Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7837
Tipo: Tese
Título: Sazonalidade, impacto ambiental e o padrão de diversidade beta de Odonata em riachos tropicais no Brasil Central
Seasonality, environmental impact and pattern of beta diversity of Odonata in tropical streams of Central Brazil
Autor(es): Batista, Joana Darc
Abstract: Neste estudo foi investigado como a sazonalidade e o impacto ambiental afetam a composição e a estrutura de comunidades de Odonata, testando as seguintes hipóteses: 1) a modelagem de distribuição potencial de espécies pode ser útil como uma ferramenta para prever alteração ambiental; 2) mudanças na paisagem decorrentes do processo de antropização afetam a distribuição e o padrão de diversidade beta de Odonata; 3) a sazonalidade afeta a distribuição e o padrão de riqueza em Odonata. O estudo foi realizado em riachos da Bacia do Rio Pindaíba, Mato Grosso, com coletas no período de seca e chuva entre 2005 e 2009. A amostragem de Odonata foi feita pelo método de varredura com áreas fixas. Os resultados mostraram que: 1) o modelo de distribuição predisse uma maior quantidade de famílias e de espécies para todos os locais, em relação aos dados de validação, o que foi atribuído a restrições de hábito e horário de atividades das espécies e esforço amostral. O uso de modelos pode ser uma estratégia importante para análises de biodiversidade em sistemas com poucas informações históricas de distribuição biogeográfica; 2) o padrão de substituição foi dominante para Anisoptera e Zygoptera mesmo em áreas com menor integridade do habitat. O aumento do aninhamento no grupo Anisoptera e o padrão inverso para Zygoptera poderia resultar de níveis diferentes de especialização desses grupos, gerando um padrão diferente de espécies únicas nos dois sistemas; 3) a maior riqueza de Odonata na estação chuvosa, mostra padrão inverso de estudos na Mata Atlântica, sugerindo que Odonata em rios de Cerrado foram menos controlados por restrições de temperatura. A variação na temperatura da água atua como um fator de estresse na dinâmica da comunidade e diminui o número de espécies não adaptadas a condições ambientais severas ao favorecer a sincronização das demais devido à similaridade ecológica.
In this study, I investigated how seasonality and environmental impacts affect the composition and structure of Odonata communities, testing the following hypotheses: 1) the potential species distribution modeling can be useful as a tool to predict environmental changes; 2) changes in the landscape deriving from anthropization affect the distribution and pattern of beta diversity of Odonata; 3) seasonality causes effect in the distribution and richness pattern of Odonata. The study was carried out in streams of river Pindaíba basin, Mato Grosso, with samplings in the dry and rainy seasons, between 2005 and 2009. Sampling of Odonata was done by fixed-areas scan method. Results showed that 1) the distribution model predicted a greater quantity of families and species at all sites in relation to validation data. This result was attributed to habit and species activity hour constraints and sampling effort. However, the use of models can be an important strategy for biodiversity analyses in systems with few historic information about biogeographic distribution; 2) the turnover pattern was dominant for Anisoptera and for Zygoptera, even in areas with smaller integrity. Increase of nestedness in Anisoptera, and the inverse pattern in Zygoptera, can be the result of different levels of specialisation of these groups, producing an unbalanced pattern of unique species in the two systems; 3) the greater richness of Odonata was found in the rainy season, which is an inverse pattern in relation to previous studies in Atlantic Forest, suggesting that Odonata in Cerrado rivers were less controlled by temperature constraints. Finally, it was showed that variation in water temperature acts as a stressing factor in community dynamics, decreasing the number of species that are not adapted to severe environmental conditions, favouring the synchrony of the remaining species due to ecological similarity.
Palavras-chave: Odonato - Populações
Diversidade biológica
Impacto ambiental
Ecologia de rios
Libélula
CNPq: Entomologia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BATISTA, Joana Darc. Sazonalidade, impacto ambiental e o padrão de diversidade beta de Odonata em riachos tropicais no Brasil Central. 2010. 98f. Tese (Doutorado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7837
Data do documento: 29-Set-2010
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.