Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8928
Tipo: Tese
Título: Resposta da produção agrícola aos preços no Centro-Oeste brasileiro: uma análise de econometria espacial para o período 1975-1995/1996
Agricultural supply response to prices in the Brazilian Center-West: a spatial econometric analysis for 1975-1995/1996
Autor(es): Figueiredo, Adriano Marcos Rodrigues
Abstract: A influência de uma localidade sobre os municípios vizinhos é sempre vista com interesse, pois gera uma interdependência nas regiões em estudo. Assim, necessita-se saber como a localização afeta a resposta da produção agrícola às alterações de preços ou de políticas públicas. O objetivo geral deste trabalho é determinar a importância dos efeitos e inter-relações decorrentes da localização geográfica para a resposta da produção agrícola aos preços, na região Centro-Oeste, no período de 1975-1995/1996. Especificamente, pretende-se avaliar os efeitos espaciais sobre demanda de fatores e oferta de produtos e a importância dos preços dos fatores e preços dos produtos para a resposta à produção agrícola no Centro-Oeste brasileiro. Este estudo contribui para a literatura econômica, ao conciliar um modelo de função de lucro translog com efeitos de dependência espacial nos resíduos do sistema de parcelas de lucros. A estimação baseia-se na literatura da econometria espacial, utilizando-se o método de equações aparentemente não-relacionadas com erros espacialmentecorrelacionados. Existem evidências econométricas da dependência espacial nos resíduos do modelo, confirmadas pelo teste de hipótese para os parâmetros espaciais. Ocorreram altas autocorrelações espaciais positivas nos produtos, com parâmetros espaciais sempre acima de 0,91. Isto demonstra a influência de outros fatores não incluídos no modelo, os quais afetam os resíduos, exclusivamente, pela localização. Comparando-se os resultados do modelo tradicional com o modelo espacialmente transformado, percebe-se uma diferença substancial, haja vista os resultados muito superiores estatisticamente do modelo transformado espacialmente. Ao se avaliarem as áreas de Bodoquena, Campo Grande e Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul; Cáceres e Cuiabá, no Mato Grosso; e Campo Alegre de Goiás e Rio Verde, em Goiás, tem-se substituição entre arroz, feijão e milho, e algumas complementaridades entre milho e leite. Entre os fatores, apenas óleo diesel e terra arrendada foram complementares entre si. Com exceção de Três Lagoas, as áreas selecionadas apresentaram oferta-preço elástica para milho. Políticas que visem ao aumento da produção de milho devem ser implementadas de modo que não ocorram quedas de preços, pois as quedas na produção seriam mais que proporcionais. As culturas básicas como arroz e feijão apresentaram, em geral, oferta-preço inelástica. Políticas agrícolas que pretendam aumentar a oferta de grãos devem considerar, de modo mais explícito, a questão da localização. Neste estudo, verifica-se que os produtores de cada área respondem, de modo diferente, às alterações nos preços de produtos e fatores. Os efeitos espaciais foram muito importantes, já que alteraram, de forma decisiva, as elasticidades calculadas e mostraram que todos os produtos analisados sofreram esses efeitos. Enfatiza-se estudos com cortes seccionais e dados geograficamente dispostos devem ser avaliados quanto à presença de dependência espacial.
The influence of one location over its neighbors is always seen with interest, because it creates interdependence among the studied areas. So, it is important to know how localization affects agricultural supply response to changes in prices or public policies. The main purpose of this study is to determine the importance of effects and inter-relations due to geographic localization over the supply response to agricultural prices, in the Center-West, in the period between 1975-1995/1996. Specifically, the goals are to evaluate the spatial effects in the input demand and output supply; and, to evaluate the importance of input and output prices in the Brazilian Center-West agricultural supply response. The contribution to the economic literature is to combine a translog profit function model with error spatial dependence in the profit share system. The estimation follows the spatial econometric literature, using seemingly unrelated regressions methods. There are econometric evidences of xviiispatial dependencies in the residuals, confirmed by the spatial parameters hypothesis test. There were high positive spatial autocorrelation in products, with spatial parameters always bigger than 0.91. This demonstrates an influence of other factors not included in the model, modifying the residuals only due to localization. Comparing the results from the standard model with the spatially transformed one, it’s seen a huge difference, with statistically much better results for the spatially transformed model. Evaluating areas of Bodoquena, Campo Grande and Três Lagoas in Mato Grosso do Sul, Cáceres and Cuiabá in Mato Grosso, and Campo Alegre de Goiás and Rio Verde in Goiás, there are substitution relations among rice, beans and corn, and some complementarities between corn and milk. Among factors, only diesel and rented land were complements. With exception to Três Lagoas, the selected areas showed supply price-elastic for corn. Policies looking for increases in corn production must care about price reduction, because the supply decrease would be more than proportional. Basic crops like rice and beans had, in general, inelastic supply. Agricultural policies designed to increase grain supply must have the localization problem explicitly. In the present study it is shown that the producers of each area respond differently to changes in output and input prices. The spatial effects in this study were very important, changing decisively the calculated elasticities, and showing that all analyzed products suffer from these effects. It is emphasized that cross-sectional studies with geographically disposed data must be evaluated for spatial dependence.
Palavras-chave: Desenvolvimento regional
Econometria espacial
Dualidade
Funções translog
Resposta da produção
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FIGUEIREDO, Adriano Marcos Rodrigues. Resposta da produção agrícola aos preços no Centro-Oeste brasileiro: uma análise de econometria espacial para o período 1975-1995/1996. 2002. 184 f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8928
Data do documento: 21-Fev-2002
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo562,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.