Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8445
Tipo: Dissertação
Título: Efeito do esteroide anabólico sobre os parâmetros ósseos de camundongos ApoE-/- alimentados ou não com dieta hiperglicídica
Effects of anabolic steroids on bone parameters in ApoE - / - mice fed high-carbohydrate diet with or without
Autor(es): Santos, Felipe Couto
Abstract: Neste estudo foram investigados os efeitos do esteroide anabólico androgênico (EAA) e da dieta rica em sacarose no osso de camundongos ApoE-/-. Quarenta e oito camundongos fêmeas (três meses de idade) foram aleatoriamente distribuídos em seis grupos com oito animais cada: grupos W (wild type), A (ApoE-/-) e A20 (ApoE-/- e 20mg/kg EAA) receberam dieta comercial, e grupos AH (ApoE-/-), AH10 (ApoE-/- e 10mg/kg EAA) e grupo AH20 (ApoE-/- e 20mg/kg EAA) receberam dieta rica em sacarose. A dieta rica em sacarose foi desenvolvida de acordo com o protocolo AIN- 93G para dietas purificadas. O esteroide anabólico utilizado foi o undecilenato de boldenona administrado intraperitonealmente três vezes por semana durante oito semanas. Após 56 dias, amostras do sangue foram coletadas para análises de cálcio, fósforo, triglicérides e colesterol. Os fêmures foram utilizados para análises morfométricas, de minerais e teste mecânico, enquanto as tíbias foram usadas para analisar o teor de proteínas ósseas. Nossos resultados demonstraram que o EAA isoladamente aumentou as concentrações séricas de colesterol total, triglicérides, LDL e fósforo; a relação Ca/P e o conteúdo de cálcio no osso, porém, a droga induziu a redução do HDL, fósforo ósseo, do teor de proteínas colagenosas, da área cortical e volume trabecular, a rigidez e módulo elástico dos ossos. Os camundongos alimentados com a dieta rica em sacarose apesar de apresentarem aumento do colesterol total, LDL e HDL e fósforo, não denotaram alterações nos parâmetros morfométricos. Contudo, o consumo da sacarose aumentou a retenção de cálcio no osso, a carga máxima, rigidez e tensão máxima dos fêmures desses animais. A associação entre a menor dose do EAA e a dieta experimental aumentou as concentrações séricas do colesterol LDL, fósforo e reduziu o HDL. Além disso, esses animais apresentaram maior conteúdo de cálcio ósseo, proteínas colagenosas, carga máxima, rigidez, tensão máxima. A administração da maior dose do EAA associada a dieta rica em sacarose induziu a elevação do colesterol total e LDL e reduziu a concentração do HDL e fósforo no osso. Além disso, os animais desse grupo apresentaram aumento do cálcio ósseo, teor de proteínas colagenosas, da área cortical e do volume trabecular, da carga máxima, deslocamento, rigidez, tensão máxima e deformação. Tomados em conjunto, os nossos resultados mostram que o uso de doses suprafisiológicas do EAA e o consumo de dieta rica em sacarose, isoladamente ou não, alteraram o perfil bioquímico dos lipídeos podendo agravar o quadro dislipidêmico dos camundongos ApoE-/-. O uso isolado do EAA acometeu a microarquitetura óssea e propriedades mecânicas dos fêmures que foi relacionada à dislipidemia mais acentuada nesse grupo. Os ossos dos camundongos tratados com a dieta isolada ou combinada a menor dose do EAA apesar de apresentarem alterações benéficas nas propriedades mecânicas dos fêmures não denotaram alteração na estrutura óssea. Contudo, a maior dose do EAA combinada com a dieta rica em sacarose teve efeito positivo sobre a morfometria óssea bem como as propriedades mecânicas do osso possivelmente devido à participação do tecido ósseo no metabolismo energético.
The objective of this study was to evaluate the effect of interaction between the AAS and diet rich in sucrose on the biomechanical and morphological properties of bone tissue of ApoE gene knockout mice (ApoE-/-). Eight wild-type (C57BL6) and forty ApoE-/- mice generated on a C57BL6 background were used. Female 3-month-old were divided into four groups (n=8): group W (wild type), group A (ApoE-/-) and group A20 (ApoE-/- plus 20mg/kg AAS) receiving commercial ration, and group AH (ApoE-/-), group AH10 (ApoE-/- plus 10mg/kg AAS) and group AH20 (ApoE-/- plus 20mg/kg AAS) receiving a sucrose-diet. After 56 days, blood samples were collected for laboratory analysis of calcium, triglycerides, cholesterol. The femur was excised for mechanical testing, morphometric and minerals analysis while the tibias were used to analyze the content of bone proteins. Our results showed that the EAA alone increased serum concentrations of total cholesterol, triglycerides, LDL and phosphorus; Ca/P and calcium content the bone, however, the drug induced low HDL, bone phosphorus, collagenous protein content, cortical area and trabecular volume, stiffness and elastic modulus of the bone. The mice fed the diet rich in sucrose despite having an increase in total cholesterol, LDL and HDL and phosphorus does not denote changes to the morphometric parameters. However, the consumption of sucrose increased calcium retention in the bone, the maximum load, stiffness and maximum stress of the femurs of the animals. The association between the lowest dose of EAA and experimental diet increased the serum concentrations of non-HDL cholesterol and phosphorus and reduced HDL. Moreover, these animals showed higher calcium content, collagenous proteins, maximum load, stiffness, maximum stress. The administration of the highest dose of the EAA associated with sucrose-rich diet induced increase in total cholesterol and LDL and reduced the HDL concentration and phosphorus in the bone. Additionally, the animals in this group had increased bone calcium, collagenous protein content, cortical area and trabecular volume, maximum load, displacement, stiffness, maximum stress and strain. Taken together, our results show that using higher doses of EAA and consumption of sucrose-rich diet alone or not, the altered biochemical profile of lipids may aggravate the above dyslipidemic ApoE -/- mice. The isolated use of EAA affected the bone microarchitecture and mechanical properties of femurs that was related to more severe dyslipidemia in this group. The bones of mice treated with diet alone or combined the lowest dose of the EAA despite having beneficial changes in the mechanical properties do not denote changes in bone structure. However, the highest dose of EAA combined with diet had a positive effect on bone morphometry as well as the mechanical properties of bone that has been associated with the control of energy metabolism orchestrated by bone tissue.
Palavras-chave: Ratos
Esteroide anabólico
Ossos - Morfologia
Lipídios na nutrição animal
Hiperlipidemia
CNPq: Biologia Geral
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTOS, Felipe Couto. Efeito do esteroide anabólico sobre os parâmetros ósseos de camundongos ApoE-/- alimentados ou não com dieta hiperglicídica. 2016. 55 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Estrutural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8445
Data do documento: 25-Mai-2016
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo869,7 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.