Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8566
Tipo: Tese
Título: Sorção, dessorção, meia-vida e lixiviação do tembotrione em solos com diferentes atributos
Tembotrione sorption, desorption, half-life and leaching in soils with different in attributes
Autor(es): Faria, Autieres Teixeira
Abstract: Na agricultura contemporânea, têm-se como objetivo final maiores produtividades, alta qualidade do produto colhido e menor relação custo/benefício. Assim, os agrotóxicos são utilizados pela sua maior eficiência e menores custos em comparação a outros métodos. Mesmo com todos os benefícios atrelados ao uso dos agroquímicos, são observados na prática inúmeros efeitos adversos ao ambiente em decorrencia do uso incorreto desses compostos. Devido à dinâmica e rotatividade do mercado de agroquímicos vários compostos são lançados sem que sejam feitos estudos adequados das suas interações com o ambiente. A fim de atender às recomendações seguras dos defensivos, é de fundamental importância o estudo da sua dinâmica no ambiente. Herbicidas, aplicados em pré ou pós- emergência, podem chegar ao solo. Esses compostos são tóxicos e, se aplicados sem o conhecimento de sua interação com a matriz do solo, podem causar impacto ambiental negativo, que é influenciado pelos processos de retenção, transformação e transporte dessas moléculas no ambiente. O processo de retenção irá comandar a concentração do herbicida na solução do solo, o que poderá comprometer a sua eficiência agronômica ou até mesmo causar a perda da seletividade da cultura de interesse. Além disso, terá influência direta na meia-vida do herbicida no solo, podendo favorecer o fenômeno conhecido por carryover e a contaminação do solo e da água. Recomendado para a cultura do milho, o tembotrione é um herbicida ainda pouco estudado quanto ao seu comportamento no solo. Com esse propósito, objetivou-se neste trabalho estudar a sorção, a dessorção em laboratório, a meia-vida e a lixiviação do tembotrione em solos provenientes de diferentes regiões do Brasil. Para isso foi utilizada a cromatografia líquida de alta eficiência além de ensaios biológicos. A sorção e a dessorção do tembotrione e de seu metabólito foram determinadas por meio da plotagem de curvas cinéticas, cujas concentrações foram obtidas por cromatografia, sendo gerados os coeficientes de sorção (Kd, 1/n), bem como o índice de histerese (H) em cada solo. Em um segundo experimento, foi selecionada a espécie indicadora beterraba (Beta vulgaris) para os ensaios biológicos, os quais foram realizados para confirmação dos resultados observados por cromatografia líquida de alta eficiência. Para isso, foram construídas curvas de dose-resposta para a beterraba em solos tratados com tembotrione, calculando- se os coeficientes (C 50 ), que se referem à concentração do herbicida que reduz em 50% a massa da matéria seca da planta e determinada a razão de adsorção (RA), que indica a capacidade de adsorção do tembotrione em cada solo. Em um terceiro experimento, foi determinada a meia-vida do tembotrione por cromatografia em diferentes solos em condições de casa de vegetação. No quarto experimento, foi estudado o potencial de lixiviação do tembotrione em amostras de solo coletadas em diferentes profundidades de colunas, por meio de ensaios biológicos e cromatografia líquida. Conclui-se que a capacidade de sorver o tembotrione e o seu metabólito variam com as características químicas e físicas dos solos, havendo relação direta da sorção do tembotrione e do seu metabólito com teores de argila e de matéria orgânica e relação inversa com o pH dos solos. A dessorção do tembotrione e do seu metabólito reduzem com o aumento dos teores de argila e matéria orgânica dos solos avaliados. A beterraba (Beta vulgaris), pela sua facilidade de cultivo, alta sensibilidade e rápido crescimento inicial, foi selecionada e utilizada como espécie indicadora da presença do tembotrione na solução do solo para realização dos ensaios biológicos na comprovação dos resultados obtidos com cromatografia líquida de alta eficiência. Há risco de carryover do tembotrione em cultivos sucessivos ao milho. Esse risco é maior nos solos com maior capacidade sortiva. A meia- vida do tembotrione no solo está diretamente relacionada aos teores de argila e de matéria orgânica e inversamente ao pH. Aplicações do tembotrione em solos com altos teores de areia e com argilas de baixa atividade, com pH elevado e com baixos teores de matéria orgânica podem resultar em alto risco ambiental pela lixiviação.
In contemporary agriculture, have as ultimate goal higher yields, high quality of the product and lower cost / benefit ratio. Thus, pesticides are used for its higher efficiency and lower costs compared to other methods. Even with all the benefits related to the agrochemicals use, are observed in practice numerous adverse effects on the environment due to the incorrect these compounds use. Due to the dynamic and turnover agrochemical market various compounds are released without being made adequate their interactions studies with the environment. In order to meet the safe pesticides recommendations, it is of fundamental importance the study of dynamics in the environment. Herbicides applied pre or post-emergence, can reach the ground. These compounds are toxic and, if applied without the knowledge of its interaction with the soil matrix, can cause negative environmental impact, which is influenced by the retention processes, transformation and transport of these molecules in the environment. The retention process will lead to concentration of the herbicide in the soil solution, which could compromise its agronomic efficiency or even cause loss of selectivity of the culture of interest. You'll also have direct influence on the half-life of the herbicide in the soil that could favor the phenomenon known as carryover and soil and water contamination. Recommended for maize, the tembotrione a herbicide is still little studied as to their behavior in the soil. For this purpose, the aim of this work was to study the adsorption, desorption in laboratory, the half-life and the tembotrione in soils leaching from different regions of Brazil. For this we used high-performance liquid chromatography addition to bioassays. Sorption and desorption tembotrione, and its metabolites were determined by plotting the kinetic curves whose concentrations were obtained by chromatography being generated sorption coefficients (Kd 1 / n) and the hysteresis index (H ) in each soil. In a second experiment, it was selected indicator species beet (Beta vulgaris) for biological assays, which were performed to confirm the results observed by high-performance liquid chromatography. For this, dose-response curves were constructed for beet, in soil treated with tembotrione, calculating coefficients (C50), referring to the herbicide concentration which reduces by 50% the mass of plant dry matter is determined adsorption ratio (RA), which indicates the tembotrione adsorption capacity in each soil. In a third experiment, it was determined the tembotrione half-life by chromatography on different soils under greenhouse conditions. In the fourth experiment, we studied the tembotrione leaching potential in soil samples collected at different depths columns through biological assays and liquid chromatography. It is concluded that the ability to absorb the tembotrione and its metabolites vary with the chemical and physical characteristics of the soil, there is a direct relationship of sorption tembotrione and its metabolite with clay and organic matter and inversely related to the pH of soils. The desorption of tembotrione and its metabolite reduces with the increase of clay and organic matter in the soil assessed. The beet (Beta vulgaris), for its ease of cultivation, high sensitivity and fast initial growth, was selected and used as indicator species of tembotrione the presence in the soil solution for the realization of biological tests on evidence of the results obtained with high performance liquid chromatography efficiency. There is risk of carryover of tembotrione in successive crops to corn. This risk is greater in soils with greater sorption capacity. The half-life of tembotrione soil is directly related to clay and organic matter and inversely to pH. Applications tembotrione in soils with high sand content and low activity clays, with high pH and low organic matter content may result in high environmental risk by leaching.
Palavras-chave: Herbicidas
Solos - Movimento de herbicidas
Solos - Sorção
Solos - Dessorção
Solos - Lixiviação
Impacto Ambiental
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FARIA, Autieres Teixeira. Sorção, dessorção, meia-vida e lixiviação do tembotrione em solos com diferentes atributos. 2016. 75 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8566
Data do documento: 22-Fev-2016
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo970,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.