Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8348
Tipo: Dissertação
Título: Cicatrização e representação de mulheres com câncer de mama: análise discursivo-crítica do livro The SCAR project: breast cancer is not a pink ribbon
Healing and representation of women with breast cancer: discursive critical analysis of the book The SCAR project: breast cancer is not a pink ribbon
Autor(es): Lelis, Marina Camila Santana de
Abstract: Os padrões de beleza, constantemente associados à saúde, desprezam o corpo doente ou deficiente e mutilado, considerado pouco atraente e produtivo. Especificamente, os padrões de beleza feminina levam mulheres a buscarem o ideal de corpo socialmente saudável e belo. Neste contexto, o fotógrafo americano David Jay criou o The SCAR Project: breast Cancer is not a pink ribbon, em que fotografa mulheres com cicatrizes de cirurgia para retirada de câncer de mama. Além das fotos, o livro traz relatos das mulheres fotografadas. O câncer de mama, segundo tipo mais frequente no mundo, provoca cicatrizes e grandes transformações no corpo e na mente. Surgem, assim, demandas de discussões sobre o corpo feminino sem seios. Na análise discursivo- critica de narrativas do livro de Jay, discutimos o corpo marcado por cicatrizes, que foge do ideal desejado e aceito. O estudo realizou-se sob o viés da Análise do Discurso Textualmente Orientada (FAIRCLOUGH, 2003), bem como da Gramática do Design Visual (KRESS e VAN LEEUWEN, 2006), dialogada com teorias fotográficas. Nas narrativas e nas imagens, a cicatriz é metaforicamente representada como marca de uma batalha de guerra, tornando-se um elemento de empoderamento. A análise mostra também que a representação é uma construção discursiva das mulheres, incentivada pelo projeto fotográfico que levou-as à percepção da doença como um „invasor‟ combatido com força e coragem. O processo de construção dos discursos femininos, acentuadamente por meio de metáforas e de imagens, cuidadosamente produzidas, impactou positivamente as modelos-mastectomizadas. A pesquisa revela os processos de reconstrução de identidades femininas, os benefícios dos discursos partilhados, acentuando a importância da Análise do Discurso Textualmente Orientada na sociedade.
The patterns of beauty, constantly associated with health, despise the sick or disabled and maimed body, considered unattractive and productive. Specifically, female standards of beauty lead women to seek the ideal of socially healthy and beautiful body. In this context, the American photographer David Jay created The SCAR Project: Breast Cancer is not a pink ribbon, photographing women with surgical scars of breast cancer retreat. Besides the photos, the book contains narratives of the photographed women. Breast cancer, the second most common type in the world, causes scarring and major changes in the body and mind. Arise, so, discussions of demands on the female body without breasts. In discursive-critique analysis of Jay's book narratives, we discuss the body scarred, fleeing the desired and accepted ideal. The study was performed under the gore of Verbatim Oriented Discourse Analysis (Fairclough, 2003), as well as the Grammar of Visual Design (Kress e van Leeuwen, 2006), dialogued with photographic theories. In the narratives and images, the scar is metaphorically represented as a mark of a war battle, becoming an empowerment element. The analysis also shows that the representation is a discursive construction of women, encouraged by the photographic project that took them to the perception of the disease as an 'invader' fought with strength and courage. The construction process of the female speeches, sharply through metaphors and images, carefully produced, positively impacted models-mastectomies. The research reveals the feminine identities reconstruction processes, the benefits of shared discourse, emphasizing the importance of Verbatim Oriented Discourse Analysis in society.
Palavras-chave: Análise crítica do discurso
Mamas - Câncer - Aspectos psicológicos
Mastectomia
Imagem corporal em mulheres
CNPq: Lingüística, Letras e Artes
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LELIS, Marina Camila Santana de. Cicatrização e representação de mulheres com câncer de mama: análise discursivo-crítica do livro The SCAR project: breast cancer is not a pink ribbon. 2016. 131 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8348
Data do documento: 22-Mar-2016
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.