Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9311
Tipo: Tese
Título: Manejo florestal em faixas alternadas para Floresta Ombrófila Aberta no município de Codó, Estado do Maranhão
Alternates strip forest management method to Open Ombrophylus Forest in the Municipality of Codó, Maranhão State
Autor(es): Gama, João Ricardo Vasconcellos
Abstract: Este estudo foi conduzido na área de manejo florestal do Projeto Magela, localizado no município de Codó-MA (04o 35 20 S e 43o 49 55,2 W), que tem como detentor a empresa MARGUSA (Maranhão Gusa S.A.). Os objetivos foram ajustar um modelo volumétrico para estimar, simultaneamente, o volume de fuste e o volume total de árvores individuais; analisar a composição florística, a estrutura horizontal e as distribuições de diâmetro, área basal e volume total da floresta; e executar a análise técnica e financeira, comparando os sistemas de manejo florestal em faixas alternadas e o sistema seletivo. Foram cubadas 364 árvores-amostra com amplitude diamétrica entre 2,5 e 90 cm. Ajustou-se o modelo de Schumacher e Hall com uma variável binária para a estimativa dos volumes de fuste e totais com e sem oco; e o volume total e de fuste da espécie Cenostigma macrophyllum Tul (Leguminosae). Foram lançadas 21 parcelas de 50 x 200 m de forma aleatória, sendo 12 parcelas em Floresta Ombrófila Aberta com cipó (FOAcipó) e nove parcelas em Floresta Ombrófila Aberta com palmeira (FOApalmeira). Amostraram-se todos os indivíduos com dap ≥ 15 cm (nível I de inclusão), e em subparcelas de 5 x 50 m, os indivíduos com 5 cm ≤ dap < 15 cm (nível II de inclusão). Para obtenção de dados quantitativos da estrutura da floresta remanescente e estimação dos coeficientes técnicos de manejo, foi executado um inventário após a colheita em seis parcelas permanentes de 50 x 200 m, e em cada uma foram mensuradas todas as árvores e palmeiras com dap ≥ 5 cm. Para a análise financeira, utilizaram-se o valor presente líquido para o horizonte infinito, o valor esperado da terra, o valor anual equivalente, a razão benefício/custo, a taxa interna de retorno e custo médio de produção. Os resultados demonstraram que as equações resultantes do ajuste do modelo de regressão podem ser utilizadas, com precisão, na quantificação dos volumes de fuste e totais de árvores em Floresta Ombrófila Aberta. A FOApalmeira apresentou maior diversidade florística, melhor qualidade estrutural e menor capacidade produtiva que a FOAcipó. As espécies de maior importância ecológica em FOAcipó foram Cenostigma macrophyllum, Galipea jasminiflora Encley (Rutaceae), Hymenaea parviflora Huber (Leguminosae) e Duguetia cadaverica Huber (Annonaceae). Em FOApalmeira, as espécies mais importantes foram Orbignya speciosa (Mart.) Bard. Rodr. (Arecaceae), Actinostemon klotzchii (Didr.) Pax (Euphorbiaceae), Cenostigma macrophyllum e Hymenaea parviflora Huber (Leguminosae). As espécies indicadoras de FOAcipó e FOApalmeira foram, respectivamente, Cenostigma macrophyllum e Orbignya speciosa. As fitocenoses apresentaram potencial para produção sustentada de madeira para energia. Os resultados dos indicadores econômicos mostraram que os sistemas de manejo estudados são financeiramente viáveis, sendo o sistema seletivo a melhor alternativa econômica. Entretanto, o sistema em faixa apresentou maior viabilidade ambiental e melhor rendimento operacional de colheita (corte e traçamento). O carvão produzido a partir de sistemas de manejo florestal sustentável pode competir com o carvão adquirido no mercado.
This study was carried out at the forest management area of the Magela Project in the Municipality of Codó-MA (04o 35 20 S and 43o 49 55,2 W), owned by the MARGUSA (Maranhão Gusa S/A) enterprise. The objectives were to adjust a volumetric model to estimate, simultaneously, the bole volume and the total volume of individual trees; analyze the floristic composition, horizontal structure and diametric distributions, basal area and the total volume of the forest; and to carry out a technical and financial analysis comparing both forest management systems in alternate strips and the selective system. There were measured 364 tree-sample with diameters ranging from 2,5 cm to 90 cm. The Schumacher and Hall model was tested with one binary variable to estimate the bole and total volumes with or without holes; and the total volume of Cenostigma macrophyllum Tul (Leguminosae). A total of 21 randomized plots of 50 m x 200 m were established, with twelve plots in Open Ombrophylus Forest with Liana (OOFliana) and nine plots in Open Ombrophylus Forest with Palm (OOFpalm). All individuals with dbh ≥ 15 cm (inclusion level I) were measured. Individuals with 5 cm ≤ dbh < 15 cm (inclusion level II) were measured in 5 m x 50 m subplots. Quantitative data of the remaining forest structure and the technical forest management coefficient estimates were taken through a forest inventory carried out in six 50 m x 200 m permanent plots after harvesting; in each permanent plot trees and palms with dbh ≥ 5 cm were measured. Results showed that the equations from the regression model adjustment can be used, with good precision, for estimating the bole and total volumes in Open Ombrophylus Forest. OOFpalm showed the higher floristic diversity, best forest structure quality and the lesser productivity capacity than OOFliana. The most ecological important species in OOFliana were: Cenostigma macrophyllum, Galipea jasminiflora Encley (Rutaceae), Hymenaea parviflora Huber (Leguminosae) e Duguetia cadavérica Huber (Annonaceae). While in OOFpalm, the most important species were: Orbignya speciosa (Mart.) Bard. Rodr. (Arecaceae), Actinostemon klotzchii (Didr.) Pax (Euphorbiaceae), Cenostigma macrophyllum e Hymenaea parviflora Huber (Leguminosae). The indicator species of OOFliana and OOFpalm were, respectfully, Cenostigma macrophyllum and Orbignya speciosa. Both phytocenosis presented good potential for sustainable production of wood to energy. Results of liquid present value for infinite horizon, soil expect value, equivalent annual value, benefit/cost ratio, internal rate of return and mean production cost showed that: the MAFA system had a higher environmental viability; the harvesting operational income (felling and bucking) was higher in the MAFA system; both forest management systems have financial viability, being SS system the best economic alternative; charcoal produced from sustainable forest management systems can compete with charcoal obtained in common market.
Palavras-chave: Florestas - Administração - Codó (MA)
Economia florestal - Modelos matemáticos
Florestas tropicais - Amazônia
Desenvolvimento sustentável - Amazônia
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GAMA, João Ricardo Vasconcellos. Manejo florestal em faixas alternadas para Floresta Ombrófila Aberta no município de Codó, Estado do Maranhão. 2004. 126f. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9311
Data do documento: 17-Dez-2004
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo10,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.