Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7904
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorNovais, Roberto Ferreira de
dc.contributorAraújo, Geraldo Antônio de Andrade
dc.contributor.advisorVieira, Clibas
dc.contributor.authorAmane, Manuel Inácio Vicente
dc.date.accessioned2016-06-15T16:06:49Z
dc.date.available2016-06-15T16:06:49Z
dc.date.issued1997-10-03
dc.identifier.citationAMANE, Manuel Inácio Vicente. Adubação nitrogenada e molíbdica da cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.) na Zona da Mata de Minas Gerais: efeitos de doses, calagem e rizóbio. 1997. 83 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 1997.pt-BR
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7904
dc.description.abstractO objetivo do estudo foi avaliar, na Zona da Mata de Minas Gerais, os efeitos sobre a cultura de feijão do nitrogênio, molibdênio e rizóbio, combinados ou não, bem como da calagem sobre a adubação molíbdica. Procurou-se ainda avaliar o efeito da adubação N + Mo na cultura, em seis municípios da referida zona. Quatro grupos de experimentos foram conduzidos em campo no período de abril de 1994 a novembro de 1996. No primeiro grupo estudaram-se os efeitos de N, Mo e rizóbio, em Leopoldina e Visconde do Rio Branco. No segundo grupo estudaram-se os efeitos de doses de N e de Mo, em Coimbra. No terceiro grupo estudaram-se os efeitos da calagem sobre a adubação molíbdica, em Coimbra. No quarto grupo estudou-se a adubação N + Mo em seis municípios da Zona da Mata: Visconde do Rio Branco, Coimbra, Leopoldina, Viçosa, Ponte Nova e Ervália. Os resultados mostraram o seguinte: 1) quando se aplica N no plantio (NP) e, mais tarde, Mo nas folhas (MoF), o N em cobertura (NC) pode serdispensado; 2) quando não se emprega NP, a aplicação em cobertura pode substituí-lo, pelo menos parcialmente, se também for aplicado o Mo; 3) a produtividade de grãos, o peso médio de sementes e os teores foliares de N, Cu, Mn e Zn aumentaram, com o emprego de doses crescentes de N. Os teores de K e S diminuíram, este último em forma quadrática, com um mínimo obtido com a dose de 64 kg/ha de N. Com o aumento das doses de Mo verificou-se aumento em forma quadrática da produtividade, peso médio de sementes e teor foliar de N, com valores máximos obtidos com as doses correspondentes a 72, 100 e 119 g/ha, respectivamente. Em relação aos teores de S e Cu verificou-se diminuição, o primeiro em forma quadrática, com um mínimo obtido com a dose de 92 g/ha; 4) aumentando-se a dose de N, diminuiu a dose de Mo necessária para obtenção de produtividade máxima e do teor máximo de N nas folhas; 5) a produtividade máxima de grãos foi obtida quando se aplicaram 90 kg/ha de N + 72 g/ha de Mo; 6) o efeito combinado de N + Mo foi mais vantajoso do que a aplicação isolada de N ou Mo; 7) a aplicação de NP + MoF permitiu maior rendimento que a aplicação de NC + MoF; 8) no experimento sobre efeito da calagem na adubação molíbdica, não se obtiveram informações que possibilitassem uma contribuição para o assunto.pt-BR
dc.description.abstractThe objective of this work was to evaluate the effects of N, Mo and Rhizobium on common beans at Zona da Mata, Minas Gerais. Another objective was to evaluate the effect of N + Mo fertilization on the crop in six municipalities of this region. Four different experiment groups were carried out under field conditions from April 1994 to November 1996. The following effects were evaluated: in the first group, N, Mo and Rhizobium; in the second group, N and Mo doses; in the third group, liming on Mo fertilization and in the fourth group, N + Mo fertilization, in six municipalities of Zona da Mata. The results showed that: 1) applying N in planting row (NP) followed by Mo as foliar spray (MoF), N as side dressing (NC) can be avoided; 2) when N is missing in the planting row, NC can replace it, at least partially, if MoF is also applied; 3) the grain yield, average seed weight and the content of N, Cu, Mn and Zn increased as N doses were inceased. K and S content decreased, the latter in a quadratic form withminimum doses of 64 kg/ha. On the other hand, increased Mo increased, in a quadratic form, grain yield, average seed weight and N leaf content with maximum values obtained with, respectively, 72, 100 and 119 g/ha of Mo; S and Cu decreased, the former in a quadratic form with a minimum obtained with 92 g/ha of Mo; 4) when N was increased, there was a decrease in the Mo doses applied to get maximum yield and high N leaf content; 5) the maximum grain yield was obtained when 90 kg/ha of N and 72 g/ha of Mo were applied; 6) the combined effect of N + Mo was better than N or Mo applied alone; 7) application of NP + MoF gave higher yield than NC + MoF. Unfortunately the experiment testing the effect of liming on molybdenum fertilization did not provide any information to this study.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.rightsAcesso Abertopt-BR
dc.subjectFeijão - Adubação nitrogenadapt-BR
dc.subjectFeijão - Adubação molíbdicapt-BR
dc.subjectSolos - Calagem. 4. Rizóbio - Inoculação em feijãopt-BR
dc.titleAdubação nitrogenada e molíbdica da cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.) na Zona da Mata de Minas Gerais: efeitos de doses, calagem e rizóbiopt-BR
dc.titleNitrogen and molybdenum fertilization of common bean (Phaseolus vulgaris L.) at Zona da Mata, Minas Gerais: effects of doses, liming and Rhizobiumen
dc.typeTesept-BR
dc.subject.cnpqFitotecniapt-BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.degree.departmentDepartamento de Fitotecniapt-BR
dc.degree.programDoutor em Fitotecniapt-BR
dc.degree.localViçosa - MGpt-BR
dc.degree.date1997-11-28
dc.degree.levelDoutoradopt-BR
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.