Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8370
Tipo: Dissertação
Título: Manejo florestal da Floresta Nacional do Tapajós, Pará, com ênfase na espécie Minquartia guianensis Aubl.
Forest management of the Tapajós National Forest, Pará, with emphasis on specie Minquartia guianensis Aubl.
Autor(es): Andrade, Cinthia Grazielle Carvalho
Abstract: O manejo florestal sustentável na Amazônia traz benefícios econômicos, sociais e ambientais. Apesar disso algumas espécies ainda são exploradas de forma ilegal, é o caso de Minquartia guianensis Aubl., conhecido como Acariquara, devido ao alto valor econômico da sua madeira. Buscando mudar este cenário são necessários estudos mais detalhados sobre o seu potencial para a utilização como fonte de abastecimento para as comunidades locais, melhorando a condição de vida e tornando legal sua exploração. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar os aspectos técnicos e econômicos do manejo florestal, com ênfase para a espécie Minquartia guianensis na Floresta Nacional do Tapajós – PA, visando fornecer subsídios para aplicabilidade do seu adequado manejo. O trabalho foi dividido em três artigos. No primeiro artigo, objetivou-se analisar a composição e a estrutura de uma floresta não manejada, com ênfase para Minquartia guianensis. Utilizou-se amostragem sistemática com 94 parcelas na Área 1 e 110 parcelas na Área 2. Em cada parcela de 30 x 250 m inventariada, considerou-se as seguintes classes de tamanho (CT) das árvores: CT 1 - 10 cm ≤ DAP < 25 cm nos primeiros 50 m da parcela (30 m x 50 m); CT 2 - 25 cm ≤ DAP < 50 cm nos primeiros 100 m (30 m x 100 m); e CT 3 - DAP ≥ 50 cm em toda parcela (30 m x 250 m). Na Área 1 e 2, Minquartia guianensis apresentou 226 e 149 indivíduos, o que representou uma densidade de 12 n.ha-1 e 6 n.ha-1, área basal de 0,49 m2.ha-1 e 0,36 m2.ha-1, valor de importância (IVI) de 3,04% e 2,78% e volume de 3,13 m3.ha-1 e 2,30 m3.ha-1, respectivamente. A estrutura da floresta caracteriza-se pela alta diversidade florística, e estoque comercial com potencial para manejo, no entanto, sugere-se a aplicação de tratamentos silviculturais para torná-la mais produtiva. A espécie Minquartia guianensis destacou-se entre as aquelas com maior importância e apresenta um estoque alto de indivíduos entre as árvores de menor porte (10 cm ≤ DAP < 50 cm), que são as de interesse do mercado consumidor, tendo potencial para o aproveitamento de árvores com diâmetro abaixo de 50 cm. No segundo artigo, objetivou-se avaliar o crescimento diamétrico e o ciclo de corte da Minquartia guianensis, por meio da análise do tempo de passagem entre as classes diamétricas. Foram estabelecidos cinco tratamentos: T 0: testemunha, sem interferência; T1: exploração de árvores comerciais com DAP ≥ 45 cm; T 2, T3 e T4: exploração de árvores com DAP ≥ 55 cm, seguido por aplicação de tratos silviculturais, com redução de 20%, 40% e 60% da área basal original, respectivamente. Em cada tratamento foram instaladas ao acaso 12 parcelas permanentes de 0,25 ha, nas quais foram medidas todas as árvores com DAP ≥ 5 cm. O crescimento da espécie foi determinado por meio do incremento periódico médio anual (IPA), no período de 1981 a 2012, a partir desse resultado foi estimado o tempo de passagem entre as classes diamétricas e o ciclo de corte. Os resultados indicaram que ao atingir 50 cm, diâmetro mínimo de corte estabelecido na legislação, ocorre lentidão ou estagnação nos processos de dinâmica de crescimento dessa espécie, e alta mortalidade de árvores nas classes superiores. Portanto, pressupõe-se que é viável manejar também árvores com DAP ≤ 50 cm. No terceiro artigo, objetivou-se avaliar a distribuição diamétrica de uma floresta sem e com exploração, com enfoque para Minquartia guianensis Aubl., assim como calcular o quociente “q” De Liocourt, na Floresta Nacional do Tapajós, PA. Foram estabelecidos dois tratamentos: T0: testemunha, sem interferência; T1: exploração de árvores comerciais com DAP ≥ 45 cm. Calculou-se o quociente “q” De Liocourt para todas as classes de diâmetro. Na colheita seletiva do T0, a densidade, a área basal total e o volume total de fuste das árvores comerciais extraídas com DAP ≥ 15 cm, foram 21,88 n.ha-1, 9,54 m2.ha-1 e 132,31 m3.ha-1, respectivamente, para um quociente de De Liocourt de 2,27. Por outro lado, no T1 observou-se 25,58 n.ha-1, 7,97 m2.ha-1 e 104,36 m3.ha-1 para um quociente de De Liocourt de 2,80. A espécie Minquartia guianensis, considerando árvores com DAP ≤ 50 cm, apresentou 0,90% e 0,54% de estimativa de colheita para o T 0 e T1, respectivamente. Nos dois tratamentos os valores obtidos com a aplicação do método de manejo proposto sugerem o corte de árvores em todas as classes diamétricas, com exceção da classe de 30 cm. Além disso, a floresta e especificamente a espécie Minquartia guianensis, tem grande potencial volumétrico e econômico como fonte alternativa de renda para comunidades rurais e empresas, desde que respeitados os parâmetros que constam na legislação. Conclui-se que Minquartia guianensis apresenta potencial para o manejo sustentável na Amazônia, podendo ser comercializada na região, melhorando a economia local e tornando legal seu manejo.
Sustainable forest management in the Amazon brings economic, social and environmental benefits. Nevertheless, some species such as Minquartia guianensis Aubl., know as Acariquara are still exploited illegally due of the timber high economic value. Seeking to change this scenario, more detailed studies of their potential use as a supply source for local communities are needed improving living conditions and llegalizing their exploitation. Thus, the aim of this study was to evaluate the technical and economic aspects of forest management, with emphasis on Minquartia guianensis at Tapajos National Forest - PA to provide input for of its proper management applicability. The work was divided in three papers. The first paper aimed to analyze the composition and structure of a forest not managed, with emphasis on Minquartia guianensis. We used systematic sampling with 94 plots in Area 1 and 110 plots in Area 2. In each plot of 30 x 250 m inventoried, we considered the following size classes (CT) of the trees: CT 1 - 10 cm ≤ DBH < 25 cm in the first 50 m of the plot (30 m x 50 m); CT 2 - 25 cm ≤ DBH < 50 cm in the first 100 m (30 m x 100 m); and CT 3 - DBH ≥ 50 cm in the whole plot (30 m x 250 m). Area 1 and 2, Minquartia guianensis showed 226 and 149 individuals, representing a density of 12 n.ha-1 and 6 n.ha-1, basal area of 0.49 m2.ha-1 and 0.36 m2.ha-1 importance value (IVI) from 3.04% to 2.78% and volume of 3.13 m3.ha-1 and 2.30 m3.ha-1, respectively. The forest structure is characterized by high floristic diversity, and stock trading with management potential, however, it is suggested the application of silvicultural treatments to make it more productive. The species Minquartia guianensis stood out among those with the highest importance and has a high inventory of individuals among the smaller trees (10 cm ≤ DBH <50 cm), which are the consumer market interest and potential for exploitation trees with diameter below 50 cm. The second paper aimed to evaluate the diametric growth and cutting cycle of Minquartia guianensis, by analyzing the transit period between the diameter classes. There were established five treatments: T0: control, without interference; T 1: operation of commercial trees with DBH ≥ 45 cm; T2, T3 and T4: Exploring trees with DBH ≥ 55 cm, followed by application of silvicultural treatments, a reduction of 20%, 40% and 60% of the original basal area, respectively. In each treatment were randomly installed 12 permanent plots of 0.25 ha, in which all trees with DBH ≥ 5 cm were measured. The growth of the species was determined by the average annual periodic increment (API) in the period 1981-2012, based on the results, was estimated transition time between the diameter classes and cutting cycle. The results indicated that when it reaches 50 cm, minimum cutting diameter established by legislation, slow or stagnation occurs in the dynamics of growth processes of this kind, and high mortality of trees in upper classes. Therefore, it is assumed that it is feasible also to manage trees with DBH ≤ 50 cm. The third paper, aimed to evaluate the diameter distribution of a forest with and without exploration, focusing on Minquartia guianensis Aubl., and calculate the coefficient "q" from Liocourt in the Tapajós National Forest, PA. There were established two treatments: T0: control, without interference; T1: operation of commercial trees with DBH ≥ 45 cm. The coefficient "q" de Liocourt for all classes of diameter was calculated. In selective harvest T0, density, basal area and the total volume bole of commercial trees extracted with DBH ≥ 15 cm were 21.88 n.ha-1, 9.54 m2.ha-1 and 132, 31 m3.ha-1, respectively, for a de Liocourt coefficient of 2.27. On the other hand, it was observed at T1 25.58 n.ha-1, 7.97 m2.ha-1 and 104.36 m3.ha-1 for a de Liocourt coefficient of 2.80. The species Minquartia guianensis considering trees with DBH ≤ 50 cm, showed 0.90% and 0.54% crop estimate for the T0 and T1, respectively. In both treatments, the values obtained with the proposed management method implementation suggests trees cutting in all diameter classes except the 30 cm class. Moreover, the forest and specifically Minquartia guianensis, specie have large volumetric and economic potential as an alternative source of income for rural communities and businesses, provided they comply with the parameters set out in the legislation. We conclude that Minquartia guianensis shows potential for sustainable management in the Amazon, it can be marketed in the region, improving the local economy and llegalizing its management.
Palavras-chave: Floresta Amazônica
Floresta tropical - Manejo
Madeira - Exploração
Economia florestal
Minquartia guianensis
CNPq: Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ANDRADE, Cinthia Grazielle Carvalho. Manejo florestal da Floresta Nacional do Tapajós, Pará, com ênfase na espécie Minquartia guianensis Aubl.. 2016. 72f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8370
Data do documento: 29-Fev-2016
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo945,02 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.