial parameters and variables. The second assumes the presence of an income redistribution policy in order to make the most egalitarian society. In this model the lower classes earn income and the upper classes lose it. The third implies a scenario with the existence of an income redistribution policy that causes the most unequal society. Now,the lower classes lose income and higher classes gain it. The results showed that income distribution policies can induce growth since it was found that the improvement in income distribution resulted in a higher GDP growth, as well as a worsening income distribution resulted in a lower GDP growth, as it was assumed.
Palavras-chave: Renda - Distribuição
Desenvolvimento econômico
Simulação (Computação)
CNPq: Crescimento e Desenvolvimento Econômico
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MARÇAL, Fernanda Nacif. Distribuição de renda e crescimento econômico: modelo multissetorial de simulação do caso brasileiro. 2015. 73f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7669
Data do documento: 25-Jun-2015
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo852,96 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.