Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/911
Tipo: Tese
Título: Produção de rainhas em espécies de abelhas sem ferrão com células de cria dispostas em cacho (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)
Título(s) alternativo(s): Queen production in stingless bees species with clustered brood cells (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)
Autor(es): Teixeira, Lila Vianna
Primeiro Orientador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Primeiro coorientador: Tavares, Mara Garcia
Primeiro avaliador: Mucci, Georgina Maria de Faria
Segundo avaliador: Serrão, José Eduardo
Terceiro avaliador: Siqueira, Maria Augusta Lima
Quarto avaliador: Lopes, Denilce Meneses
Abstract: Entre os Meliponini cuja determinação de castas é exclusivamente trófica existem dois processos de formação de células reais. No primeiro deles são construídas células reais maiores que as células que originam operárias e que contém todo o alimento que a larva irá consumir durante seu desenvolvimento. No segundo, as células reais são formadas a partir de uma célula inicial do tamanho de células de operárias cuja larva consome o alimento de sua própria célula e de uma célula vizinha. Esse último processo foi encontrado em espécies com células de cria dispostas em cacho e possibilita que rainhas sejam produzidas em colônias órfãs. O objetivo deste trabalho foi estudar os processos de produção de rainhas nas espécies Frieseomelitta silvestrii, Leurotrigona muelleri e Austroplebeia australis. A formação de células reais foi acompanhada em colônias experimentais destas espécies, com e sem rainhas. Nas três espécies houve formação de células reais tanto em colônias com rainhas fisogástricas quanto em colônias órfãs. As células reais surgiram a partir de uma célula do tamanho de célula que origina operária e as rainhas surgiram a partir de larvas que consumiram o alimento contido em duas células. Em F. silvestrii a segunda célula envolvida no processo de formação de células reais é uma célula auxiliar. Em L. muelleri as duas células envolvidas são células de cria e aparentemente iguais. Em A. australis a segunda célula envolvida na formação de células reais pode ser uma célula de cria semelhante à inicial ou uma célula maior que uma célula que origina operárias. Em todas as espécies com células de cria dispostas em cacho estudadas até o momento, e apenas nessas espécies, a formação de células reais ocorre a partir de duas outras células. Esse processo, de alguma forma, está associado a este arranjo de células de cria. Conclui-se que a produção de rainhas nos Meliponini com células de cria dispostas em cacho ocorre por um processo diferente do apresentado pelas espécies com células de cria em favo.
Among Meliponini with exclusively trophic caste determination there are two processes of royal cells formation. In the first of them royal cells are constructed bigger than regular brood cells and containing all the food larvae will consume during development. In the second one, royal cells are formed from an inicial cell with the same size as a worker cell whose larva consumes its own and a neighboring cell food supply. This last process was found in species with clustered brood cells and through this same process gyne production in queenless colonies is possible. The aim of this work was to study the gyne production processes in Frieseomelitta silvestrii, Leurotrigona muelleri e Austroplebeia australis. Royal cells formation was accompanied in all experimental colonies, queenright and queenless. In all three species there was royal cells formation in queenright and queenless colonies from inicial cells with the same size as worker cells and gynes developed from larvae that had consumed food from two cells. In F. silvestrii the second cell involved in a royal cell formation process is an auxiliary cell. In L. muelleri both cells involved are apparently equal brood cells. In A. australis second cell involved in royal cell formation can be a brood cell similar to the initial one or a cell bigger than those that originate workers. In all species with clustered brood cells studied by now, and only on these species, royal cell formation occurs from two other cells. This process is somehow associated to this brood cell arrangement. In conclusion, queen production in Meliponini with clustered brood cells occurs by a different process than that presented by species with brood cells in combs.
Palavras-chave: Abelhas sem ferrão
Produção de rainha
Castas
Stingless bees
Production queen
Varieties
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Doutorado em Entomologia
Citação: TEIXEIRA, Lila Vianna. Queen production in stingless bees species with clustered brood cells (Hymenoptera, Apidae, Meliponini). 2012. 47 f. Tese (Doutorado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/911
Data do documento: 31-Out-2012
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.