Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9295
Tipo: Dissertação
Título: Análise da relação entre a distribuição espacial da cobertura arbórea urbana e variáveis socioeconômicas, Ipatinga-MG
Analysis of relationship between urban tree cover spatial distribution and socioeconomic variables, Ipatinga-MG
Autor(es): Aza, Núbia Marina Ferreira
Abstract: Nas últimas décadas, a temática ambiental ganhou relevância no campo dos estudos urbanos incorporando diversas áreas do conhecimento. A vegetação é um dos requisitos importantes para a qualidade ambiental de uma cidade, sendo fator indispensável para o planejamento urbano. Embora a quantificação da cobertura arbórea por meio de índices seja um instrumento útil, não reflete as condições de distribuição e qualidade da vegetação. Assim, propõe-se que a gestão do verde urbano incorpore aspectos sociais, fazendo associações quanto à forma de ocupação urbana e variáveis socioeconômicas, além de aspectos qualitativos. Este estudo tem como objetivo a análise da relação entre a distribuição espacial da cobertura arbórea urbana e variáveis socioeconômicas no perímetro urbano de Ipatinga-MG. O mapeamento foi realizado por meio do software ArcGIS e a quantificação através do Índice de Cobertura Arbórea (ICA) e do Percentual de Cobertura Arbórea (PCA) por bairro. A análise de correlação averiguou a existência de relação entre os indicadores ICA e PCA por bairro e as variáveis renda e densidade demográfica. De forma complementar, a aplicação do checklist analisou a contribuição da cobertura arbórea para a qualidade urbanística de duas Regionais de Planejamento. O total mapeado equivale a 2.433,15 ha, sendo que a classe de maior ocorrência foi a dos fragmentos florestais (87,16%). O PCA estimado para o perímetro urbano é de 32,54% e o ICA corresponde a 102 m2 habitante-1.Os indicadores estão acima dos parâmetros recomendados, porém a análise por bairro indica que a cobertura arbórea é mal distribuída, concentrando-se nos bairros planejados pela USIMINAS e na fronteira urbana. A análise de correlação apontou correlação inversa significativa entre os indicadores (ICA e PCA) e a variável densidade demográfica, enquanto a correlação com a renda média domiciliar foi direta, porém em menor grau. O checklist, abordou duas situações extremas, sendo que apenas nos bairros da Regional 1 a cobertura arbórea está adequada em termos paisagísticos. Dessa forma, conclui-se que a distribuição da cobertura arbórea em Ipatinga não é equitativa e os níveis de densidade demográfica combinados à configuração do espaço urbano estão associados à existência de cobertura arbórea adequada.
In recent decades, the environmental issue has gained prominence in urban studies field, incorporating different areas of knowledge. Vegetation is one of the important factors for environmental quality of a city, being an indispensable factor for urban planning. Although quantification of tree cover through indexes is a useful tool, it does not reflect the conditions of distribution and quality of vegetation. Thus, it is proposed that urban green management incorporates social aspects, making associations in form of urban occupation and socioeconomic variables, as well as qualitative aspects. This study aims to analyze the relationship between urban tree cover spatial distribution and socioeconomic variables in Ipatinga-MG urban area. Mapping was performed through ArcGIS software and quantification through Arboreal Coverage Ratio (ICA) and Arboreal Coverage Percentage (PCA) by neighborhood. Correlation analysis examined the existence of a relationship between ICA and PCA indicators by neighborhood and income and population density variables. As a complement, the checklist implementation analyzed tree cover contribution for urban quality of two Regional Plannings. The total mapped is equal to 2433.15 ha, with higher occurrence of forest fragments (87.16%). PCA estimated for urban area is 32.54% and ICA corresponds to 102 m2 inhabitant-1. The indicators are above the recommended parameters, but the analysis by neighborhood shows that tree cover is poorly distributed, focusing on districts planned by USIMINAS and at urban border. Correlation analysis showed a significant inverse correlation between indicators (ICA and PCA) and population density variable, while correlation with average household income was direct, but to a lesser degree. The checklist, addressed two extreme situations, but only in Regional 1 neighborhoods tree cover is adequate in terms of landscape. Thus, it is concluded that tree cover distribution in Ipatinga is not equitable and population density levels combined to urban space configuration are associated with the existence of adequate tree cover.
Palavras-chave: Arborização das cidades - Ipatinga (MG)
Vegetação urbana
Cobertura vegetal
Paisagem urbana
Qualidade ambiental
CNPq: Manejo Florestal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: AZA, Núbia Marina Ferreira. Análise da relação entre a distribuição espacial da cobertura arbórea urbana e variáveis socioeconômicas, Ipatinga-MG. 2016. 71f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9295
Data do documento: 2-Ago-2016
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.