Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8170
Tipo: Dissertação
Título: Distribuição e uso das áreas de margem dos corpos d'água por anfíbios na Mata Atlântica e as leis ambientais
Distribution and use of margin areas of water bodies by amphibians in Atlantic Forest and environmental laws
Autor(es): Pires, Daniellen Martins Vieira
Abstract: Neste trabalho são apresentados dados sobre a biologia e diversidade da fauna de anfíbios de Viçosa, na Zona da Mata de Minas Gerais, uma região de fauna ainda pouco conhecida. O presente estudo tem como foco o conhecimento da distribuição dos indivíduos para orientar medidas de preservação do grupo, nele foram listadas 36 espécies de anfíbios pertencentes a 11 famílias: Brachycephalidae (3), Bufonidae (1), Craugastoridae (1), Cycloramphidae (1), Eleutherodactylidae (1), Hylidae (15), Leptodactylidae (9), Microhylidae (1), Odontophrynidae (2), Ranidae (1) e Siphonopidae (1). O primeiro capítulo busca evidenciar a distribuição e o uso das áreas de margens florestadas, dos corpos d’água, pelas diferentes espécies de anfíbios habitantes da serapilheira. A busca por relações entre a proximidade da lagoa e as necessidades relacionadas à história natural das espécies apenas revela a ausência de um padrão de distribuição. O segundo capítulo traz uma abordagem dos dados de ocupação relacionados aos aspectos das Leis Ambientais, buscando evidenciar a necessidade de estudos científicos que orientem a formulação das leis de preservação da fauna brasileira. Apesar da ausência de um padrão relacionado à ocupação pelas espécies de anfíbios, o atual Código Florestal determina valores tidos como insuficientes para as Áreas de Preservação Permanentes de corpos d’água. Por fim, o terceiro capítulo explora os dados das espécies registradas em Viçosa, durante cerca de 20 anos, por diferentes trabalhos, apresentando a lista atual das espécies do município, dados que podem contribuir para uma avaliação mais adequada do status de conservação das espécies, declínios populacionais e extinções locais.
This study presents data on the biology and diversity of amphibians from Viçosa in the Zona da Mata of Minas Gerais, a region with a wildlife still unknown. We had focused on the knowledge of the distribution of individuals to guide conservation measures of the group, there were 36 listed amphibian species belonging to 11 families: Brachycephalidae (3) Bufonidae (1), craugastoridae (1), Cycloramphidae (1), eleutherodactylidae (1), Hylidae (15) Leptodactylidae (9), Microhylidae (1) Odontophrynidae (2), Ranidae (1) and siphonopidae (1) which have been recorded for the city, the study focuses on the knowledge to the preservation of the group. The first chapter aims to demonstrate the distribution and use of areas of forested margins, from some water bodies, by the different species of amphibians inhabitants of litter. The search for links between the proximity of the lake and the needs related to the life history of the species reveals only the lack of a distribution pattern. The second chapter provides an approach to occupation data related to aspects of the environmental legislation, seeking to highlight the need for scientific studies to guide the formulation of conservation laws for biodiversity in Brazil. Despite the absence of a pattern related to the occupation by the species of amphibians, the current forest law of nature preservation are insufficient for the Permanent Preservation Areas associated to water bodies. Finally, the third chapter explores the data of the species recorded in Viçosa, for about 20 years for different studies, with the current list of species from the city, data that can contribute to a better assessment of the conservation status, population declines and local extinctions.
Palavras-chave: Anfíbios - Mata Atlântica - Viçosa (MG)
Conservação da Natureza
CNPq: Zoologia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PIRES, Daniellen Martins Vieira. Distribuição e uso das áreas de margem dos corpos d'água por anfíbios na Mata Atlântica e as leis ambientais. 2016. 68 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8170
Data do documento: 12-Abr-2016
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,36 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.