Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8810
Tipo: Dissertação
Título: Florística e estrutura horizontal da vegetação arbórea de uma ravina em um fragmento florestal no município de Viçosa - MG
Floristics and horizontal structure of the arboreus vegetation of a ravine in a forest fragment in the municipality of Viçosa - MG
Autor(es): Campos, Érica Pereira de
Abstract: Este estudo foi desenvolvido em um trecho de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Montana, no Sítio Bom Sucesso, Viçosa – MG. O objetivo deste trabalho foi conhecer a composição florística e a estrutura fitossociológica do componente arbóreo, além de tentar estabelecer relações entre o solo e a vegetação, utilizando a Análise de Correspondência Canônica – CCA. O método utilizado para a análise de estrutura da vegetação foi o de parcelas. Foram instalados dez transectos de 50 x 10m, subdivididos em 5 parcelas de 10 x 10m cada um, totalizando 50 parcelas em 5000 m 2 . Foram incluídos na amostragem todos os indivíduos arbóreos, inclusive os mortos ainda em pé, que apresentavam no mínimo 15 cm de circunferência do tronco, a 130 cm do solo (CAP). Para as análises de solo, foram escolhidas 15 parcelas, das quais foram retiradas amostras compostas em duas profundidades: 0 – 5cm e 0 – 20cm, de cada parcela. Foram identificadas 156 espécies pertencentes a 105 gêneros de 46 famílias botânicas. As famílias mais ricas foram: Leguminosae, Myrtaceae, Lauraceae, Euphorbiaceae, Rubiaceae, Meliaceae, Flacourtiaceae, Annonaceae, Moraceae, Apocynaceae. Os resultados da composição florística mostraram uma alta riqueza florística tanto em espécies e gêneros como em famílias. Foram amostrados, em 0,5 ha, 808 indivíduos arbóreos vivos e 32 mortos em pé, o que significou uma densidade total de 1680 indivíduos/ha. A área basal/hectare foi de 38,450m 2 e a altura média foi de 8,43m. Euterpe edulis foi o destaque da estrutura da vegetação estudada, com 314 indivíduos amostrados, resultando numa DR de 37,38%, FA de 90%, FR de 8,91%, DoR de 18,79%. Seus valores de cobertura (VC) e de importância (VI) foram de 28,09% e 21,70%, respectivamente. O índice de diversidade de Shannon (H’) foi de 3,52, valor considerado médio, ao passo que a equabilidade (J) igual a 0,696, foi considerada baixa, havendo maior concentração de indivíduos pertencentes a poucas espécies. Os resultados da composição florística e da estrutura fitossociológica mostraram uma alta diversidade de espécies, no entanto, a maior parte das espécies foi representada por poucos indivíduos. As análises químicas de solos mostraram a existência de parcelas sobre solos eutróficos, outras em áreas de fertilidade variando entre média e alta e parcelas sobre solos distróficos. As análises granulométricas e de umidade do solo mostraram que a textura do solo variou entre média e argilosa. Os resultados da análise de correspondência canônica (CCA) indicaram que, de acordo com o teste de permutação “Monte Carlo”, a distribuição das densidades das espécies nas parcelas não foi significativamente (p > 0,05) influenciada pelas variáveis edáficas analisadas.
This study was developed in a section of a Montane Semideciduous Seasonal Forest fragment, in the Bom Sucesso Farm, Viçosa – MG – Brazil. The objective of this work was to find out about the floristic composition and the phytosociologic structure of the arboreus component besides trying to establish relations between the soil and vegetation, using the Canonic Correspondence Analysis – CCA. The method used for the vegetation structure analysis was that of plots. Ten transects of 50x10m, subdivided into 5 plots of 10x10m each, totalling 50 plots within 5.000m 2 were established. In the sampling, all the arboreus individuals, including those dead still standing up, and with a minimum of 15cm of stem circunference at 130cm above ground (CBH) were evaluated. For the soil analysis, 15 plots were chosen and composed samples were taken at two depths: 0-5cm and 0-20cm, form each plot. A total of 156 species pertaining to 105 genera of 46 botanic families were identified. The most representative families were: Leguminosae, Myrtaceae, Lauraceae, Euphorbiaceae, Rubiaceae, Meliaceae, Flacourtiaceae, Annonaceae, Moraceae and Apocynaceae, respectively. The floristic composition results showed a great floristic richness both in species and genera and also in families. Within 0,5 ha, 808 alive arboreous individuals and 32 dead standing up individuals were sampled, which means a total density of 1.680 individuals/ha. The basal area/ hectare was of 38.450m 2 and the average height was of 8.43m The species Euterpe edulis was prominent in the structure of the studies vegetation, with 314 individuals sampled, resulting in a DR of 37.38%, a FA of 90%, a FR of 8.91%, a DoR of 18.79%. Their cover values (VC) and importance values (VI) were of 28.09% and 21.70%, respectively. The Shannon diversity index (H`) was of 3.52, which is considered a medium value, but the equability (J) of 0.696 was considered low, showing a greater number of individual of few species. The result of floristic composition and phytosociologic structure showed a high diversity of species, although most of the species were represented by few individuals. The chemical analyses of soils showed the existence of plots on eutrophic soils, and others in areas where the fertility varied between medium and high, and also plots on distrophic soils. The granulometric analysis and of soil moisture showed that the soil texture varied between medium and clayey. The results of the canonic correspondence analyses (CCA) indicated that, according to the “Monte Carlo” permutation test, the distribution of species density in the plots was not influenced significanthy (p > 0.05) by the soil variables analysed.
Palavras-chave: Vegetação arbórea - Viçosa (MG) - Composição florística
Vegetação arbórea - Viçosa (MG) – Estrutura fitossociológica
Floresta estacional semidecidual - Viçosa (MG)
Ecologia florestal
Solos
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: CAMPOS, Érica Pereira de. Florística e estrutura horizontal da vegetação arbórea de uma ravina em um fragmento florestal no município de Viçosa - MG. 2002. 61 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8810
Data do documento: 21-Mar-2002
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.