Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9246
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação das propriedades físicas e mecânicas de compósitos plástico-madeira fabricados por termo-compressão, com partículas de Eucalipto, Polietileno tereftalato (PET) e poliestireno (PS)
Valuation physical and mechanical properties of composites plastic-wood by term-compression, with particle of Eucalipto, polystyrene (PS) and polyethylene tereftalato (PET)
Autor(es): Costa, Dione Marcos Lima
Abstract: O aumento da quantidade de resíduos sólidos produzidos nos grandes centros urbanos, particularmente aqueles derivados das indústrias de plástico, tem despertado a atenção e motivado os pesquisadores a buscar soluções, visando o seu aproveitamento para a geração de novos produtos. Hoje, a tecnologia de gerenciamento de resíduos, com enfoque na geração de novos produtos, é uma tendência mundial. Um dos materiais com grande potencialidade para ser associado à madeira, com vista à produção de painéis compostos, são o polietileno tereftalato (PET) e poliestireno (PS). Esse produto, já utilizado no exterior, tem sua importância como uma grande alternativa para a utilização de materiais reciclados a partir de resíduos de plástico, madeireiros e agrícolas. Foram produzidas e avaliadas as propriedades físicas e mecânicas de chapas compostas de partículas de madeira de E. grandis, PET e PS. O experimento foi instalado num delinamento inteiramente casualizado com 14 tratamentos e 2 repetições. Vinte e oito chapas foram produzidas com dois tipos de plásticos (PS e PET), uma espécie de madeira (E. grandis) e um nível de adesivo (8%). Os resultados obtidos foram comparados com o mínimo exigido pela norma comercial ANSI/A (1993) e analisados por Análise de covariância e de regressão. Os valores experimentais das propriedades mecânicas demonstram que as chapas mais resistentes foram aquelas fabricadas com 50% de PS aditivado (T4) e 25% de PS sem aditivo (T5). Quanto às propriedades físicas, as chapas com maior estabilidade dimensional foram aquelas fabricadas com 50% de PS e aditivo ou não (T4 e T6). A adição de PS em solução não afeta a estabilidade dimensional das chapas. A análise dos tratamentos por regressão indicou que a inclusão do PET e PS permitiu a produção de chapas com maior estabilidade dimensional, por causa dentre outros fatores, da característica hidrofóbica dos plásticos. Em contrapartida, a inclusão do PET e PS diminuiu a resistência mecânica das chapas, devido principalmente, à baixa quantidade de aditivo utilizado e a falta de uniformidade na geometria das partículas.
The increase amount of solid residues produced in the great urban centers, particularly those produced by the plastic industries, has called the attention of the researchers and motivated them to find solutions aiming the use of solid residues in a way that allows new products to be made out of it. Today, the residues management technology, emphasizing the making of new products, is a world-wide trend. One of the materials, with great potentiality, that can be associated with the wood aiming the production of composites panels, is by polyethylene tereftalato (PET) and polystyrene (PS). This product, already used in other countries, has its importance as a great alternative for the use of recycled materials from plastic residues, lumber and agriculturists. Particleboards were fabricated with Eucalyptus grandis particles, and particles of PS and PET. The experiment was installed in a completely randomized design with 14 treatments and 2 repetitions. Twenty-eight boards were produced with two types of plastics, a wood specie (Eucalyptus grandis) and 8% of ureia-formaldehyde. Board properties were compared with the minimum values established in the commercial standard ANSI/A (1993) and analyzed by Analysis of covariance and regression. The most resistant board were those manufactured with 50% of additive PS (T4) and 25% of PS without additive (T5). Boards with major stability dimension were those manufactured with 50% of PS particles. Addition of PS solution did not affect the dimension stability of those boards. Regression analysis indicated that adding of PET or PS allowed the production of boards with the best dimension stability, because plastics are no hygroscopic. However, adding PET and PS, lowered the mechanical resistance of the boards.
Palavras-chave: Propriedades Físicas e Mecânicas
Partículas de Eucalipto
Compósitos Plástico-Madeira
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: COSTA, Dione Marcos Lima. Avaliação das propriedades físicas e mecânicas de compósitos plástico-madeira fabricados por termo-compressão, com partículas de Eucalipto, Polietileno tereftalato (PET) e poliestireno (PS). 2003. 46f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9246
Data do documento: 28-Ago-2003
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo278,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.