Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8819
Tipo: Dissertação
Título: Critérios e indicadores de sustentabilidade para manejo do Cerrado
Criteria and indicators of sustainability for Cerrado management
Autor(es): Figueiredo, Maria Auxiliadora Pereira
Abstract: O presente trabalho foi realizado no município de João Pinheiro, Estado de Minas Gerais, pertencente à área nuclear do Cerrado, tendo como objetivos: testar a eficiência e a viabilidade de indicadores e verificadores florísticos e estruturais propostos por organizações como ITTO, FSC e CIFOR, na avaliação de planos de manejo de Cerrado; avaliar, por meio de indicadores e verificadores, o plano de manejo de Cerrado executado na fazenda Santa Cecília, João Pinheiro-MG, identificando alguns de seus impactos, em relação a uma área de Cerrado não-explorada; e propor uma maneira eficiente de analisar o desempenho dos planos de manejo de Cerrado em execução. A avaliação dos critérios, indicadores e verificadores foi realizada com base na análise florística e fitossociológica, tendo sido selecionadas e medidas 20 parcelas de área fixa de 1.000 m 2 (10 x 100 m) cada, totalizando 2 ha de amostra, sendo 1 ha para a área explorada em 94/95 e 1 ha para uma área ainda não-explorada. Os resultados indicaram que a exploração excedeu os limites preestabelecidos pela legislação e que a área não foi manejada, sobretudo porque não houve aplicação de tratamentos silviculturais. Os critérios e indicadores utilizados mostraram-se eficientes, para avaliação de planos de manejo de Cerrado. Os indicadores e verificadores de diversidade florística permitiram detectar diminuição na riqueza e diversidade de espécies, presença de espécies raras e ameaçadas de extinção e alterações nos grupos de uso, principalmente para o grupo das espécies madeireiras e proibidas de corte. O indicador de sanidade ambiental detectou a presença de uma espécie invasora na área manejada, e os indicadores da estrutura horizontal e diamétrica mostraram que a estrutura inicial e o estoque madeireiro não serão repostos no ciclo de corte de dez anos, demonstrando que houve uma exaus- tão do estoque comercial para o próximo ciclo de corte. Do ponto de vista social, foram constatados indícios de insustentabilidade da população de espécies frutíferas e medicinais.
This work was carried out in João Pinheiro, Minas Gerais in a Cerrado area with the following objectives: to test the efficiency and viability of floristic and structural indicators and verifiers, proposed by organizations such as ITTO, FSC and CIFOR, in evaluating Cerrado management plans; to evaluate by means of indicators and verifiers the Cerrado management plan applied at Santa Cecilia Farm in Joao Pinheiro-MG, by identifying some of its impacts on a non-explored Cerrado area; and propose an efficient method to analyse the performance of Cerrado management plans in progress. Evaluation of criteria, indicators and verifiers was carried out based on phyto sociological and floristic analysis with 20 plots of 1,000 m (10 x 100 m) of a fixed area each being selected and measured, totaling 2 ha of sample, 1 ha for the area explored in 1994/1995 and 1 ha for a not yet explored area. The results indicated that the exploration exceeded the limits pre established by law and that the area had not been managed, specially evidenced by the lack of silvicultural treatments. The criteria and indicators used were shown to be environmentally, economically, and socially efficient for evaluating Cerrado management plans. The floristic diversity indicators and verifiers allowed to detect decreased wealth and diversity of species, endangered species and changes in the use groups, especially the group of preserved wood species. The environmental sanitation indicators detected the presence of a type of weed in the managed area, while the horizontal and diametric structure indicators showed that the initial structure and wood stock will not be replaced in a 10 year cut cycle, indicating that the commercial stock was exhausted for the next cut cycle. From the social viewpoint, indications of non-sustainability of fruit and herb populations were confirmed.
Palavras-chave: Plantas dos cerrados - Conservação - Indicadores
Desenvolvimento sustentável - Brasil
Cerrados - Ecologia - Brasil
Solo - Uso - Brasil - Planejamento
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FIGUEIREDO, Maria Auxiliadora Pereira. Critérios e indicadores de sustentabilidade para manejo do Cerrado. 2003. 60 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8819
Data do documento: 28-Abr-2003
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.