Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9019
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação econômica do programa de erradicação da febre aftosa no Brasil
Economical evaluation of foot and mouth disease program in Brazil
Autor(es): Müller, Carlos André da Silva
Abstract: O Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa foi implantado em 1992, com vistas em erradicar essa doença do Brasil. Os benefícios diretos foram evitar perdas produtivas, registrada principalmente na bovinocultura, e retirar barreiras sanitárias que impactavam, diretamente, as exportações de produtos de origem pecuária, em especial, a carne bovina in natura. Com o propósito de identificar a viabilidade do Programa, medir riscos inerentes a esse processo e identificar o rumo desta política pública, foi realizada a análise custo-benefício econômica, utilizando o software @risk, versão 3.5. Observou-se, no caso brasileiro, que os benefícios de perdas produtivas evitadas na bovinocultura de corte e leiteira e na suinocultura não pagam a erradicação da febre aftosa, o que faz com que as exportações de carne bovina in natura sejam variáveis que determinam a viabilidade do Programa. Portanto, verificou-se que a erradicação da febre aftosa foi viável em quatro dos cinco cenários-erradicação propostos neste trabalho. A análise de sensibilidade ratifica a importância das variáveis de exportação para o resultado final do Programa. No entanto, à medida que o cenário se tornava menos otimista, a busca pela eficiência dos custos do Programa tornava-se essencial, quando comparada às variáveis de exportação. De acordo com o registro do modelo, o atraso na suspensão da vacinação reduzia, significativamente, o resultado final do Programa, e o atraso no acesso ao Pacific Rim ou a variação da cota cedida por esse mercado pouco o impactavam. Na simulação Latin Hypercube verificou-se que, nos três cenários mais otimistas, não havia riscos inerentes ao processo de erradicação; no Cenário 4, no qual se previu elevada queda na demanda mundial de carne bovina in natura, esse risco era baixo; por fim, no cenário menos otimista, o risco era alto. Concluiu-se que a implementação do Programa apresentou benefícios expressivos e de baixo risco, razão de ser aconselhável a manutenção deste. Contudo, problemas relativos à efetivação do Programa nos Circuitos Pecuários Norte e Nordeste devem ser equacionados, para que os benefícios econômicos sejam apropriados de forma sustentável, no longo prazo.
The National Program of Foot and Mouth Disease's Eradication was implanted in 1992 with the purpose of eliminate that disease from Brazil. The direct benefits intended went to avoid the productive losses, mainly, for the bovine livestock and to remove sanitary barriers that impact directly the products' exportation from cattle origin, especially, the in natura bovine meat. With the purpose of identifying the viability of the Program, measuring risks inherent to that process, as well as identifying the direction in which such a public politics is taking, the economical cost-benefit analysis was accomplished with the use of the software @risk, version 3.5. It was observed, in the brazilian case, that the benefits for productive losses avoided in the bovine meat, pig meat and dairy systems don't pay the foot and mouth disease eradication, turning the in natura bovine meat exportation as the variable that determine the viability of the Program. Therefore, it was identified that the foot and mouth disease eradication is viable in four of five scenery-eradication proposed by that work. The sensibility analysis ratifies the importance of the export variables for the result of the Program. However, as the scenery becomes less optimistic, the search for the cost-efficiency is turning more important when compared to the export variables. In agreement with the model, the delay in the suspension of the vaccination reduces the result of the Program significantly, as well as the delay in the access to Pacific Rim or the variation of the quota in that market has a little impact in the same. In the Latin Hypercube simulation, it was verified that in the three more optimistic sceneries, the risks doesn't exist in eradication process. In the Scenery 4, where high fall was foreseen in in natura bovine meat world demand, the risk is low and, finally, in the less optimistic scenery, the risk is high. The conclusion is that the benefits of the implementation of the Program are high, and de risk is low, being advisable the maintenance of this. However, problems of the Program in the North Cattle Circuits and Northeast should be resolved if the maintainable economic benefits are appropriate in a long term.
Palavras-chave: Febre Aftosa
Barreiras sanitárias
Carne bovina
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MÜLLER, Carlos André da Silva. Avaliação econômica do programa de erradicação da febre aftosa no Brasil. 2004. 113 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9019
Data do documento: 3-Dez-2004
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo648,46 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.