Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8261
Tipo: Dissertação
Título: Reformulação e construção de conhecimento em sala de aula
Reformulation and joint construction of knowledge in the classroom
Autor(es): Penna, Aida Silva
Abstract: Esta pesquisa conta com os aparatos teórico-metodológicos da Análise da Conversa Etnometodológica (SACKS, SCHEGLOFF & JEFFERSON, 1974) para o objetivo de descrição da organização da fala-em-interação em contexto de sala de aula para a investigação do uso da reformulação para a construção conjunta de conhecimento. Este trabalho considera a participação tanto dos alunos quanto do professor no processo de ensino-aprendizagem no evento aula de Geografia dos alunos do curso de Agroecologia de uma escola técnica de Minas Gerais. O corpus de análise desta pesquisa é a gravação e transcrição de duas aulas geminadas que foi retirado do banco de dados da professora orientadora Doutora Wânia Terezinha Ladeira que em sua produção científica estuda a fala-em-interação em contexto educacional. A gravação e transcrição foram realizadas por Maurício Carlos da Silva durante sua pesquisa de mestrado finalizada em 2014 que foi orientada pela mesma professora. Depois da escuta do arquivo em áudio, a transcrição passou por pequenas alterações conforme percepção e preferência das pesquisadoras. Primeiramente, há uma revisão da literatura para uma caracterização em torno do conceito de reformulação. Depois, sucede a orientação metodológica da pesquisa e contexto. E, após, inicia-se a análise e interpretação dos dados que foi dividida em duas partes conforme o tipo do falante interacional proposto por Heritage e Watson (1979): (i) news deliverer, referente aos enunciados realizados pelo participante que informa; e (ii) news recipient, referente aos enunciados produzidos pelos participantes que receberam a informação. Durante a análise dos dados, foi considerado o processo de construção conjunta de conhecimento através do uso de reformulações, verificando também as competências comunicativas dos participantes. Foi observado na pesquisa a utilização de reformulações como um método capaz de negociar, moldar, construir significado comum entre os participantes da interação de modo que contribuiu para a co-construção de conhecimento no processo de ensino-aprendizagem.
This research relies on the theoretical and methodological apparatus of Ethnomethodological Conversation Analysis (SACKS, SCHEGLOFF & JEFFERSON, 1974) that aims the description of talk-in-interaction in classroom environment for the investigation of the use of reformulation for the joint construction of knowledge. This paper considers the participation of both students and teacher in the teaching-learning process in Geography class event of the students of Agroecology couse from a technical school of Minas Gerais. The corpus of analysis of this research is the recording and transcription of two attached classes that was taken from the database of the adviser professor Dr. Wânia Terezinha Ladeira who in her scientific production studies talk-in- interaction in educational context. The audio recording and the transcription were performed by Maurício Carlos da Silva during his master’s course ended in 2014 that had the same adviser professor. After the listening of the audio, the transcription has had some changes according to the perception and preference of the researches. Firstly, there is a literature review for the characterization of the concept of reformulation. Then, succeed the methodological orientation of research and context. After begins the analysis and interpretation of the data that has been divided into two parts according to the type of interactional speaker proposed by Heritage and Watson (1979): (i) news deliverer, referring to the utterances made by the person who gives information; and (ii) news recipient, referring to the utterances made by the person who receive information. During data analysis it considered the process of joint construction knowledge through the use of reformulations also checking the communicative skills of the participations. In this research has observed the use of reformulations as a method to negotiate, mold, built common meaning between the participants of the interaction that contributed for the joint construction knowledge in the teaching-learning process.
Palavras-chave: Construtivismo
Cognição
Ambiente em sala de aula
Professores e alunos
CNPq: Lingüística, Letras e Artes
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PENNA, Aida Silva. Reformulação e construção de conhecimento em sala de aula. 2016. 135f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8261
Data do documento: 4-Abr-2016
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.