Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9323
Tipo: Dissertação
Título: Barreiras vegetais para mitigação de odores em estação de tratamento de efluentes de uma indústria de celulose
Windbreak walls for mitigating odour in pulp mill effluent treatment plant
Autor(es): Amorim, Viviane Lourenço de
Abstract: Processos de tratamento biológico de efluentes líquidos podem gerar odores em função da presença de compostos oriundos da atividade anaeróbia. Estes odores são ainda mais acentuados nas indústrias de celulose Kraft devido à presença de compostos de enxofre reduzido (TRS) presentes nos efluentes. Esses compostos odoríferos podem vir a prejudicar a saúde e a qualidade de vida das comunidades próximas às ETEs. Uma forma de atenuar os efeitos das emissões geradas nas ETEs consiste na implantação de barreiras físicas de forma a desviar das regiões habitadas e afetadas, as correntes aéreas que transportam tais compostos. O objetivo desse trabalho foi o de investigar as condições de funcionamento na ETE de uma fábrica de celulose brasileira composta por lagoas aeradas facultativas seguida de lagoa de decantação, e sugerir a implantação de barreiras vegetais, de modo a atenuar os odores gerados nas lagoas, que eventualmente atingem algumas comunidades circunvizinhas. Assim, elaborou-se um diagnóstico da ETE procurando verificar as suas principais deficiências que acarretam na geração dos compostos odoríficos. Estudou-se o comportamento climático da região e investigou-se as características das espécies vegetais para a composição de elementos paisagísticos. Finalmente, desenvolveu-se uma alternativa para a implantação de barreiras na região.
Effluent biological treatment processes may produce odors due to the presence of compounds originated from anaerobic biological activity. These odors are accentuated in Kraft pulp mills because of the presence of Total Reduced Sulfur (TRS) compounds in the mill effluent. These odoriferous compounds may cause harm to the public health and to the quality of life of the people who live in the communities located nearby the effluent treatment plant. One way to reduce the effects of the emissions consists of the implantation of physical barriers (wind breaks) to deviate the plume from the inhabited and affected regions. The objectives of this work was to investigate the conditions of a Brazilian pulp mill treatment facility composed of five aerated lagoons in series, followed by a sedimentation lagoon, and suggest the implementation of vegetal barriers to minimize the effect of odors generated in the lagoons in the nearby communities. A diagnostic of the treatment facility was carried out in order to verify the generation of the odoriferous compounds. The climatic condition of the region was studied and the characteristics of the vegetal species used to compose the windbreaks were investigated. An design of windbreaks was developed for the specific mill site.
Palavras-chave: Barreiras vegetais
Tratamento de efluentes
Indústria de celulose
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: AMORIM, Viviane Lourenço de. Barreiras vegetais para mitigação de odores em estação de tratamento de efluentes de uma indústria de celulose. 2004. 105f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9323
Data do documento: 27-Fev-2004
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo6,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.