Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9173
Tipo: Dissertação
Título: Gestão financeira e suas implicações na saúde, na família e no trabalho de um grupo de servidores institucionais
Consumers management practices and personal expenses and their implications: a case study
Autor(es): Enes, Claudia Maciel
Abstract: Este estudo buscou analisar as práticas de gestão financeira adotadas por um grupo de servidores da Universidade Federal de Ouro Preto, bem como analisar as interferências de tais práticas nas relações familiares, no trabalho e na saúde desses funcionários. O estudo abordou assuntos que descrevem a importância do controle orçamentário, demonstrando a interferência desses na vida das pessoas. A metodologia utilizada foi a quantitativa-qualitativa, exploratória e descritiva, tendo como ferramentas de referência a técnica de entrevista com roteiro semiestruturado e o Programa R Core Team (2015), para análise de dados. Foram entrevistados 33 homens e 40 mulheres, sendo a maioria delas casadas, com idade mediana de 37 anos e especialização como nível de escolaridade predominante. Possuíam residência própria e plano de saúde, e o salário que recebiam da instituição era a única fonte de renda. Com relação à renda familiar, identificou-se que a maioria se encontrava na faixa de R$3.000,00 a R$10.000,00, destacando-se a existência de maior número de mulheres nessa faixa salarial. Verificou-se que os servidores em geral realizavam o controle dos gastos financeiros, e seus planos de compras eram feitos no médio prazo, ou seja, de três a 10 anos. Com relação às ferramentas de controle utilizadas por eles, constatou-se a prevalência do uso de planilhas eletrônicas e cadernos de anotações. Em relação às prioridades de gastos, alimentação e saúde sobressaíram. Conclui-se que os servidores realizavam práticas de gestão e controle de suas finanças e, sobretudo, que essas práticas tinham ligação e impactos diretos nas suas relações familiares, no trabalho e na saúde. Ressalta-se, assim, a importância da implantação de programas de educação financeira dentro do ambiente de trabalho como forma de aperfeiçoamento, apresentando-se como relevante no que diz respeito à maximização da riqueza pessoal.
The objectives of this study were to assess the financial management practices adopted by a group of public employees at the Federal University of Ouro Preto, as well as to evaluate the interferences of such practices in family relationships, in their health and at work. The study addressed subjects that describe the importance of budget control, showing their interference in these people's lives. The methodology used was quantitative-qualitative, exploratory and descriptive, and the reference tools were the interview with a semi-structured script and the software R Core Team (2015) for data collection and analysis. A total of 33 men and 40 women have been interviewed; most of them are married, with median age of 37 years and have specialization as the predominant level of education. They own their homes and have health insurance, and the payment they receive from the institution is their only income source. With respect to family income, most of them are in the range of R$ 3,000.00 to R$ 10,000.00, where we highlight a greater number of women. In general, the employees have control of their financial expenses and long-term purchase plans, i.e., between 3 and 10 years. Regarding the control tools they use, there is prevalence of spreadsheets and notepads. As for spending priorities, food and health are the most relevant. In conclusion, the employees adopted financial management and control practices which are mostly linked to and have direct impact in family relationships, work and health. Therefore, we highlight the importance of implementing financial education programs within the work environment as an improvement, given its relevance to the maximization of personal wealth.
Palavras-chave: Administração financeira
Orçamento financeiro
Família
Trabalho
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ENES, Claudia Maciel. Gestão financeira e suas implicações na saúde, na família e no trabalho de um grupo de servidores institucionais. 2016. 68f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9173
Data do documento: 19-Mai-2016
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo507,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.