Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8826
Tipo: Dissertação
Título: Estrutura e dinâmica de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual, no campus da Universidade Federal de Viçosa - Viçosa (MG)
Structure and dynamics of a Semideciduaus Seasonal Forest fragment in the campus of the Universidade Federal de Viçosa – Viçosa (MG)
Autor(es): Gasparini Junior, Alcemar José
Abstract: Este trabalho teve por objetivos, analisar a estrutura e a florística da comunidade arbórea, após um período de vinte anos e caracterizar a regeneração natural de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual, “Reserva da Biologia”, no “campus” da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG. A área de estudos encontra-se em regeneração há 77 anos, e as taxas de natalidade, mortalidade e de crescimento populacional de espécies arbóreas foram avaliadas em 1984 e em 2003. A partir da premissa de que o número de espécies secundárias tardias tende a aumentar com o tempo e as espécies pioneiras tendem a diminuir, esse trabalho procurou verificar se existiram diferenças na taxa de natalidade e mortalidade entre as espécies nos diferentes grupos funcionais. Confirmou-se que no período analisado houve diferenças na taxa de natalidade e mortalidade entre as espécies dos diferentes grupos funcionais. As quinze espécies mais abundantes no ano de 1984, que representaram a classe I de densidade (maior ou igual a 15 indivíduos por ha), foram responsáveis por 76.4% do recrutamento, contra 13.6% da classe II (maior ou igual a 5 e menor que 15 indivíduos por ha), e 5.8% da classe III (1 a 4 indivíduos por ha). Em todas as classes de densidade as espécies secundárias iniciais estiveram presentes com maiores diversidades. As classes II e III apresentaram 28 e 47 espécies, respectivamente, representadas por populações menores do que as observadas na classe I. Observou-se redução nos índices (H’) e (J’) refletindo menor heterogeneidade do componente arbóreo em 2003. O número de espécies e indivíduos aumentou em 11 e 20% respectivamente. A área basal apresentou um acréscimo de 23.5%. As espécies secundárias iniciais e tardias cresceram 27.8 e 30.5%, respectivamente, sendo verificada redução de 24.8 % no número de indivíduos do grupo das pioneiras. Tanto quanto em 1984, em 2003 amostrou-se uma área de 1ha, dividida em 100 parcelas contíguas de 10 X 10m. A partir desta amostra, 10 parcelas foram sorteadas, nas quais os indivíduos foram estratificados em quatro níveis (N) de inclusão para caracterização do estrato regenerante: N-I.- (DAP - diâmetro a altura do peito - maior ou igual 4,7cm/1000m 2 ); N-II: (DAP menor do que 4,7cm e maior do que 1,6cm/1000m 2 ); N-III: (DAP menor do que 1,6cm e altura maior do que 1,5m/250 m 2 ); N-IV: (altura menor do que 1,5m e maior do que 0,3m/62,5 m 2 ). Além de 120 mortos em pé, foram amostrados 2151 indivíduos distribuídos em 100 espécies e 36 famílias botânicas. A área basal foi de 34,359 m 2 /ha. O índice de diversidade Shannon (H’) e a equabilidade (J’) foram de 3,00 e 0,652, respectivamente. As espécies mais freqüentes foram Sorocea bonplandii, Trichilia pallida, Casearia ulmifolia, Siparuna guianensis, Protium warmingianum, Anadenanthera peregrina e Apuleia leiocarpa. As famílias com maiores números de espécies foram Leguminosae (23), Myrtaceae, Rubiaceae e Lauraceae com sete cada uma. Na estratificação da regeneração, foi observada maior riqueza em N-I e maiores diversidade e equabilidade no N-IV. A grande maioria dos indivíduos do estrato regenerante foi enquadrada no grupo funcional de secundária inicial. O 1o estrato mostrou-se heterogêneo com populações apresentando número variável de indivíduos e estes de alturas. A maioria das espécies encontradas na amostragem apresentou síndrome de dispersão zoocórica em todos os níveis de inclusão e o dossel apresentou maior uniformidade na distribuição de espécies anemocóricas e zoocóricas.
The objectives of this work were to analyse the structure and the floristics of the arboreous community, after a twenty year period and to characterize the natural regeneration of a Semideciduous Seasonal Forest Fragment, “Reserva da Biologia”, in the campu sof the Universidade Federal de Viçosa - Viçosa, (MG), Brazil. The studied area has been in a regeneration process for 77 years and the natality, mortality and populational growth rates of the arboreous species were evaluated in 1984 and 2003. Based on the premise that the number of late secondary species tend to increase were the time and that the pioneer species tend to decrease, this work attempted to verify if there were differences in the natality and mortality rates among the species in the different functional groups. It was confirmed that in the period analysed there were differences in the natality and mortality rates among species of various functional groups. The fifteen most abundant species in the year 1984, which represent Class I of density (greater than or equal to 15 individuals per ha), were responsible for 76.4% of the recruitment, against 13.6% of Class II (greater than or equal to 5 and less than 15 individuals per ha), and of 5.8% of class III (1 to 4 individuals per ha). In all of the density classes the initial secondary species were resent in greater diversities. Classes II and III included 280and 47 species, respectively, represented by smaller populations than those observed in Class I. A decrease in the (H ́) and (J`) indexes was observed reflecting less heterogeneity of the arboreous component in 2003. The number of species and individuals increased 11 and 20%, respectively. The basal area showed an increase of 23.5%. The initial and late secondary species increased 27.8 and 30.5, respectively, showing a decrease of 24.8% in the number of individuals in the pioneer group. As was made in 1984, in 2003 an area of 1ha divided in 100 contiguous plots of 10x10m was sampled. From this sample, 10 plots were randomized, in which the individuals were stratified in four inclusion levels (N) to characterize the regenerating stratum: N-I: (DBH – Diameter at breast height - greater than or equal to 4.7cm /1.000m 2 ; N-II: (DBH smaller than 4.7cm and greater than 1.6cm/1.000 m 2 ); N-III: (DBH smaller than 1.6cm and height greater than 1.5m/250 m 2 ); and N-IV: (height smaller than 1.5m and greater than 0.3m/62.5 m 2 ). Besides 120 dead standing trees, 2151 individuals distributed in 10 species and 36 botanic families were sampled. The basal area was 34.359m 2 /ha. The Shannon diversity index (H’) and the equability (J’) were 3.00 and 0.652, respectively. The most frequent species were Sorocea bonplandii, Trichikia pallida, Casearia ulmifolia, Siparuna guianensis, Protium warmingianum, Anadenanthera peregrine and Apuleia leiocarpa. The families with greater numbers of species were Leguminosae (21) and Myrtaceae, Rubiaceae and Lauraceae with seven each. In the regeneration stratification a greater richness was observed in N-I and greater diversity and equability were observed in N-IV. The great majority of the individuals of the regenerating stratum was enclosed in the initial secondary functional group. The first stratum showed to be heterogeneous having populations with a variable number of individuals and these individuals with various heights. The majority of the species found in the sampling showed a zoophilous dispersion syndrome in all the inclusion levels and the canopy showed a greater distribution uniformity of anemophilous and zoophilous dispersion.
Palavras-chave: Floresta Nativa
Dinâmica
Estrutura e dinâmica
Regeneração natural
Florística e fitossociologia
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GASPARINI JUNIOR, Alcemar José. Estrutura e dinâmica de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual, no campus da Universidade Federal de Viçosa - Viçosa (MG). 2004. 54 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8826
Data do documento: 16-Fev-2004
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo222,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.