Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9294
Tipo: Dissertação
Título: Sensibilidade do planejamento estratégico quanto a riscos e incertezas
Sensitivity of strategic planning to risks and uncertainties
Autor(es): Oliveira Neto, Ricardo Rodrigues de
Abstract: O setor florestal vem apresentando um papel relevante na economia nacional, contribuindo significantemente com a Balança Comercial Brasileira e na geração de empregos. Com o aumento da competitividade devido a globalização do comércio, cada vez mais as empresas estão buscando o aumento da produção e a redução dos custos. Com isso, há a necessidade de um planejamento florestal visando a otimização da produção e redução dos riscos e incertezas do setor, que tem produto com origem biológica e rotação de longa duração. Nesse trabalho foi criado um modelo de programação linear para o planejamento florestal de logo prazo envolvendo uma variável de área de reforma. Foram definidos prescrições de corte com 6, 7 e 8 anos com possibilidade de reforma ou condução da brotação. Logo após foram gerados 60 cenários variando a intensidade, período e tempo de redução das áreas de plantio, avaliados quanto ao VPL produzido ao final do horizonte de planejamento. Os resultados demonstram que quanto maior as reduções de plantio, maior o tempo em que essas reduções são feitas e quanto mais próximas do inicio do horizonte de planejamento são realizadas, menor o VPL produzido. As reduções foram entre 24,1% e 0,07% em relação ao cenário convencional (reforma da área total). Essas reduções não foram maiores pois nos cenários houve mudança da prescrição selecionada para talhadia em relação às com reforma.
The forest sector plays a relevant role in the national economy, contributing significantly to the Brazilian trade balance and to job creation. The increased competition resulting from the globalization of trade is leading companies to search for production increase and cost reduction. Therefore, forest planning is required for a production optimization and for a risks reduction since the product is biologically originated and has long-term rotation. It was created in this study a linear programming model for long-term forest planning with an area of reform variable. It was defined harvest prescriptions for 6, 7 and 8 years with the possibility of reform or coppice management. Thereafter it was generated 60 scenarios with intensity, period and time of the plantation área, all of them varying and being analysed for produced VPL at the end of the planning horizon. The results demonstrate that, the higher the reduction on the plantations, greater the time for those reductions occur; besides, the closer from the beginning of the planning horizons those reductions were, smaller was the VPL produced. Related to the conventional scenario (total area reform), the reductions stayed between 24, 1% and 0,07%. Those reductions are not higher because the selected prescription for coppice management was diferent than the prescription for reform, considering the analised scenarios.
Palavras-chave: Empresas florestais - Administração
Economia florestal
Programação linear
CNPq: Manejo Florestal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: OLIVEIRA NETO, Ricardo Rodrigues de. Sensibilidade do planejamento estratégico quanto a riscos e incertezas. 2016. 40f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9294
Data do documento: 22-Jul-2016
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo665,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.