Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8952
Tipo: Tese
Título: Implicações da violação da hipótese da ergodicidade nos modelos econométricos
The implications of the violation of the ergodicity hypothesis on econometric modelling
Autor(es): Godinho, Marcos Teixeira
Abstract: A teoria econômica, desde a sua origem, sempre aceitou que as economias estão em equilíbrio, e, quando não, existem forças internas aos sistemas que as levarão para o equilíbrio. Outro pressuposto aceito, sem uma investigação rigorosa, é o de linearidade. Dessa forma, todos os fenômenos econômicos são, sob certas condições, previsíveis. Estas certas condições são: o futuro segue uma distribuição de probabilidade que começou no passado e irá seguir seu curso no futuro; e o tempo não exerce qualquer influência nas variáveis econômicas. A teoria econômica aceita como verdadeiro que o mundo real é ergódico, i.e., ele segue o seu curso em conformidade com um processo estocástico; de acordo com o qual é possível inferir os diferentes estados em que o sistema estará. Em outras palavras, se as condições iniciais do sistema forem conhecidas, bem como as suas leis de movimento, todos os estados futuros do sistema serão conhecidos, assim como o passado o é. Este trabalho prova que as evidências teóricas levam a rejeitar a hipótese da ergodicidade. Os impactos sobre a teoria econômica são muitos, principalmente nas construções dos modelos econométricos.
The economic theory, since its beginning, take for granted the concept of equilibrium. And when a economy is not in equilibrium there is internal forces that lead it to the equilibrium point. Another assumption accept without a rigorous investigation is of linearity. Hence, all economic events are, under certain conditions, predictable. These certain conditions are twofold. The former is the acceptance that the future always follows a stable probability distribuition Outro pressuposto aceito, sem uma investigação rigorosa, é o de linearidade; and the latter is that the time does not any influence on the economic variables. In another words the economic theory accept without a prove the the real world is ergodic, i.e., all economic events are realizations of a stochastic process, therefore it is possible to predict all future states of the sistem kwoning only its initial conditions and its laws of movement. This dissertation proves that the real world is not ergodic and hence the impact on the economic theory are many, especially regarding the econometrics modelling.
Palavras-chave: Probabilidade
Variáveis econômicas
Modelos econométricos
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GODINHO, Marcos Teixeira. Implicações da violação da hipótese da ergodicidade nos modelos econométricos. 2002. 83 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8952
Data do documento: 21-Fev-2002
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo310,32 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.