Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8939
Tipo: Tese
Título: Retornos e riscos na comercialização de milho no estado do Paraná: uma aplicação do modelo Value-at-Risk
Marketing returns and risks for corn in the state of Paraná, Brazil: an application of Value-at-Risk
Autor(es): Leismann, Edison Luiz
Abstract: A fase de comercialização é a última e uma das mais importantes da produção. Desta forma, esta pesquisa procura examinar os riscos de mercado e os retornos envolvidos na comercialização de milho pelos produtores e empresas de comercialização no Estado do Paraná. O objetivo é avaliar o perfil de risco e retornos das principais estratégias de comercialização utilizadas. Assim, as análises são realizadas separadamente, primeiro envolvendo os produtores agrícolas e depois as empresas de comercialização (cooperativas e cerealistas). O ano foi dividido em 52 semanas e foram feitas análises dos retornos obtidos a partir das safras de inverno e verão do período de 1994 a 2001. As análises de risco foram realizadas através do modelo VaR (Value-at-Risk) através dos métodos Delta Normal, Simulação Histórica e Simulação de Monte Carlo. Os retornos foram ponderados pelo risco através do Índice de Sharpe modificado, o IS 2 , em que os retornos livres de risco são ponderados pelo VaR, assumindo-se assim um índice de retornos probabilístico. Os resultados mostraram a inviabilidade da estocagem pelos produtores, principalmente quando os retornos foram ponderados pelos riscos envolvidos. Assim, os produtores, ao venderem o milho no período de safra, em média, estão obtendo resultados mais favoráveis do que quando estocam para vender em data futura. Quanto aos agentes de comercialização, a estratégia de estocagem também mostrou-se inviável, assim como os resultados obtidos pelos produtores. Quanto à estratégia de Venda a Descoberto (VD), a mesma apresenta-se favorável quando analisada somente a partir dos retornos. Assim, a estratégia de VD é preferível à estocagem. No entanto, ao ponderar esses resultados pelo risco, os mesmos mostram-se menos que proporcionais, em média. Considerando-se como viável somente os IS 2 superiores a um, mostra-se superior a estratégia de Compra e Venda Simultânea (CVS). As análises de risco através do VaR evidenciaram riscos mais elevados a partir das safras de inverno do que a partir das safras de verão. Também, os riscos da estocagem são superiores aos riscos da VD. Os modelos de avaliação de riscos mostraram ser uma alternativa de instrumento de informação para a tomada de decisão empresarial na comercialização de milho e a metodologia aplicada pode ser facilmente adaptada para outros produtos agrícolas. Ressalta-se que, tendo em vista que utilizou-se dados do período pós-estabilização (Plano Real), com o passar do tempo e a existência de maior número de observações, esses modelos tendem a melhorar sua performance na identificação dos riscos.
Marketing is the last and the most important part of any agricultural system. So this research evaluates both risks and returns in corn marketing for farmers and marketing intermediaries (coops and grain elevators) in the State of Paraná, Brazil. The marketing strategies analyzed in this research are the most adopted ones in the State of Paraná. The analysis is carried out into two steps, the first involving only farmers’ strategies and the second on intermediaries’ strategies. Moreover, every year was divided into 52 weeks, and there were also carried out separate analyses for Winter and Summer. Risk analyses were done by means of Value-at-Risk (VaR) procedures following three empirical approaches: Normal Delta, Historical Simulation and Monte Carlo Simulation. The returns were weighted by risk through a modified version of Sharpe Index, where the VaR estimates were used as measures of risk. The results suggested that storage is not profitable for farmers, especially for risk-free returns. So for farmers it is better to sell their corn just after harvesting. Storage was not profitable for marketing intermediaries as well. On the other hand, the short selling strategy presents larger returns and lower risk than storage. But when the risk factor is included in the analysis, one can verify that the returns do not compensate the risk in all strategies, with the exception of the simultaneous buying and sale (SBS) strategy. Moreover, the analyses suggest that the market risk is higher during the Summer season than during the Winter season. A major limitation of this study was the usage of short time series, what was done to avoid the period previous to the Real Plan (1994). In the future, this limitation can be removed and the accuracy of the estimations can be improved. Finally, this application showed that the risk measures adopted in this study can be used as managerial tools for corn trades and for traders of other products as well.
Palavras-chave: Modelo VaR
Retornos
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LEISMANN, Edison Luiz. Retornos e riscos na comercialização de milho no estado do Paraná: uma aplicação do modelo Value-at-Risk. 2002. 156 f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8939
Data do documento: 10-Jul-2002
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.