Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8345
Tipo: Dissertação
Título: Análise do estresse ocupacional em docentes da Universidade Federal de Viçosa e suas interferências na qualidade de vida e suporte familiar
Analysis of occupational stress among teachers from Universidade Federal de Viçosa and how they interfer in quality of life and Family support
Autor(es): Soares, Michelle Barbosa
Abstract: O estresse ocupacional, entendido como o estresse relacionado ao trabalho, tornou-se uma fonte de preocupação da carreira docente, uma vez que é reconhecido como um dos principais riscos a qualidade de vida do professor. Portanto, o presente estudo teve como objetivo avaliar a relação entre os níveis de estresse, a qualidade de vida e o clima familiar dos docentes da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e entender como o suporte familiar pode amenizar os efeitos do estresse no exercício da docência. O estudo foi realizado na cidade de Viçosa, MG, tendo como unidade de pesquisa a UFV, campus Viçosa. Para a coleta de dados da pesquisa, foram aplicados 222 questionários para os Professores Efetivos da UFV, assumindo um erro máximo associado de 5,56%. Os questionários foram aplicados entre julho e agosto de 2015. Utilizou-se três técnicas de pesquisa quantitativa: a análise fatorial, correlação linear e teste t para diferença de médias. O estudo identificou que a média de estresse ocupacional equiparou-se a carreiras com grandes níveis de estresse, como bombeiros, bancários e gerentes. Percebeu-se que os docentes com maiores níveis de estresse estão mais propícios a serem acometidos por doenças como hipertensão, depressão e ansiedade. Os níveis de estresse apresentaram correlação com a idade e produtividade dos docentes. Através do teste t para comparação de médias, foi comprovado que os docentes com atuação na pós-graduação têm maiores níveis de estresse. Portanto, os dados iniciais nos permite inferir que, os docentes da Universidade Federal de Viçosa possuem níveis preocupantes de estresse, sendo necessário que a instituição tome medidas para melhorar a qualidade de vida desse seguimento de servidores.
Occupational stress, known as the work-related stress has become a concern of teaching career, since it is recognized as one of the main risks to teacher life quality. Therefore, this study aimed to evaluate the relationship between stress levels, quality of life and the family atmosphere of Universidade Federal de Viçosa (UFV) teachers and understand how family support can mitigate the stress effects in the exercise of teaching. The study was conducted in Viçosa, MG and the research unit it was UFV, Viçosa campus. To collect survey data, 222 questionnaires for Effective Teachers UFV were applied, assuming a maximum error associated to 5.56%. The questionnaires were administered between July and August 2015. We used three techniques of quantitative research: factor analysis, linear correlation and t test for difference of means. For data collection we applied 222 questionnaires to the Effective Teachers UFV, assuming a maximum error associated to 5.56%. The questionnaires were applied between July and August 2015. We used three techniques of quantitative research: factor analysis, linear correlation and t test for difference of means. The study identified that the average occupational stress equates to careers with high levels of stress such as firefighters, bank and managers. It was noticed that teachers with higher stress levels are more likely to be affected by diseases such as hypertension, depression and anxiety. Stress levels are correlated with teachers age and productivity. Throught T test to compare means, it has been verified that teachers engaged in post graduate programs have higher levels of stress. So, the initial data allows us to infer that teachers of Universidade Federal de Viçosa reveal worrying levels of stress, requiring the institution to take steps to improve the quality of life of this follow-up servers.
Palavras-chave: Stress ocupacional
Administração do stress
Qualidade de vida
Trabalho e família
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOARES, Michelle Barbosa. Análise do estresse ocupacional em docentes da Universidade Federal de Viçosa e suas interferências na qualidade de vida e suporte familiar. 2016. 105f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8345
Data do documento: 17-Fev-2016
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo701,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.