Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8900
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento cognitivo entre escolares de Vicosa-MG, com deficit ponderal e deficit estatural
Cognitive development among students of Vicosa-MG, with weight deficit and height deficit
Autor(es): Castro, Karina Cunha Carneiro de
Abstract: A relação entre desnutrição e desenvolvimento cognitivo tem sido amplamente discutida na literatura. Estudos têm demonstrado que crianças que tenham sofrido de desnutrição apresentam atrasos em testes de Quoeficiente Intelectual (QI), dificuldades em áreas do desempenho acadêmico e alterações no comportamento social e emocional, quando comparadas a seus pares eutróficos sem história de déficits nutricionais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento cognitivo de escolares com déficit ponderal ou estatural e compará-los ao de eutróficos do município de Viçosa Minas Gerais. Foram aferidas medidas De peso e altura das crianças e elas foram divididas em três grupos, de acordo com seu estado nutricional: (15) eutrófico, (15) com déficit ponderal e (15) com déficit estatural O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio da Escala de Inteligência Weschler para Crianças - Terceira Edição (WISC III). Procurou-se também verificar a hipótese de déficit de atenção entre as crianças com déficit de peso e ou altura, utilizando-se o índice fatorial Resistência à distrabilidade do WISC III. Procurou-se também avaliar a influência da escolaridade e inteligência materna. A inteligência das mães foi aferida pelo teste Matrizes Progressivas de Raven Escala Geral. As crianças com déficit de peso tiveram desempenho inferior às crianças eutróficas para todas as medidas de QI total, verbal e de execução. Por outro lado, as crianças com déficit de estatura somente diferiram das eutróficas com relação ao QI de execução. Não foi possível comprovar a hipótese de déficit de atenção. Inteligência e escolaridade maternas tiveram coeficientes de correlação positivos e significantes com o funcionamento cognitivo infantil. Os resultados demonstram que a desnutrição ainda que não grave é capaz de provocar atrasos no desenvolvimento cognitivo. Além disso, a desnutrição aguda, definida pelo déficit ponderal, tem seus efeitos sobre o funcionamento intelectual, mais pronunciados do que a desnutrição crônica, caracterizada pelo déficit estatural, sugerindo a importância de intervenções que atuem, especialmente de forma preventiva, neste tipo de déficit.
The relation between malnutrition and cognitive development has been widely argued in literature. Studies have demonstrated that children who have suffered from malnutrition present delays in tests of Intellectual Coefficient (IQ), difficulties in areas of the academic performance and alterations in the social and emotional behavior, when compared to their eutrophyc pairs without historical malnutrition.The present studies have the goal to evaluate the cognitive development of students with weight and height deficit and compare them to their eutrophycs in the city of Viçosa - Minas Gerais. Height and weight measurements were taken from the students and the students were divided in three groups, according to their nutritional condition: (15) eutrophyc, (15) with weight deficit and (15) with height deficit. The cognitive development was evaluated through the Weschler Intelligence Scale for children - Third Edition (WISC III). We also try to verify the hypothesis of a deficit in the studentºs ability to pay attention caused by a deficit in height or weight.The Raven Progressive Matrices General Scale, measured the motherºs intelligence. The children with deficit on weight had lower IQ, worse verbal skills and worse action skills. On the other hand, the children with height deficit were only different from the eutrophyc when comparing IQ and action skills. We were not able to prove the hypothesis of deficit in attention. The motherºs intelligence and educational level had positive and significant correlation coefficients with the cognitive development of the children. The results show that malnutrition, even when itºs not in big proportions, can cause delays on the cognitive development. In addition, the acute malnutrition, defined by weight deficit, has its effects over the intellectual functioning stronger than the chronic malnutrition, which comes with height deficit, suggesting that interventions are important and need to be made especially to try to prevent other than combat the problem, in this kind of deficit.
Palavras-chave: Desenvolvimento cognitivo
Desnutrição
CNPq: Ciências Humanas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: CASTRO, Karina Cunha Carneiro de. Desenvolvimento cognitivo entre escolares de Vicosa-MG, com deficit ponderal e deficit estatural. 2004. 72f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8900
Data do documento: 25-Mar-2004
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo570,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.