Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7723
Tipo: Dissertação
Título: (In)segurança alimentar e estado nutricional entre beneficiários do Programa Bolsa Família, no município de Viçosa, MG
(In)food security and nutritional status of beneficiaries of Bolsa Família Program, in city of Viçosa, MG
Autor(es): Sperandio, Naiara
Abstract: A construção de indicadores para avaliação e mensuração de situações de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) constitui-se de uma tarefa complexa, visto as múltiplas dimensões que integram este conceito. Objetivou-se avaliar os fatores associados a (in)segurança alimentar e ao estado nutricional de pré-escolares beneficiados pelo Programa Bolsa Família (PBF) do município de Viçosa, MG. Estudo do tipo transversal, onde foram avaliadas 243 crianças na faixa etária entre 2 e 6 anos de idade. Informações socioeconômicas, demográficas e de saúde, foram coletadas através da aplicação de questionários estruturados junto ao responsável pela criança. Para avaliação do estado nutricional da criança calculou-se os índices Estatura/Idade (E/I) e Índice de Massa Corporal/Idade (IMC/I) tomando como referência as curvas de crescimento da WHO/2006 e WHO/2007 Para verificar a associação entre as variáveis socioeconômicas e demográficas com a insegurança alimentar utilizou-se as razões de prevalência por meio da técnica de regressão de Poisson. A variável dependente E/I foi analisada como contínua. Os testes Análise de Variância (ANOVA) e t-student foram utilizados para comparar as diferenças entre as médias nas análises bivariadas. A análise de regressão linear múltipla foi realizada utilizando modelo hierarquizado de entrada de variáveis, com a finalidade de avaliar o impacto das variáveis explanatórias sobre o índice E/I. A prevalência de segurança alimentar foi de 27,2% e de insegurança 72,8%, sendo que desta: 47,3% foi insegurança leve, 10,7% moderada e 14,8% grave. Com relação ao estado nutricional da criança, encontrou-se 1,2% e 4,1% de déficit de peso e estatura, respectivamente, e 20,2% de excesso de peso. Maiores prevalências de baixo peso foram detectadas na situação de insegurança alimentar grave e de excesso de peso na insegurança alimentar leve, porém essas diferenças não foram significantes. Associou-se significativamente com a insegurança alimentar, baixa escolaridade materna e ao estado nutricional da criança, avaliado pelo índice E/I, o baixo peso ao nascer. Conhecer a situação de insegurança alimentar e o estado nutricional infantil, assim como os fatores associados aos mesmos, possibilita a implementação e o monitoramento de políticas públicas o que torna as mesmas mais eficazes e eficientes.
The construction of indicators for evaluation and measuring of situations of Food and Nutritional Security (SAN) it is constituted of a complex task, seen the multiple dimensions that integrate this concept. It was aimed at to evaluate the associated factors the (in)security and to the nutritional state of pré-school benefitted by the Bolsa Família Program (PBF) of the municipal district of Viçosa, MG. I study of the traverse type, where they were appraised 243 children in the age group between 2 and 6 years of age. Information socioeconomic, demographic and of health, they were collected through the application of questionnaires structured the responsible close to by the child. For evaluation of the child's nutritional state it was calculated the indexes Health/Age (E/I) and Index of Massa Corporal/Age (IMC/I) taking as reference the curves of growth of WHO/2006 and WHO/2007. Para to verify the association among the socioeconomic and demographic variables with the alimentary insecurity it was used the prevalence reasons through the technique of regression of Poisson. The dependent variable E/I was analyzed as continuous. The tests Analysis of Variance (ANOVA) and t-student were used to compare the differences among the averages in the analyses bivariate. The analysis of multiple lineal regression was accomplished using nested model of entrance of variables, with the purpose of evaluating the impact of the variables explanatórias on the index E/I. alimentary safety's prevalence was of 27,2% and of insecurity 72,8%, and of this: 47,3% were light insecurity, 10,7% moderate and 14,8% serious. Regarding the child's nutritional state, he/she was 1,2% and 4,1% of weight deficit and stature, respectively, and 20,2% of weight excess. Larger prevalences of low weight were detected in the situation of serious alimentary insecurity and of weight excess in the light alimentary insecurity, however those differences were not significant. He/she associated significantly with the insecurity alimentary, low maternal education and to the child's nutritional state, appraised for the index E/I, the low weight when being born. To know the situation of alimentary insecurity and the infantile nutritional state, as well as the factors associated to the same ones, it makes possible the implementation and the monitoring of public politics what turns the same ones more effective and efficient.
Palavras-chave: Segurança alimentar
Bolsa família
Nutricional
Infantil
CNPq: Ciência da Nutrição
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SPERANDIO, Naiara. (In)segurança alimentar e estado nutricional entre beneficiários do Programa Bolsa Família, no município de Viçosa, MG. 2011. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7723
Data do documento: 19-Dez-2011
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.