Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8932
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorGomes, Marília Fernandes Maciel
dc.contributorReis, Brício dos Santos
dc.contributor.advisorSilva Júnior, Aziz Galvão da
dc.contributor.authorSilva, Andréia de Freitas
dc.date.accessioned2016-10-25T11:27:23Z
dc.date.available2016-10-25T11:27:23Z
dc.date.issued2002-12-20
dc.identifier.citationSILVA, Andréia de Freitas. Estrutura e conduta da indústria de medicamentos fitoterápicos do Brasil. 2002. 156 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.pt-BR
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8932
dc.description.abstractO aumento da demanda pelos medicamentos fitoterápicos, o grande potencial da biodiversidade brasileira, bem como a recente aprovação da lei de patentes, aliada ao crescente interesse da indústria de medicamentos em novos nichos de mercado, concomitantemente às profundas reformulações na normatização técnica para a produção e comercialização destes medicamentos, trouxeram como conseqüência a necessidade de ajustes nas estratégias competitivas no segmento de fitoterápicos. Neste trabalho procurou-se descrever a estrutura de mercado e as principais variáveis de conduta das empresas do segmento de medicamentos elaborados à base de plantas da indústria farmacêutica brasileira. Foi objetivo, ainda, analisar a estrutura da indústria de medicamentos fitoterápicos no país (número de vendedores, diferenciação de produtos e barreiras à entrada), determinar e quantificar o tamanho deste mercado (por empresa produtora, produto de marca, planta e indicação terapêutica), identificar, qualitativamente, as principais estratégias das empresas do segmento, com destaque à variável investimento em tecnologia, no período de 1999 a 2001. A metodologia do trabalho está sustentada na teoria da organização industrial e em suas relações com a estrutura, conduta e desempenho das indústrias. Para a análise e dimensionamento do mercado a fonte de dados utilizada refere-se a informações obtidas junto ao IMS (empresa de auditoria do mercado farmacêutico), no tocante a vendas; quanto a registros, no banco de dados do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária; e quanto à prescrição, no Dicionário de Especialidades Farmacêuticas. Na identificação das principais estratégias do setor quanto aos investimentos, os dados foram coletados por meio de um censo entre as empresas produtoras de medicamentos com a aplicação de um questionário, via postal e via correio eletrônico, elaborado para tal fim. Os resultados do trabalho indicam que a referida indústria passa por um processo de ampla reestruturação de mercado. Retrata uma grande poluição neste mercado composto por produtos sem validação em termos de qualidade, eficácia e segurança no uso, sendo comercializados conjuntamente a produtos certificados, com elevado valor agregado, onde os imperativos preconizados pela legislação brasileira para este setor caracterizam-se como barreira institucional qualitativa à entrada. A pesquisa dimensiona a participação dos fitoterápicos no mercado total de medicamentos, sendo de 2,82%, em valores, e 2,87%, em unidades vendidas. Os resultados identificam um mercado concentrado, principalmente no tocante à indicação terapêutica. Apontam, ainda, a predominância da planta Ginkgo biloba como base dos produtos em comercialização. No que se refere à conduta, o segmento não se caracteriza pela verticalização da produção; as empresas que realizaram investimentos em tecnologia atuam de forma mais expressiva em fitoterápicos do que em farmoquímicos. Adotam na comercialização a estratégia de apresentação do produto junto à classe médica, sendo esta seguida pelos descontos às distribuidoras, onde as decisões de investimentos para as empresas mais tradicionais no mercado e de menor porte teriam sido norteadas pelas exigências para certificação; para as demais, pela busca por novos mercados. Os resultados evidenciam, por fim, um considerável crescimento nos níveis de investimento indicando ser este um mercado dinâmico e promissor.pt-BR
dc.description.abstractThe increase in demand for phytoterapic medicaments, the great potential of the Brazilian biodiversity, as well as the recent passing of the patents law, together with the rising interest of the medicaments industry in new market niches, concomitantly to deep reforms in the technical norms for production and commercialization of these medicaments, brought as consequence, the need of adjustments in competitive strategies in the phytoterapic segment of the country’s medicament industry. This paper tries to describe the structure of the market and the main variables of conduct of companies from the elaborated medicine, having as base plants of the Brazilian pharmaceutical industry, segment. It was, also, aimed to analyze the structure of the phytoterapic medicines industry in the country (number of salespersons, differentiation of products and entrance barriers), determine and quantify the size of this market (by producer company, brand name product, plant and therapeutic classes), identify qualitatively the principal strategies of the companies from the segment, highlighting the investment technology variable, in the period from 1999 to 2001. The methodology is based on the industrial organization theory and with its connections to the industries’ structure, conduct and performance. For analysis and measurement of the market, the source of data used refers to the information acquired at IMS (audit enterprise of the pharmaceutical market), concerning sales; for registrations there are the National Sanitary Surveillance database; and in relation to prescription, the Dictionary of Pharmaceutical Specialties. Identifying the main strategies of the sector regarding investments, the data was collected by means of a census among the medicaments producer companies with the usage of a questionnaire, sent via post office or e-mail, elaborated for it. The results of the research indicate that such industry is going through a process of complete market re-structuring. It pictures a great pollution in this market, composed by products with no validity in terms of quality, efficiency and safeness in manipulation, being commercialized concurrently with products certified, with a high aggregated price, where the Brazilian legislation demands for this segment is characterized as a qualitative institutional entrance barrier. The research dimensions the total participation of the phytoterapic in the total medicine market being of 2.82%, in terms of value, and 2.87%, in terms of sold units. The results identify a concentrated market, mainly in reference for the therapeutic classes. Also shows, the predominance of the plant Ginkgo biloba as base for the commercialized products. Regarding conduct, the segment is not characterized by the verticality of production; the companies which invested in technology act in a more significant way in phytoterapic than in drugs. They have adopted, in commercialization, the strategy to introduce the product to the physicians, followed by the discounts to the distributors, where the decisions for investments for the most traditional enterprises in the market and the ones of smaller size, were knocked down by the need for certification; and for the others, the search for new markets. The results evidence a considerable growth in investment levels, indicating a dynamic and promising market.en
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.rightsAcesso Abertopt-BR
dc.subjectIndústria farmacêutica - Aspectos econômicos - Brasilpt-BR
dc.subjectMedicamentos - Indústria - Inovação tecnológicapt-BR
dc.subjectMedicamentos - Mercadopt-BR
dc.subjectMedicamentos - Comercializaçãopt-BR
dc.subjectMedicamentos - Consumopt-BR
dc.subjectErvas - Uso terapêuticopt-BR
dc.titleEstrutura e conduta da indústria de medicamentos fitoterápicos do Brasilpt-BR
dc.titleThe structure and conduct of the phytoterapic medicine industry in Brazilen
dc.typeDissertaçãopt-BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6352406470733233pt-BR
dc.subject.cnpqCiências Sociais Aplicadaspt-BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.degree.departmentDepartamento de Economiapt-BR
dc.degree.programMestre em Economia Aplicadapt-BR
dc.degree.localViçosa - MGpt-BR
dc.degree.date2002-12-20
dc.degree.levelMestradopt-BR
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.