Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8854
Tipo: Dissertação
Título: Bignoniaceae Durande de um fragmento florestal, em Viçosa, Zona da Mata Mineira: florística e aspectos ecológicos
Bignoniaceae Durande from a forest fragment, in Viçosa, Forest Zone of Minas Gerais State: floristics and ecologic aspects
Autor(es): Lopes, Márdel Miranda Mendes
Abstract: O presente trabalho foi realizado na Estação de Pesquisa Treinamento e Educação Ambiental Mata do Paraíso, Viçosa-MG, com os objetivos de verificar a florística e aspectos reprodutivos de espécies de Bignoniaceae, assim como avaliar a germinação, estaquia e crescimento de mudas de Tynanthus fasciculatus Miers. Para o levantamento florístico e coleta dos dados fenológicos foram realizadas excursões quinzenais de agosto/2001 a agosto/2002, semanais de setembro/2002 a agosto/2003 e a cada dez dias de setembro/2003 a agosto/2004. A identificação dos espécimes foi obtida mediante literatura específica, auxílio de especialista e consulta a herbário. Para a floração e frutificação, até cinco indivíduos de cada espécie foram marcados e acompanhados durante dois anos. Os padrões de floração foram classificados de acordo com os estabelecidos na literatura. Foram analisadas a sobreposição do período de floração entre as espécies, a correlação entre as variáveis fenológicas e climáticas e a sincronia das fenofases, em populações das espécies com três a cinco indivíduos acompanhados. Os tipos florais, síndromes de polinização e de dispersão foram caracterizados e identificados de acordo com a bibliografia especializada. A foliação também foi registrada para as espécies arbóreas. A germinação, estaquia e tendências de crescimento de mudas de T. fasciculatus foram avaliados em diferentes ensaios. Foram encontradas 33 espécies, distribuídas em 19 gêneros, sendo 27 lianas e seis árvores. Fridericia foi o gênero mais representativo, com sete espécies. Seis táxons apresentaram seu primeiro registro de ocorrência na região de Viçosa. Pelo menos duas espécies floresceram, por mês, ao longo do período de estudo; a maioria das espécies apresentou floração anual. A floração e brotação foliar de espécies arbóreas se correlacionaram positivamente com a temperatura média e a precipitação, enquanto que a frutificação apresentou correlação negativa com essas variáveis. O tipo floral e síndrome de polinização mais representativos foram Anemopaegma e melitofilia, respectivamente. A sobreposição no período de floração em espécies do mesmo tipo floral e/ou gênero foi, geralmente, baixa. O amadurecimento dos frutos e a dispersão anemocórica das sementes começaram no início da estação seca; no entanto, foi no início da estação chuvosa, que a maioria das espécies dispersou suas sementes. Das seis espécies arbóreas, quatro apresentaram caducifolia total: Cybistax antisyphilitica, Jacaranda macrantha, J. puberula e Tabebuia chrysotricha. As sementes de T. fasciculatus apresentaram tempo médio e porcentagem de germinação de 42 dias e 31,25%, respectivamente. Não houve enraizamento das estacas de T. fasciculatus, resultado provavelmente influenciado pela época de coleta das estacas. A borda da mata foi o tratamento no qual as mudas de T. fasciculatus se desenvolveram melhor, apresentando os maiores valores de comprimento e 100% de sobrevivência; somente neste tratamento, observou- se o desenvolvimento de gavinhas, nas mudas que ultrapassaram 80cm de comprimento.
The present work was carried out in the Estação de Pesquisa, Treinamento e Educação Ambiental Mata do Paraíso (Station of Research, Training and Environmental Education Mata do Paraíso), Viçosa – MG – Brazil. The objectives of this work were to verify the floristics and reproductive aspects of species of the Bignoniaceae family, as well as to evaluate the germination, rooting, and growth of seedlings of Tynanthus fasciculatus Miers. For the floristic survey and phenologic data collection one day visits every two weeks from August 2001 to August 2002, one day visits every week from September 2002 to August 2003, and every ten days from September 2003 to August 2004 were made. Specimens’ identification were obtained by means of specific references, support of an expert and herbarium consultation. For flowering and fructification, up to five individuals of each species were marked and observed during two years. The flowering patterns were classified according to criteria established in references. The superposition of the flowering period among the species, the correlation among the phenologic and climatic variables and the synchrony of the phenophases, in populations of species with three to five individuals observed were analyzed. The floral types, pollination and dispersal syndromes were characterized and identified according to specialized references. The foliation also was registered for the arboreal species. The germination, rooting and growth of seedlings of T. fasciculatus were evaluated in various essays. A total of 33 species distributed in 19 genera were found, 27 lianas and six trees. The most representative genus was Fridericia, with seven species. Six taxa showed their first registration of occurrence in the region of Viçosa. At least two species flourished per month, along the period studied and the majority of the species showed a yearly flowering. The flowering and leaf sprouting of the arboreal species correlated positively with the average temperature and with the precipitation, while the fructification showed a negative correlation with these variables. The most representative floral type and pollination syndrome were Anemopaegma and melittophily, respectively. The superposition in the flowering period in species of the same floral type and/or genus was generally low. The fruit ripening and the anemophilous dispersion of the seeds started at the beginning of the dry season. However, it was at the beginning of the raining season that the majority of the species dispersed their seeds. From the six arboreal species, four showed to be entirely decidous: Cybistax antisyphilitica, Jacaranda macrantha, J. puberula and Tabebuia chrysotricha. The seeds of T. fasciculatus showed and average time and a germination percentage of 42 days and 31,25%, respectively. There was no rooting of the cuttings of T. fasciculatus, probably due to their collecting time. The forest border was the treatment in which the seedlings of T. fasciculatus developed better and showed the greatest values of length and 100% of survival. Only in this treatment the development of tendrils was observed, in the seedlings that suppressed 80cm of length.
Palavras-chave: Bignoniaceae
Florística
Fenologia
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LOPES, Márdel Miranda Mendes. Bignoniaceae Durande de um fragmento florestal, em Viçosa, Zona da Mata Mineira: florística e aspectos ecológicos. 2005. 111 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8854
Data do documento: 8-Dez-2005
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,56 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.