Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8785
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorCruz, Cosme Damião
dc.contributorBarros, Everaldo Gonçalves de
dc.contributor.advisorMoreira, Maurilio Alves
dc.contributor.authorSoares, Taís Cristina Bastos
dc.date.accessioned2016-10-05T19:01:16Z
dc.date.available2016-10-05T19:01:16Z
dc.date.issued2004-03-24
dc.identifier.citationSOARES, Taís Cristina Bastos. Mapeamento de locos associados ao conteúdo de proteínas de reserva em soja. 2004. 113 f. Tese (Doutorado em Bioquímica Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.pt-BR
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8785
dc.description.abstractUma população de 118 RILs (linhagens recombinantes endogâmicas) foi obtida por meio do cruzamento entre o acesso BARC-8 (com alto teor de proteína) e a variedade brasileira Garimpo (com teor de proteína normal). Na geração F 9 foram abertas linhas, que constituíram o material genético utilizado neste trabalho. Noventa e cinco dessas RILs, cultivadas em dois ambientes distintos: Viçosa, MG e São Gotardo, MG, foram analisadas para as seguintes características: teor de proteína total em sementes de soja, teor das proteínas de reserva 11S e 7S e de suas respectivas subunidades, e da relação proteína total menos proteínas de reserva (PT-(11S+7S)). Quase todas estas características apresentaram uma distribuição aproximadamente normal (P<0,01), com exceção de proteína total em Viçosa. As herdabilidades das características avaliadas foram altas nos dois locais, entretanto, na análise conjunta, as herdabilidades foram menores devido ao efeito da interação genótipo X ambiente. Amostras do DNA das 118 RILs foram amplificadas com primers microssatélites, RAPD e AFLP. Análise de associação de marcas simples, regressão múltipla e mapeamento por intervalo composto foram utilizados para detectar e mapear as regiões genômicas associadas com estas características. Foram encontrados QTLs associados ao conteúdo de proteína total (GL I, que explica 14,74% da variação desta característica), ao conteúdo da subunidade α (GL G e GL C2, que explicam em conjunto 28,83% da variação desta característica), ao conteúdo da subunidade β (GL G e dois no grupo K, que explicam em conjunto 32,62% da variação desta característica), ao conteúdo de PT-(11S+7S) (GL D1b, que explica 13,71% da variação desta característica) e ao conteúdo de 7S (GL G e GL E) que explicam em conjunto 21,86% da variação desta característica no experimento de Viçosa. No experimento de São Gotardo, foram encontrados QTLs associados ao conteúdo de proteína total (GL 3 e I, que explicam em conjunto 11,42% da variação desta característica), ao conteúdo da subunidade α’ (GL A2, que explica 10,64% da variação desta característica), ao conteúdo das subunidades ácidas (GL 3, que explica 12,06% da variação desta característica), ao conteúdo de PT-(11S+7S) (GL I, que explica 11,34% da variação desta característica) e ao conteúdo de 11S (dois QTLS em diferentes fragmentos do GL K) que explicam em conjunto 20,88% da variação desta característica. Os marcadores associados ao teor de proteína foram diferentes de um local para outro, o que indica interação entre o genótipo e o ambiente. O grupo de ligação I foi associado a QTLs para proteína total em Viçosa e em São Gotardo. Este fato sugere que os locos associados presentes neste grupo de ligação contêm regiões com genes que são expressos em diferentes ambientes.pt-BR
dc.description.abstractA 118 soybean RILs (recombinant inbreed lines) population was obtained by crossing the BARC-8 access (cultivar with high protein content) and the Brazilian variety Garimpo (with normal protein content). Lines from the F 9 generation constituted the genetic material used in this work. Ninety-five RILs cultivated in two different environments, Viçosa - MG and São Gotardo - MG, were analyzed following the characteristics: total protein content, storage protein content 11S and 7S and their respective subunits and relation of total protein minus storage proteins (PT-(11S+7S)). Almost all these characteristics presented a distribution approximately normal (P<0,001), except total protein in Viçosa. The heritability values of the characteristics were high in both places, however in a combined analysis; the heritability values were lower due to the effect of genotype x environment interaction. DNA samples of the 118 RILs were amplified with microsatellite primers, RAPD and AFLP. Analysis of association of simple markers, multiple regression and composed interval mapping were used to detect and map the genomic regions associated with these traits. QTLs (quantitative trait loci) associated with total protein content were found in GL I, that explains 14,7 % of the variation of this characteristic, with content of the a subunit in GL G and GL C2, that together explain 28,83% of the variation of this characteristic, with content of the ß subunit in GLG and two in group K, that together explain 32,62 % of the variation of this characteristic, with PT-(11S+7S) in GL D1b, that explains 13,71 % of the variation of this characteristic, and with content of 7S in GL G and GL E that together explain 21,86 % of the variation of this characteristic in the experiment conducted in Viçosa. QTLs associated with total protein content were found in the experiment conducted in São Gotardo in GL 3 and GL I, that together explain 11,42% of the variation of this characteristic, with content of the a’ subunit in GL A2, that explain 10,64 % of the variation of this characteristic, with content of acid subunits in GL 2, that explain 12,06 % of the variation of this characteristic, with PT-(11S+7S) in GL I, that explain 11,34 % of the variation of this characteristic and with the 11S content two QLTs in different GLK fragments that explain 20,88 % of the variation of this characteristic. The markers associated with protein content varied in different environment, indicating genotype and environment interaction. The linkage group I was associated with QTLs to total protein in Viçosa and São Gotardo. This suggests that total protein content loci associated with this linkage group contain regions with genes that express in different environments.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.rightsAcesso Abertopt-BR
dc.subjectQTLpt-BR
dc.subjectSojapt-BR
dc.subjectMarcadores molecularespt-BR
dc.subjectMelhoramentopt-BR
dc.subjectMicrossatélitespt-BR
dc.subjectProteínas de reservapt-BR
dc.titleMapeamento de locos associados ao conteúdo de proteínas de reserva em sojapt-BR
dc.titleMapping loci associated with storage protein content of soybeansen
dc.typeTesept-BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6580031598802359pt-BR
dc.subject.cnpqCiências Biológicaspt-BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.degree.departmentDepartamento de Bioquímica e Biologia Molecularpt-BR
dc.degree.programDoutor em Bioquímica Agrícolapt-BR
dc.degree.localViçosa - MGpt-BR
dc.degree.date2004-03-24
dc.degree.levelDoutoradopt-BR
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.