Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8832
Tipo: Dissertação
Título: Composição florística do estrato arbóreo e estrutura de uma área de Cerradão na Floresta Nacional de Paraopeba, Minas Gerais
Floristic composition of the arboreal layer and structure of a Cerradão area in the Paraopeba National Forest, Minas Gerais
Autor(es): Souza, Priscila Bezerra de
Abstract: Este trabalho foi realizado na Floresta Nacional de Paraopeba – FLONA, município de Paraopeba, Estado de Minas Gerais, situada a 19° 16’ 19” S e 44 °24’ 06” W, com altitude que varia de 734 m (sul) a 761 m (norte). Dista 90 km de Belo Horizonte e 625 km de Brasília, pela rodovia Rio de Janeiro - Brasília (BR 040). A área da FLONA é de, aproximadamente, 200 ha, estando totalmente cercada e dividida por aceiros, que delimitam 59 talhões. O clima da região é caracterizado como subtropical úmido, com verão chuvoso e estação seca de abril a setembro. A precipitação média anual é de 1.236 mm e o déficit hídrico de 93 mm. Na área foram demarcadas 50 parcelas de 10 x 10 m, em transectos de 10 x 100 m, totalizando 5.000 m2. A amostragem total resultou em 1.251 indivíduos/ha, com um total de 78 espécies, pertencentes a 66 gêneros, representados em 35 famílias. Em termos de riqueza florística, destacaram-se Leg-Papilionoideae, Myrtaceae e Leg- Caesalpinioideae, com 12, 10 e 6 espécies, respectivamente. Vinte e duas famílias contribuíram com apenas uma espécie. O índice de diversidade de Shannon (H’) foi de 3,349 nats e a equabilidade de Pielou (J’) foi de 0,767. A área basal estimada foi de 27,72 m2/ha. Os parâmetros fitossociológicos estimados, em nível de família, mostraram a dominância da família Leguminosae na vegetação, principalmente as Caesalpinioideae e Papilionoideae, destacando-se ainda Vochysiaceae, Anacardiaceae, Apocynaceae, Myrtaceae, Annonaceae, Rubiaceae e Monimiaceae. Callisthene major alcançou o maior valor de importância e de cobertura, seguido por Cassia apoucouita, Myracrodruon urundeuva, Aspidosperma subincanum, Platypodium elegans, Rollinia sericea, Alibertia edulis, Siparuna guianensis e Myrcia rostrata. Os solos analisados mostraram-se, de modo geral, muito ácidos, sendo constatada deficiência acentuada de fósforo (P); porém, os teores de cálcio (Ca) e magnésio (Mg) foram considerados de médio a muito bom. Além disto, foram classificados como Latossolo Vermelho Eutrófico e Latossolo Vermelho Distrófico, textura média. A Análise de Correspondência Canônica foi significativa para os três eixos de ordenação, demonstrando que os fatores edáficos estão correlacionados com a composição florística.
This work was carried out in the Paraopeba National Forest – FLONA, in the municipality of Paraopeba, Minas Gerais State, Brazil, located at 19°16’19’’S 44°24’06’’W, at an altitude varying from 734m south to 761m north. It is 90 km from Belo Horizonte and 625 Km from Brasília, by the Rio de Janeiro-Brasília highway (BR 040). FLONA has an area of 200ha, and it is entirely surrounded and divided by fire prevention clearings, which limit 59 stands. The climate of the region is classified as moist subtropical, with a rainy summer and the dry season lasts from April to September. The mean annual precipitation is 1,236 mm and the hydric deficit is 93 mm. A total of 50 plots with 10 x 10 m were established in transepts of 10 x 100 m, totaling 5,000 m2. The entire sampling resulted in 1,251 individuals/ha, with a total of 78 species, belonging to 66 genera represented in 35 families. In relation to floristic richness Papilionoideae, Myrtaceae and Caesalpinioideae were outstanding, with twelve, ten and six species, respectively. Twenty-two families contributed with only one species. The Shannon (H’) diversity index computed was 3.349 nats and the Pielou (J’) equability was 0.767. The estimated basal area was 27,72m2/ha. The estimated phytosociologic parameters at family level slowed the dominance of the Leguminosae family, mainly the Leg-Caesalpinioideae and Leg-Papilionoideae subfamilies, followed by Vochysiaceae, Anacardiaceae, Apocynaceae, Myrtaceae, Annonaceae, Rubiaceae and Monimiaceae. The species Callisthene major showed the greatest importance and cover values, followed by Cassia apoucouita, Myracrodruon urundeuva, Aspidosperma subincanum, Platypodium elegans, Rollinia sericea, Alibertia edulis, Syparuna guianensis and Myrcia rostrata. The soils analyzed generally slowed to be very acid, and a great deficiency of phosphorous (P); was, observed but the calcium (Ca) and magnesium (Mg) contents were considered as medium to very good. The soils were classified as Red Latosoil Eutrophic and Dystrophic Red Latosoil, medium texture. The Canonic Correspondence Analysis was significant for the three ordination axes, slowing that the soil factors are correlated with the floristic composition.
Palavras-chave: Floresta Nacional de Paraopeba (MG) - Composição florística
Comunidades vegetais - Minas Gerais
Plantas e solo
Florestas - Minas Gerais
Cerrados - Minas Gerais
Ecologia vegetal
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOUZA, Priscila Bezerra de. Composição florística do estrato arbóreo e estrutura de uma área de Cerradão na Floresta Nacional de Paraopeba, Minas Gerais. 2004. 61 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8832
Data do documento: 16-Fev-2004
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.