Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8563
Tipo: Dissertação
Título: Tamanho da amostra, luminosidade e profundidade de semeadura na germinação de sementes de maracujazeiro azedo
Estimation of the minimum number of repetitions and influence of light on germination of passionfruit seeds
Autor(es): Ribeiro, Mariana Rodrigues
Abstract: O maracujazeiro azedo é a espécie da família Passifloraceae mais cultivada nas lavouras comerciais, no entanto, há uma baixa produtividade decorrente do reduzido número de cultivares comerciais e técnicas de manejo cultural. Comumente nos programas de melhoramento genético de maracujazeiro após a realização de hibridizações controladas obtêm-se pequenas quantidades de sementes, que necessitam ser avaliadas quanto a germinação e emergência, visando selecionar os melhores genótipos para estas características. No entanto, a germinação das sementes de maracujazeiro ocorre de maneira irregular devido à sensibilidade a luminosidade, qualidade fisiológicas e as características físicas e químicas do substrato o que dificulta a produção de mudas. Objetivou-se determinar o número mínimo de repetições para testes de emergência e de germinação com diferentes quantidades de sementes de maracujazeiro azedo, bem como a influência de diferentes profundidades de semeadura e intervalos de luminosidade na emergência e desenvolvimento inicial de plântulas. Para verificar o número mínimo de repetições foram realizados o teste de emergência em casa de vegetação e o teste de germinação no laboratório de análise de sementes com 10, 25, 40, 50 e 70 sementes em 20 repetições. As variáveis analisadas foram germinação e emergência aos 28 dias após semeadura. Para análises dos resultados obtidos foram escolhidas aleatoriamente dez repetições dentro de cada quantidade de sementes e submetida à simulação de dados por meio de combinação exaustiva. Por outro lado, para determinar a profundidade de semeadura e o intervalo de luminosidade foram utilizadas sementes de maracujazeiro azedo armazenadas em geladeira a 5 oC por 180 dias. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com seis repetições de 25 sementes em parcela subdividida, sendo as parcelas diferentes profundidades – 1, 2, 3, 4 e 5 cm; e nas subparcelas diferentes períodos de luminosidade – ausência de luz, presença de luz por 12 horas, e presença de luz por 24 horas. O teste de emergência foi conduzido em câmara de germinação tipo BOD – com temperaturas alternadas 20-30 oC em intervalos de 12 horas e nas luminosidades estabelecidas. As características avaliadas foram porcentagem de emergência por contagem semanal, o índice de velocidade de emergência durante 28 dias; o número de plântulas normais, o comprimento total da plântula, o comprimento da parte aérea, o comprimento radicular aos 28 dias de avaliação e a massa seca individual. Nos testes de emergência e germinação verificou- se que o número mínimo de repetições é de cinco repetições com 10 ou 25 sementes. E, em relação aos períodos de luminosidade, verificou-se que 12 e 24 horas de luz favoreceram a antecipação da germinação, além de que profundidades de semeaduras de 1 a 5 cm não interferiram na germinação e vigor das plântulas de maracujazeiro azedo.
The passion fruit is the Passifloraceae species most cultivated in commercial crops. However, there is a low productivity due to the small number of commercial cultivars and techniques of cultural management. In breeding programs of passion fruit after performing hybridizations subsidiaries obtained small amounts of seeds that need to be evaluated for germination and emergence, in order to select the best genotypes for these features. However, the germination of passion fruit seeds occurs irregularly because of the sensitivity to light, seed quality and the physical and chemical characteristics of the substrate, which makes the production of seedlings. This study aimed to determine the minimum number of repetitions for emergency tests and germination with different amounts of sour passion fruit seeds, and the influence of different sowing depths and brightness ranges in the emergence and early development of sour passion fruit seedlings. To check the minimum number of repetitions were performed emergency test in the greenhouse and the germination test in seed analysis laboratory with 10, 25, 40, 50 and 70 seeds in 20 repetitions. The variables were germination and emergence at 28 days after sowing. For analyzes of the results were randomly selected ten replicates within each quantity of seed and subjected to simulation data through exhaustive combination. On the other hand, to determine the depth of planting and the brightness range passion fruit seed used were stored in refrigerator at 5°C for 180 days. The experimental design was completely randomized with six replications of 25 seeds in a split plot, with the different portions depths - 1cm, 2cm, 3cm, 4 cm and 5 cm s; and subplots different brightness - absence of light, presence of light for 12 hours an additional 12 hours in the dark, and the presence of light for 24 hours. The emergency test was conducted in BOD germination chamber - with alternating temperatures 20-30 ° C at intervals of 12 hours and the established luminosities. The characteristics evaluated were the percentage of emergency for weekly count, emergency speed index for 28 days; the number of normal seedlings, the total length of seedling, shoot length to the root length at 28 days of evaluation and individual dry weight. In emergency and germination tests, it was found that the minimum number of repetitions is five replicates with 10 seeds or 25. In addition, with respect to light periods, it was found that 12 and 24 hours light favored hastening germination, and that sowing depths of 1 to 5 cm did not interfere with germination and vigor of seedlings passion fruit.
Palavras-chave: Sementes - Melhoramento genético
Sementes - Efeito da luz
Germinação
Passiflora edulis
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RIBEIRO, Mariana Rodrigues. Tamanho da amostra, luminosidade e profundidade de semeadura na germinação de sementes de maracujazeiro azedo. 2016. 41f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8563
Data do documento: 14-Abr-2016
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo855,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.