Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/863
Tipo: Tese
Título: Mecanismos de defesa comportamental e anatômico contra doenças e ectoparasitas em abelhas africanizadas (Apis mellifera)
Título(s) alternativo(s): Behavioural and anatomic defense mechanisms against diseases and ectoparasites in Africanized honey bees (Apis mellifera)
Autor(es): Gonçalves, Janina Carvalho
Primeiro Orientador: Message, Dejair
Primeiro coorientador: Serrão, José Eduardo
Segundo coorientador: Lopes, Maria Teresa do Rêgo
Primeiro avaliador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Segundo avaliador: Lisboa, Luciane Cristina Oliveira
Terceiro avaliador: Nero, Luís Augusto
Abstract: O presente estudo objetivou avaliar e selecionar colônias de Apis mellifera quanto à tolerância a doenças e ectoparasitas, e investigar características do proventrículo que conferem defesa contra patógenos. Colônias da microrregião de Viçosa, Minas Gerais foram analisadas quanto ao comportamento higiênico usando-se o método de perfuração e aos níveis de infestação por Varroa destructor sobre a cria e as abelhas adultas. A presença de esporos de Paenibacillus larvae subsp. larvae em amostras de mel e os sinais clínicos de doenças de cria também foram investigados. O comprimento dospêlos filiformes do proventrículo de operárias foi comparado entre castas temporais (recém-emergida, nutriz e forrageira) e entre colônias usando imagens de microscopia eletrônica de varredura. No Estado do Piauí, avaliou-se a eficiência de filtração de grãos de pólen por unidade de tempo do proventrículo de forrageiras entre colônias. Em relação ao comportamento higiênico, foi constatada correlação significativa entre os tempos de remoção da cria (24 e 48 horas) (r=0,70755; P<0,001). Aproximadamente 36% da população foi considerada higiênica (F=8,94; P<0,01). Os níveis de infestação por Varroa destructor foram 3,92±3,23% para a cria e 3,04±1,43% para as abelhas adultas. Esporos de Paenibacillus larvae subsp. larvae não foram detectados em quatorze amostras de mel compostas a partir de setenta colônias. Somente em duas colônias foram observados sinais clínicos de cria giz. Não houve correlação significativa entre o comportamento higiênico e o nível de infestação por Varroa destructor sobre a cria (r=-0,07589; P>0,05), o comportamento higiênico e o nível de infestação por Varroa destructor sobre as abelhas adultas (r=0,11133; P>0,05) e, o nível de infestação por Varroa destructor sobre a cria e as abelhas adultas (r=0,03986; P>0,05). Apenas dezenove entre setenta e sete colônias foram selecionadas considerando tanto o comportamento higiênico quanto os níveis de infestação por Varroa destructor sobre a cria e as abelhas adultas. Foi verificada diferença significativa no comprimento dos pêlos filiformes do proventrículo de operárias entre as colônias (F=6,84; P<0,0001), porém não se constatou diferença entre as castas temporais (F=0,42; P>0,05). Quanto à eficiência de filtração do proventrículo foi verificada diferença significativa entre as colônias (P<0,0001). Os resultados confirmam que o comportamento higiênico, os níveis de infestação por Varroa destructor sobre a cria e as abelhas adultas e a eficiência de filtração do proventrículo podem ser usados como caracteres desejáveis para a seleção de colônias de abelhas melíferas mais resistentes às doenças e ectoparasitas.
This study was conducted to select Apis mellifera colonies for diseases and ectoparasites tolerance and to investigate characters of proventriculus that confer protection against pathogens. Colonies in the region of Viçosa, Minas Gerais, Brazil, were evaluated for hygienic behavior using pin-killer brood and levels of infestation by Varroa destructor on brood and adults bees. The presence of Paenibacillus larvae subsp. larvae spores in honey samples and observation of clinical signs of brood diseases were also investigated. The filiform-hairs length of the workers proventriculus was compared between temporal caste (newly-emerged, nurse and forager) and among colonies by scanning electro microscopy. Colonies in State of Piauí, Brazil, were evaluated for efficiency of filtration of pollen grains per unit time by forager s proventriculus. No difference was found between pin-killer brood and freezerkiller brood methods (F=2,23; P>0,05). Significant correlation was found between the removal time of brood (24 and 48 hours) (r=0,70755; P<0,001). Hygienic behavior occurred in approximately 36% of population (F=8,94; P<0,01). The infestation levels by Varroa destructor were 3.92±3.23% on brood and 3,04±1,43% on adults bees were considered lows. No Paenibacillus larvae subsp. larvae spores were detected in fourteen samples of honey made from seventy colonies. Only in two colonies was visualized chalkbrood. No significant correlation was found between hygienic behavior and infestation levels by Varroa destructor on brood (r=-0,07589; P>0,05), hygienic behavior and levels of infestation by Varroa destructor on adults bees (r=0,11133; P>0,05) and infestation levels by Varroa destructor on brood and adults bees (r=0,03986; P>0,05). Only nineteen between seventy seven colonies were selected regarding hygienic behavior and infestation levels by Varroa destructor on brood and adults bees. Significant differences were verified for filiform-hairs length of the workers proventriculus between colonies (F=6,84; P<0,0001), but no differences were found between temporal caste (F=0,42; P>0,05). In relation the filtration efficiency of the proventriculus was verified significant difference between colonies (P<0,0001). The results confirm that hygienic behavior, infestation levels of Varroa destructor on brood/adults bees and proventriculus filtration efficiency may be used as desirable trait for breeding diseases and ectoparasites resistant honeybees.
Palavras-chave: Defesa
Comportamento higiênico
Proventrículo
Doença
Apis mellifera
Defense
Hygienic behavior
Proventriculus
Disease
Apis mellifera
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::PATOLOGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Doutorado em Entomologia
Citação: GONÇALVES, Janina Carvalho. Behavioural and anatomic defense mechanisms against diseases and ectoparasites in Africanized honey bees (Apis mellifera). 2008. 59 f. Tese (Doutorado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/863
Data do documento: 31-Jul-2008
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf708,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.