Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8207
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização da seca e seus efeitos na produção da cultura do milho para as diferentes regiões do estado de Minas Gerais
Drought characterization and its effects in the production of corn culture into different regions of the state of Minas Gerais
Autor(es): Gois, Givanildo de
Abstract: Dados meteorológicos de precipitação e temperatura de 23 estações fornecidas pelo 5o Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), representativas de nove mesorregiões do Estado foram utilizados para a avaliação e teste do desempenho dos Índices de Precipitação Padronizada (SPI), do Índice de Palmer (PDSI) do Método dos Decis (MD) e do Índice de Porcentagem da Normal (IPN) na caracterização da seca nas diferentes regiões de Minas Gerais. Os resultados mostraram que os índices de SPI, MD e IPN apresentaram ao longo dos anos um comportamento similar enquanto que o PDSI se diferenciou dos demais em todas as regiões nos períodos analisados. Tais resultados são corroborados por outros trabalhos que mostraram semelhanças no comportamento dos índices SPI, MD e IPN em diferentes regiões do mundo (ROTONDO et al., 1999; KEYANTASH et al., 2002). A análise de correlação entre os índices PDSI, SPI, MD e IPN, para as diferentes mesorregiões do Estado, mostrou altas correlações, variando entre 0,80 e 0,89, entre os índices SPI, MD e IPN e baixas correlações entre o PDSI e os demais índices. Análises dos eventos de seca mostraram que o IPN, de acordo com a sua classificação original, foi o índice que identificou o maior número de eventos de seca em todas as mesorregiões, enquanto o PDSI, SPI e MD apresentaram valores de ocorrência de eventos de seca bem abaixo do IPN. Os resultados obtidos no presente trabalho indicaram que o MD, por diversas características, entre as quais a sua simplicidade é adequado ao monitoramento da seca agrícola no Estado. Análise da ocorrência histórica de eventos de secas no Estado no período de 1974 a 2003 mostrou que as mesorregiões Oeste de Minas Gerais e Central Mineira, seguidas pelas mesorregiões Campo das Vertentes e Vale do Rio Doce, apresentaram as maiores ocorrências de eventos de seca severa e extrema. Enquanto, que a Zona da Mata, Sul/Sudoeste de Minas e Metropolitana de Belo Horizonte apresentaram as menores ocorrências de eventos de secas (51, 45 e 48, eventos respectivamente). O Vale do Jequitinhonha e Triângulo/Alto Paranaíba apresentaram 77 e 53 eventos de seca, respectivamente no período considerado. Quanto à duração dos períodos de seca observaram-se períodos de seca entre um e seis meses, com intensidade entre secas severas e extremas em praticamente todo o Estado. A análise da seca nas décadas de 70, 80 e 90 revelou profundas diferenças nas ocorrências de secas no Estado. Na década de 70, prevaleceu uma situação de normalidade em todo o Estado, enquanto que na década de 80 observou-se uma anormalidade na faixa Noroeste e Sul, e nas demais regiões prevaleceram uma situação próxima da normal. Na década de 90, os resultados indicaram um agravamento das secas nas mesorregiões do Vale do Jequitinhonha, Vale do Rio Doce e Noroeste, enquanto que na Zona da Mata e a na região Central apresentaram valores próximos da normal. A análise do potencial de utilização do índice de seca como ferramenta para caracterizar a variação na produção da cultura do milho nas diferentes regiões do Estado mostrou que dada a baixa correlação encontrada entre os índices de seca e a variação na produção da cultura do milho de ano para ano, os mesmos não podem ser utilizados como instrumento único na explicação da produção da cultura.
The meteorological data on precipitation and temperature of 23 stations given by the 5th- National District of Meteorology (INMET) and representing nine mesoregion of the State of Minas Gerais were used into the evaluation and the performance test of the Standardized Precipitation Index (SPI), the Palmer Index from the Decis Method (MD) and the Normal Percentage Index (IPN) in the characterization of draught in different regions in the state of Minas Gerais. The results showed that the SPI, MD and IPN indexes have shown throughout the years a similar behavior, while the PDSI has been different from the others in all regions and analyzed periods. These results corroborated with other works that have shown similar behavior of the SPI, MD and IPN indexes in different regions of the world. (ROTONDO et al., 1999; KEYANTASH et al., 2002). The correlation analysis of the PDSI, SPI and IPN indexes in different mesoregions of the State has shown high correlation varying from 0,80 to 0,89 among the SPI, MD and IPN indexes and low correlation between PDSI and the other indexes. Drought events analysis have shown that the IPN, according to its original rate was the index that identified the greater number of drought events in all the mesoregions, while the PSDI, SPI and MD showed events values far less than that of the NPI. The results obtained in this work has shown that the MD, due to its many characteristics, among them its simplicity, is appropriate to the monitoring of the agricultural drought in the State. The analysis of the historical drought events in the State during the period from 1974 to 2003 showed that the West and Central Mineira mesoregions in Minas Gerais State, followed by the Campos das Vertentes and Vale do Rio Doce mesoregions showed the greater events of severe and extreme drought. While Zona da Mata, Minas Gerais South/ Southwest and Belo Horizonte Metropolitan regions showed the least drought events (51, 45 and 48 events respectively). Vale do Jequitinhonha and Triângulo/Alto Paranaíba showed 77 and 53 drought events respectively in the mentioned period. As for the drought periods duration, it was observed periods ranging from one to six months, with intensity between severe and extreme droughts in practically all the State. The drought analysis in the decades of 70, 80 and 90 has revealed deep differences in the drought events within the State. In the decade of 70, a normal situation has prevailed in the whole State, but during the decade of 80 it was observed an abnormality in the Norwest and South strips, while the rest of the regions kept a situation close to normality. In the decade of 90 the results indicated some drought aggravation in the Vale do Jequitinhonha, Vale do Rio Doce and Northeast mesoregions. As for Zona da Mata and the Central region, they presented values close to the normal ones. Analyzing the drought index usage potential as a tool to characterize the variation in the corn culture production in different regions of the State showed that, given the low correlation found between the drought indexes and the variation in the corn culture production from year to year, they cannot be used as a single tool in explaining the culture production.
Palavras-chave: Precipitação (Meteorologia) - Minas Gerais - Estatísticas
Precipitação (Meteorologia) - Varia- bilidade - Minas Gerais
Plantas - Efeito da seca - Minas Gerais
Milho - Cultivo - Minas Gerais
Milho - Produção - Minas Gerais
Meteorologia agrícola
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GOIS, Givanildo de. Caracterização da seca e seus efeitos na produção da cultura do milho para as diferentes regiões do estado de Minas Gerais. 2005. 116f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8207
Data do documento: 9-Dez-2005
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.