Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8222
Tipo: Dissertação
Título: Fungos helmintófagos Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta no controle de Oesophagostomum spp. parasito intestinal de suínos
Helmintofagos fungi, Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium and Arthrobotrys robust in control of Oesophagostomum spp. of intestinal parasite of pigs
Autor(es): Rodrigues, João Victor Facchini
Abstract: A produção de suínos em sistemas semi-intensivo e extensivo constitui uma alternativa aos sistemas tradicionais de criação, entretanto, a infecção por helmintos parasitas pode ser favorecida. Dentre as parasitoses que acometem os suínos, se destacam os helmintos pertencentes aos gêneros Ascaris, Strongyloides, Hyostrongylus e Oesophagostomum, que apresentam suas formas infectantes presentes no ambiente, causando perdas econômicas no rebanho. Diante disso, esse trabalho teve como objetivos: Avaliar a eficácia in vitro da formulação fúngica contendo o fungo helmintófago Duddingtonia flagrans sobre larvas infectantes de Oesophagostomum spp.; Observar a dinâmica de eliminação de esporos do fungo helmintófago Duddingtonia flagrans e avaliar a viabilidade após a passagem pelo trato gastrintestinal de suínos; Avaliar a eficácia in vitro dos isolados dos fungos helmintófagos Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta, sobre larvas infectantes de Oesophagostomum spp. O trabalho foi dividido em dois capítulos, onde o primeiro verificou a eficácia in vitro dos isolados de Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta, sobre larvas infectantes de Oesophagostomum spp., onde todos os isolados demonstraram capacidade predatória eficaz sobre larvas infectantes. O segundo capitulo foi subdivido em três ensaios, que foi verificado a predação in vitro da formulação fúngica sobre larvas infectantes de Oesophagostomum spp. em placas de Petri, em coproculturas, e após a passagem pelo trato gastrintestinal de suínos. Ambos os ensaios obtiveram resultados satisfatórios, quanto a predação das larvas infectantes, e os isolados fúngicos suportaram a passagem pelo trato gastrintestinal, sem perder a capacidade de predação sobre as larvas infectantes. Os resultados apresentados nesse trabalho demonstram alta eficiência da formulação fúngica feita a partir do isolado de Duddingtonia flagrans em farelo de arroz, e dos isolados Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta na predação de larvas infectantes de Oesophagostomum spp., podendo ser uma alternativa no controle de formas infectantes de nematoides parasitas de suínos.
The pigs production in semi-intensive and extensive systems constitute an alternative to traditional farming systems, however, infection with parasitic helminths can be favored. Among the parasites that affect pigs, stand out helminths belonging to the genera Ascaris, Strongyloides, Hyostrongylus and Oesophagostomum, which present their infective forms present in the environment causing economic losses in the herd. Thus, this study aimed: To evaluate the in vitro efficacy of fungi isolated from helmintófagos Duddingtonia flagrans on infective larvae of the Oesophagostomum spp.; Observing the dynamics of elimination of spores and assessing the viability after passage through the gastrointestinal tract of pigs; and to assess the in vitro efficacy of fungi isolated thaumasium helmintófagos and Arthrobotrys Duddingtonia robust on flagrans, Monacrosporium infective larvae of the Oesophagostomum spp. The study was divided in two chapters, where the first verified in vitro efficacy of isolated Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium and Arthrobotrys robust on infective larvae of Oesophagostomum spp., where all isolates showed predatory capacity. The second chapter subdivided into three tests, to verified in vitro predation of fungal formulation rises infective larvae of Oesophagostomum spp. in Petri dishes in fecal cultures and after passage through the gastrointestinal tract of pigs. Both assays obtained satisfactory results, and predation of infective larvae, and supporting the passage through the gastrointestinal tract without losing predation capacity. The results presented in this study demonstrate high efficiency of the fungal formulation made from the isolated Duddingtonia flagrans in rice bran, and isolated Monacrosporium thaumasium and Arthrobotrys robust in predation infective larvae of the Oesophagostomum spp., could be an alternative to control infective forms of nematode parasites pigs.
Palavras-chave: Suínos - Doenças
Intestinos - Parasito - Controle biológico
Fungos
CNPq: Medicina Veterinária
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RODRIGUES, João Victor Facchini. Fungos helmintófagos Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta no controle de Oesophagostomum spp. parasito intestinal de suínos. 2016. 51 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8222
Data do documento: 19-Fev-2016
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo936,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.