Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9258
Tipo: Dissertação
Título: Paternidades em construção: demandas de guarda de filho(a)s em processos judiciais
Paternities under construction: searchings on children’s protection with judicial proceedings
Autor(es): Queiroz, Liliane Ferreira
Abstract: A partir da análise de processos judiciais onde homens separados obtiveram a posse e guarda dos filhos, essa pesquisa pretendeu identificar as diferentes percepções em torno de paternidade e como a categoria família foi representada no campo jurídico. Elegemos o “estudo etnográfico” como método de análise dos grupos familiares através da leitura de nove processos que tramitaram na comarca de Ubá, entre os anos de 1999 e 2002, tomando como critério a permanência dos filhos sob a guarda do pai. O material elaborado nos estudos de caso realizados pela psicóloga judicial, em cada processo, se colocou também como fonte de dados. O referencial teórico trouxe da Psicanálise o conceito e determinantes da “função paterna”, em diálogo com os estudos de Antropologia referentes à construção social de gênero. Os homens estabeleceram relações de maior proximidade com os filhos, se comparadas àquelas mantidas em relação ao próprio pai, mostrando-se satisfeitos e recompensados diante dessa convivência. Tal construção se aproximou daquilo que vários autores denominaram de “novo pai”, ao passo que o exercício da masculinidade permanecia ligado ao modelo dito tradicional. Ou seja, esses homens vivenciaram lugares nitidamente marcados frente à masculinidade, ao mesmo tempo em que construíram uma paternidade diferenciada daquela exercida por seus pais, mobilizando qualidades e atributos considerados femininos em nossa sociedade.
From the analysis of judicial proceedings in which divorced men got children’s protection, this research aspired to identify different perceptions on paternity and how the category family was represented on judicial scope. The “ethnographic study” was the chosen method to analyses familiar groups, by the reading of nine proceedings that passed by legal channels at Ubá’s district between 1999 and 2002, having as critery children’s permanence on father’s protection. The resulting materials of case studies accomplished by judicial psychologist in all proceedings were used as fact’s source. Theoretical reference bring up from Psychoanalysis the concept of “paternal function”, beside Anthropology studies on gender’s social construction. Men established more closed relations with children — especially if compared to their relations with their own fathers — showing satisfaction on that. This construction approached to what many authors call the “new father”, and in other hand masculinity experience continued attached to “traditional” pattern. These men experienced a standard masculinity and constructed a way of paternity that differs from their fathers’, making use of qualities and attributes considered feminizes in our society.
Palavras-chave: Paternidade – Aspectos psicológicos
Guarda de menores – Aspectos psicológicos
Pais e filhos
Masculinidade – Aspectos antropológicos
Direito – Aspectos psicológicos
Figura paterna
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: QUEIROZ, Liliane Ferreira. Paternidades em construção: demandas de guarda de filho(a)s em processos judiciais. 2003. 106 f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9258
Data do documento: 16-Abr-2003
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo323,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.