Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8885
Tipo: Dissertação
Título: Florística e fitossociologia do estrato arbóreo de Floresta Atlântica interiorana, Araponga, Minas Gerais
Floristic and phytosociology of the arboreus stratum of inland Atlantic Forest, Araponga, Minas Gerais
Autor(es): Soares, Michellia Pereira
Abstract: A Serra do Brigadeiro faz parte do complexo da Mantiqueira, que, juntamente com a Serra do Mar, detêm grandes áreas dos remanescentes da Mata Atlântica. O ecoturismo é muito explorado na região por meio de trilhas. Os objetivos deste trabalho foram determinar a composição florística e estrutura de um fragmento de Floresta Atlântica interiorana e analisar a sua similaridade com outras áreas de Floresta Estacional Semidecidual Montana e Floresta Ombrófila Densa, com o intuito de classificar a tipologia florestal da área de estudo. Com os resultados obtidos e as observações realizadas durante as visitas ao local foram feitas recomendações para o uso e a conservação da trilha estudada. O presente trabalho foi realizado em uma trilha interpretativa na Pousada Serra D’Água (20o41'23.5”S e 42o29’46.7”W, 1100 m de altitude), região de entorno do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro (PESB), município de Araponga, Minas Gerais. Foram alocados 150 pontos quadrantes perfazendo uma área amostral de 0,344 ha. O critério de inclusão utilizado foi de CAP > 15 cm. O índice de diversidade (H’) obtido foi de 4,377 e a equabilidade (J’) ficou em 0,877, indicando uma alta heterogeneidade da comunidade. Os 600 indivíduos amostrados foram distribuídos em 147 espécies, 98 gêneros e 50 famílias. As famílias com maior número de espécies foram: Melastomataceae (14), Leguminosae (11), Myrtaceae (10), Rubiaceae (8), Annonaceae (7), Flacourtiaceae (7), Lauraceae (7) e Meliaceae (6). As famílias que se destacaram quanto ao valor de importância (VI) foram: Euphorbiaceae, Rubiaceae, Vochysiaceae e Melastomataceae. Das espécies amostradas, a mais importante foi Alchornea triplinervia, seguida por Callisthene minor, Sapium glandulatum, Hieronyma alchorneoides, Cariniana estrellensis e Alsophila setosa. A análise de agrupamento demonstrou que o fragmento estudado apresenta alta similaridade florística com as Florestas Estacionais Semideciduais podendo ser classificada nessa mesma tipologia. Com os resultados da composição florística e estrutura fitossociológica do local, as informações repassadas aos turistas terão além do conhecimento popular o conhecimento teórico-científico. A qualidade da visitação poderá ainda ser maximizada seguindo-se as recomendações propostas como a construção de escadas e a fixação de placas ao longo do trajeto.
The Serra do Brigadeiro is part of the Mantiqueira mountains complex that together with the Serra do Mar holds great areas of Atlantic Forest remaining. The ecologic tourism is mainly made by means of trails. The objectives of this work was to determine the floristic composition and the structure of a Semideciduous Seasonal Forest fragment and to analyse its similarity with other areas of the Semideciduous Seasonal Forest and Dense Ombrophylous Forest, to classify the forest typology of this area. With the results obtained and the observations made during the visitations recommendations were made for the use and conservation of the trail studied. This work was done in an interpretative trail at the Pousada Serra D’Água (20o41'23.5”S e 42o29’46.7”W, 1100 m de altitude), in the region around of the Serra do Brigadeiro State Park (PESB), in the municipality of Araponga, Minas Gerais. A total of 150 quarter-centered points were established summing up a sampling area of 0,344 ha. The inclusion criterion used was of CBH > 15 cm. The diversity index obtained was of 4,377 and equability was of 0,877, indicating a high heterogeneity of the community. The 600 individuals sampled were distributed into 147 species, 98 geners and 50 families. The families with the greatest number of species were: Melastomataceae (14), Leguminosae (11), Myrtaceae (10), Rubiaceae (8), Annonaceae (7), Flacourtiaceae (7), Lauraceae (7) and Meliaceae (6). The families which outstood in importance value (VI) were: Euphorbiaceae, Rubiaceae, Vochysiaceae and Melastomataceae. For the species sampled, the most important was Alchornea triplinervia, followed by Callisthene minor, Sapium glandulatum, Hieronyma alchorneoides, Cariniana estrellensis and Alsophila setosa. The cluster analysis showed that the fragment studied shows high similarity with the Semideciduous Seasonal Forests can classified into this typology. With the results of floristic composition and phytosociologic structure of the forest, the information given to the tourist will contain popular and theoretic-scientific knowledge. The quality of visitation can be improved still further if the maintenance of the trail is followed such as building ladders and manufacturing plates along the path.
Palavras-chave: Florística
Fitossosiologia
Floresta de altitude
Mata Atlântica
Similaridade florística
Serra do Brigadeiro
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOARES, Michellia Pereira. Florística e fitossociologia do estrato arbóreo de Floresta Atlântica interiorana, Araponga, Minas Gerais. 2005. 63 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8885
Data do documento: 18-Fev-2005
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.