Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8278
Tipo: Dissertação
Título: Alternative food and learning as a promising strategy for biological control
Alimento alternativo e aprendizagem como uma estratégia promissora para o controle biológico
Autor(es): Bernardo, Ana Maria Guimarães
Abstract: Several species of omnivorous predators are used in the biological control. Omnivorous predatory bugs are important natural enemies of pest that affect crops in greenhouse. It has been suggested that the use of alternative foods promote the establishment of predators on crops. Moreover, some research propose that predators can learn to associate chemical compounds with presence of food, so reducing the time of searching of natural enemies and number of pest on crops. Our aim was to find cheaper alternative foods and investigate learning ability of the predator Orius insidiosus. We evaluated the performance of O. insidiosus on four alternative foods: Ricinus sp. pollen, bee pollen, the acarid prey Tyrophagus putrescentiae and eggs of Anagasta kuehniella. Furthermore, we used synthetic methyl salicylate (MeSa) and mint oil as odour sources to study the learning ability of this predator. The predatory bugs demonstrated a better performance when fed A. kuehniella or T. putrescentiae. Our results showed that when the predator had to associate odour sources with presence of food, they showed no preference to mint oil, but showed a preference to MeSa. In addition, when the predator had to associate odour sources without food, they showed a preference to mint oil, but did not show a preference to MeSa. These results reveal that alternative and cheaper foods (e.g. T. putrescentiae) can be used with aim to sustain the predator population on rearings and possibly in crops. In addition, our results showed that O. insidiosus is able to learn, but this learning ability of predators varies with volatile compounds.
Várias espécies de predadores onívoros são utilizadas no controle biológico. Orius são importantes inimigos naturais onívoros de pragas que afetam hortaliças e plantas ornamentais. A densidade destes predadores em campo pode aumentar com o fornecimento de alimentos alternativos, especialmente quando a presa é escassa. Além disso, é sugerido que predadores podem aprender associar fonte de odores com a presença de alimento, reduzindo o tempo de procura dos inimigos naturais e, consequentemente o número de pragas nas culturas. Com isso, o nosso objetivo foi encontrar alimentos alternativos de baixo custo e estudar a capacidade de aprendizagem do predador Orius insidiosus. Foi, portanto, avaliado a performance do predador O. insidiosus em quatro alimentos alternativos: pólen de Ricinus sp., pólen de abelha, ácaros detritívoros Tyrophagus putrescentiae e ovos de Anagasta kuehniella. Além disso, utilizou-se salicilato de metila sintético (MeSa) e óleo de menta como fontes de odores para estudar a capacidade de aprendizagem do predador. O predador apresentou uma melhor performance quando alimentava-se de A. kuehniella ou T. putrescentiae. Quando o predador associou alimento com a fonte de odor eles não mostraram preferência para óleo de menta, mas mostraram preferência para MeSa. No entanto, quando o odor era associado com ausência de alimento os predadores foram repelidos pelo óleo de menta e não houve atração ou repelência para MeSa. Estes resultados indicam que alimentos alternativos e de baixo custo (T. putrescentiae) podem ser utilizados com o objetivo de sustentar a população do predador em criações massal e, possivelmente, em culturas. Adicionalmente, nossos resultados mostram que O. insidiosus é capaz de aprender, mas essa capacidade de aprendizagem dos predadores varia com o composto volátil testado.
Palavras-chave: Orius insidiosus
Inseto - Alimentação
Inseto - Comportamento
Controle biológico
CNPq: Entomologia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BERNARDO, Ana Maria Guimarães. Alternative food and learning as a promising strategy for biological control. 2015. 46f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8278
Data do documento: 20-Jul-2015
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo559,31 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.