Locus  

Avaliação da aplicação de polímero superabsorvente em sementes e no sulco de plantio na cultura do sorgo

Show simple item record

dc.contributor Martinez, Hermínia Emília Prieto
dc.contributor Araújo, Eduardo Fontes
dc.contributor.advisor Pimentel, Leonardo Duarte
dc.creator Barros, Angélica Fátima de
dc.date.accessioned 2016-06-01T16:59:06Z
dc.date.available 2016-06-01T16:59:06Z
dc.date.issued 2016-02-18
dc.identifier.citation BARROS, Angélica Fátima de. Avaliação da aplicação de polímero superabsorvente em sementes e no sulco de plantio na cultura do sorgo. 2016. 44 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7753
dc.description.abstract O Brasil é o quarto maior produtor de grãos ao nível mundial. Sua agricultura é baseada em cultivos de sequeiro, com duas safras por ano. As recorrentes secas observadas nos últimos anos têm colocado em risco a produção agrícola brasileira e consequentemente o abastecimento mundial por alimentos. A segunda safra geralmente é a mais afetada, por estar associada à maiores riscos climáticos, principalmente pela baixa pluviosidade. Nesse sentido, tecnologias que otimizem o uso da água podem potencializar a produtividade e, ou, reduzir os riscos de quebra de safra na agricultura. O uso de polímeros superabsorventes (PSA) vem sendo consolidado no setor florestal resultando em redução das irrigações de pegamento das mudas devido ao aumento da capacidade de armazenamento de água no solo. Entretanto, não há relatos sobre o uso do PSA em culturas anuais. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar o potencial de uso de polímero superabsorvente (PSA) como revestimento de sementes de sorgo em condições de estresse hídrico. Para isso, realizaram-se três experimentos inéditos: Experimento 1 – Sementes de sorgo com e sem revestimento com PSA foram semeadas em bandejas e submetidas a três intervalos de irrigação para induzir estresse hídrico nas plântulas. Avaliou-se a porcentagem de emergência e o índice de velocidade de emergência e, aos 26 dias após a semeadura, foram avaliadas a altura de plântulas, número de folhas por planta, taxa de sobrevivência e massa de matéria seca da parte aérea e da raiz. Verificou-se que o uso de PSA no revestimento de sementes pode contribuir com o desenvolvimento inicial de plântulas de sorgo e aumentar a taxa de sobrevivência em condições de déficit hídrico limitante ao cultivo. Contudo, o revestimento das sementes com PSA resultou em menores percentual e índice de velocidade de emergência. Experimento 2 – Para simular as condições de campo foram semeadas em vasos sementes de sorgo com e sem revestimento com PSA e também a aplicação do PSA no sulco de plantio, a fim de avaliar o uso e o método de aplicação do PSA. Aos 30 dias após a semeadura avaliou-se o estande de plantas, número de folhas por planta, altura de plantas e massa de matéria seca das folhas, do colmo e da raiz. Houve benefício do PSA quando aplicado no sulco de plantio para o crescimento vegetativo de plantas de sorgo. Contudo, também se observou interferência negativa do PSA na emergência das plântulas de sorgo cujas sementes foram revestidas com PSA. Experimento 3 – O uso do PSA foi testado em condições de campo, no período da segunda safra. O plantio foi realizado com sementes com e sem revestimento com PSA e também aplicação de diferentes doses do PSA no sulco de plantio. Aos 109 dias após a semeadura avaliou-se o estande de plantas, a altura de plantas, o diâmetro do colmo e a massa de matéria seca das folhas, do colmo e da panícula. Devido à elevada precipitação na fase inicial do experimento, não foi possível comprovar o possível efeito benéfico dos PSA no cultivo do sorgo em condição de sequeiro. Porém, o PSA aplicado como revestimento de semente prejudicou a emergência das plântulas, a altura e a matéria seca total. Conclui-se que o PSA aplicado em sulco de plantio apresenta potencial para ser utilizado na agricultura de sequeiro. Por outro lado, o PSA aplicado como revestimento de sementes prejudica a emergência e o índice de velocidade de emergência das plântulas. Entretanto, por se tratar de um estudo pioneiro, sugere-se a necessidade de novos trabalhos para investigar a interação entre o PSA e a semente a fim de melhorar a taxa de germinação das sementes revestidas que parece ser um dos maiores gargalos no momento para validar o potencial de uso destes materiais nas culturas arvenses. pt-BR
dc.description.abstract Brazil is the fourth largest producer of grains worldwide. Its agriculture is based on rainfed crops, with two crops per year. The recurrent droughts observed in recent years have placed at risk the Brazilian agricultural production and consequently the global supply of food. The second crop is usually the most affected, it is associated with higher climate risks, especially for low rainfall. In this sense, technologies that optimize the use of water can enhance productivity and or reduce crop failure risks in agriculture. The use of superabsorbent polymers (PSA) has been consolidated in forestry resulting in reduction of irrigation of seedlings estabeleciment due to increased water storage capacity of the soil. However, there are no reports on the use of PSA in annual crops. In this context, the aim of this work was to evaluate the superabsorbent polymer use potential (PSA) as sorghum seed coating in water stress conditions. For this, there were three unpublished experiments: Experiment 1 - sorghum seeds with and without coating with PSA were sown in trays and subjected to three intervals of irrigation to induce water stress in plants. We evaluated the emergence percentage and emergence speed index and the 26 days after sowing, were evaluated seedling height, number of leaves per plant, survival rate and dry weight of shoot and root. It has been found that the use of PSA in the seed coating may contribute to the initial development of sorghum seedlings and increase the survival rate limiting drought conditions for cultivation. However, the coating of seeds with PSA resulted in lower percentage and emergence speed index. Experiment 2 - To simulate field conditions were sown in sorghum seed pots with and without coating with PSA and also the application of the PSA in the furrow, in order to evaluate the use and method of application of PSA. At 30 days after sowing evaluated the plant stand, number of leaves per plant, plant height and dry mass of leaves, stem and root. There was benefit of PSA when applied at planting to vegetative growth of sorghum plants. However, there was also negative interference of PSA in the emergence of sorghum whose seeds were coated with PSA. Experiment 3 - The use of PSA has been tested in field conditions, during the second season. Trees were planted with seeds with and without coating with PSA and also applying different PSA doses at planting. To 109 days after sowing evaluated the plant stand, plant height, diameter of the stem and the dry weight of the leaves, stem and panicle. Due to heavy rainfall in the initial phase of the experiment, it was not possible to prove the possible beneficial effect of PSA in sorghum cultivation in rainfed condition. Nevertheless, the PSA applied as a seed coating damaged seedling emergence, height and total dry matter. It is concluded that the PSA applied in the furrow has the potential to be used in rainfed agriculture. On the other hand, the PSA applied as a seed coating impairs the emergence and seedling emergence rate index. However, because it is a pioneering study, it suggests the need for further work to investigate the interaction between the PSA and the seed in order to improve the germination rate of the coated seeds that seems to be one of the biggest bottlenecks in time to validate the potential use of these materials in arable crops. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Sorghum bicolor pt-BR
dc.subject Sorgo pt-BR
dc.subject Sementes - Déficit hídrico pt-BR
dc.subject Sementes - Revestimentos pt-BR
dc.subject Polímeros pt-BR
dc.subject Planta -Crescimento pt-BR
dc.title Avaliação da aplicação de polímero superabsorvente em sementes e no sulco de plantio na cultura do sorgo pt-BR
dc.title Evaluation of super absorbent polymer application in seeds and planting furrow in sorghum crop en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Fitotecnia pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/9120546123396881 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2016-02-18
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Fitotecnia [884]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account