Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8815
Tipo: Dissertação
Título: Florística e fitossociologia de um trecho de Floresta Atlântica de Altitude na Fazenda da Neblina, Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, Minas Gerais
Floristic and phytosociologic structure of na strecht of highland atlantic forest in the Fazenda da Neblina, Serra do Brigadeiro State Park, Minas Gerais
Autor(es): Ribeiro, Carlos Augusto do Nascimento
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo analisar a composição da flora arbórea e a estrutura da vegetação para verificar se existem correlações com as características físicas e químicas do solo em um fragmento de Floresta Atlântica de Altitude, no Parque Estadual da Serra do Brigadeiro-MG (20o42 ́S e 42o29 ́W), a 1410m de altitude. O clima da região é do tipo Cw, segundo a classificação de Köppen. A temperatura média anual é 18oC e a precipitação média anual é 1300mm.. A listagem florística foi retirada de uma amostra fitossociológica de um hectare, sendo incluídos indivíduos arbóreos com o CAP 10cm. Foram encontradas 106 espécies, pertencentes a 75 gêneros e 40 famílias. As famílias com maior riqueza foram, respectivamente, Myrtaceae (12 espécies), Melastomataceae (11 espécies), Asteraceae (8 espécies) Lauraceae (7 espécies) e Rubiaceae (6 espécies). Os gêneros mais ricos foram Miconia, Myrcia, Psychotria, Casearia e Vernonanthura. A análise da similaridade florística mostrou que o fragmento do PESB tem baixa similaridade com as Florestas Semidecíduas, estando mais relacionadas com as Florestas Ombrófilas de Altitude de Minas Gerias. Para o trabalho fitossociológico foi amostrada uma área de um hectare sub-divida em 100 parcelas contíguas de 10x10m. Foram amostrados indivíduos arbóreos com circunferência maior igual a 10cm a altura de 1,3m do solo. Foram encontrados 3159 indivíduos vivos e 555 mortos em pé. As famílias com os maiores valores de importância foram: Myrsinaceae, Melastomataceae, Rubiaceae, Fabaceae e Cunoniaceae; e as espécies predominantes foram Myrsine coriacea, Myrsine umbellata, Lamanonia ternata, Croton floribundus e Inga sessilis. A análise do solo mostrou que este apresenta baixa fertilidade, alta acidez e alto teor de matéria orgânica, predominantemente de textura franco arenosa. A Análise de Correspondência Canônica foi significativa para os três eixos de ordenação, demonstrando que os fatores edáficos estão correlacionados com as espécies que ocorrem neste trecho de floresta.
The objective of this work was to analyse the arboreal flora composition, vegetation structure and to verify if there were correlations with the soil physical and chermical characteristics in a Highland Atlantic Forest fragment, in the Serra do Brigadeiro State Park, Minas Gerais, Brazil (20o42’ S and 42o29’ W) at 1410m altitude. The climate of the region is of the Cw type, according to the Koppen classification. The mean annual temperature is 18oC and the mean annual precipitation is 1300mm. The floristic list was taken from a phytosociologic sample of one hectare, and arboreal individuals with CBH ≥ 10cm were included. A total of 106 species, pertaining to 75 genera and to 40 families were found. The families with the greatest richness were, respectively, Myrtaceae (12 species), Melastomataceae (11 species), Asteraceae (8 species), Lauraceae (7 species) and Rubiaceae (6 species). The richest genres were Miconia, Myrcia, Psychotria, Casearia and Vernonanthura. The analysis of floristic similarity showed that the Serra do Brigadeiro State Park fragment has a low similarity with the Semideciduous Forest, being more related to the Highland Ombrophylous Forest of Minas Gerais. For the phytosociologic work an area of one hectare was divided into 100 continuous plots of 10x10m. Arboreal individuals with a circumference greater than or equal to 10cm at 1.3m of the ground level were sampled. A total of 3159 alive individuals and 555 standing dead individuals were found. The families with the greatest importance values were: Myrsinaceae, Melastomataceae, Rubiaceae, Fabaceae and Cunoniaceae, and the predominant species were Myrsine coriacea, Myrsine umbellata, Lamanonia ternata, Croton floribundus and Inga sessilis. The soil analysis showed low fertility, high acidity and high organic matter content, with a predominantly sand loam texture. The canonic correspondence analysis was significant for the three ordination axes, showing that the soil factors are correlated with the species which occur in this forest fragment.
Palavras-chave: Fitossociologia
Florística
Floresta de altitude
Parque Estadual da Serra do Brigadeiro
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RIBEIRO, Carlos Augusto do Nascimento. Florística e fitossociologia de um trecho de Floresta Atlântica de Altitude na Fazenda da Neblina, Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, Minas Gerais. 2003. 52 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8815
Data do documento: 14-Mar-2003
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.