Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9157
Tipo: Dissertação
Título: Condicionantes do consumo de leite orgânico em Minas Gerais
Conditions for the consume of organic milk in Minas Gerais
Autor(es): Brandão, Ive França
Abstract: O consumidor tem procurado, cada vez mais, por qualidade de vida, principalmente, no que tange à alimentação. Isso pode ser percebido pelo crescente aumento no consumo de produtos orgânicos em todo o mundo. O leite orgânico é um produto de alta qualidade o qual tem sido valorizado pelo consumidor. Porém, muito pouco se sabe sobre o perfil do consumidor de produtos orgânicos, menos ainda, sobre o perfil do consumidor de leite orgânico. De modo geral, esse trabalho identificou os fatores que determinam o consumo de leite orgânico em Minas Gerais. Mais precisamente, identificou-se o perfil do consumidor de leite orgânico, seus aspectos econômicos e averiguou-se o quanto o consumidor está disposto a pagar por esse produto. O trabalho foi baseado na teoria do consumidor e foram utilizados dois modelos econométicos: o modelo Logit para explicar as chances do consumidor de leite comprar o leite orgânico e um modelo de regressão linear para estimar o preço que o consumidor está disposto a pagar pelo leite orgânico. Os dados foram coletados através de aplicação de questionários onde se identificou os atributos dos consumidores e sua disposição a pagar pelo leite orgânico. Nesta pesquisa, constatou-se que a maioria dos consumidores de leite já ouviram falar em produtos orgânicos, porém, ainda existem muitas dúvidas a respeito. O consumo por produtos orgânicos foi de 56,5% entre todos os entrevistados, sendo, o mais consumido, as hortaliças. Já o leite orgânico é muito pouco conhecido, pois, 80,2% dos entrevistados nunca ouviram falar em leite orgânico e, apenas, 5% já compram o leite orgânico. Esses consumidores que já ouviram falar em leite orgânico tiveram a informação, principalmente, através dos veículos da mídia, através de fazendas ou no próprio supermercado e, outros, ficaram sabendo por amigos e familiares. O local de consumo do leite orgânico foi, principalmente, direto da fazenda e nos supermercados. Daqueles que já consumiram o leite orgânico, poucos consomem com freqüência. Isso ocorre devido à dificuldade em encontrar o produto aliado ao alto preço. A maioria dos consumidores de leite orgânico, em Minas Gerais possuem renda superior a R$4.500,00, com curso superior, do sexo masculino, são casados e com idade entre 45 a 60 anos. A renda familiar e o sexo mostraram-se como variáveis influentes na decisão de comprar o leite orgânico. Já quanto à disposição a pagar, o consumidor está disposto a pagar mais pelo leite orgânico do que pelo leite comum, sendo, a renda, o preço pago pelo leite tradicional, o número de moradores, se a pessoa compra leite para consumo próprio ou não, o sexo e se já ouviu falar em leite orgânico os principais fatores que influenciam na disposição a pagar. O preço médio em que os entrevistados estavam dispostos à pagar pelo leite orgânico foi de R$1,72, porém, os valores de venda nos supermercados é muito superior a esse valor havendo um baixo índice de demanda devido ao alto preço aliado à falta de conhecimento sobre a existência do produto. Portanto, de acordo com os resultados, pode-se perceber que o leite orgânico possui um grande potencial no mercado, porém, é muito pouco conhecido. Assim, é necessário que o consumidor conheça o leite orgânico e suas características. Para isso, é necessária uma grande divulgação salientando seus benefícios.
The consumer is looking, more and more, for life’s quality, mainly, with respect to nourishment. It can be seen by the growing increase of consumption of organic product in the entire world. The organic milk is a product with high quality that has been valuated by the consumer. However, the profile of the consumer of organic food is not known. In a general way, this work aimed to identify the factors that determinate the consumption of organic milk in Minas Gerais. Precisely, were identified the profile of the consumer of organic milk, yours economics aspects and investigated how much the consumer is willing to pay for that product. This work is based on the Theory of Consumer and was used two econometrics models, the Logit model to explain the consumer’s chances to buy organic milk and the Least Squares Method to estimate the price that the consumer is willing to pay for organic milk. The data was collected by the application of questionnaire where were identified the consumer’s attributes and how much them are willing to pay for organic milk. In this survey, established that most of the consumer of milk already heard about organic products, however, a lot of doubt still exists about it. The consumer for products was 56,5% among all interviewed and, vegetables are the most consumed. The organic milk is very less known, as 80,2% of interviewed never heard about it and only 5% already bought organic milk. Those consumers that already heard about organic milk had this information from media, farmers, supermarket and from friends and family. The organic milk consumer’s local was, mainly, direct from the farm and supermarket. From those that already bought organic milk, just a few often consume this product. This happens because it is not easy to find this product and, also, for the high price. Most of consumer of organic milk at Minas Gerais, receive more than R$ 4500,00, are graduated, male, married and age between 45 to 60 years. The family income and sex showed as an influential variable on a decision to buy organic milk. The consumer is willing to pay more for organic milk than for the traditional milk., being the income, the price paid for traditional milk, the residents number, if the person that buy milk for consume or not, the sex and if the consumer of milk heard about organic milk, the mainly factors that have influence to be willing to pay. The average price that consumers are willing to pay for organic milk were R$ 1,72, but the sale value at the supermarket is higher, having a low index of demand because of the high price allied to the ignorance about the product existence. Therefore, in agreement with the results, we can understand that the organic milk has a grate potential at the market, however, is not much known. Then, it is necessary that the consumer get known about the organic milk and its characteristics. To that, is necessary a marketing efforts about its benefits.
Palavras-chave: Comportamento do consumidor
Consumidores - Atitudes
Pesquisa de mercado
Leite - Consumo
Agricultura orgânica
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BRANDÃO, Ive França. Condicionantes do consumo de leite orgânico em Minas Gerais. 2005. 74 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9157
Data do documento: 9-Dez-2005
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo366,15 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.