Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9380
Tipo: Tese
Título: Constituintes químicos isolados de Salvinia auriculata Aubl. e atividade antibacteriana de extratos brutos sobre estirpes de Staphylococcus aureus causadoras de mastite bovina
Chemical constituents isolated from Salvinia auriculata Aubl. and antibacterial activity of crude extracts against Staphylococcus aureus causing bovine mastitis
Autor(es): Lima, Sâmia
Abstract: As plantas são uma fonte importante de produtos naturais biologicamente ativos. A grande diversidade encontrada no Brasil justifica o crescimento significativo na utilização de compostos de origem vegetal como potenciais antimicrobianos no combate a diversas infecções. Salvinia auriculata é uma macrófita aquática encontrada em climas tropicais. Trabalhos anteriores realizados pelo nosso grupo de pesquisa avaliou a promissora atividade antibacteriana da planta contra as bactérias causadoras da mastite bovina. O objetivo deste trabalho foi o isolamento e identificação de constituintes químicos obtidos de folhas e raízes de S. auriculata Aubl. e a avaliação da atividade antibacteriana dos extratos orgânicos contra estipes S. aureus de origem bovina. O capítulo I, foi descrita a obtenção dos trinta e dois extratos brutos, utilizando quatro solventes (éter de petróleo, diclorometano, acetato de etila e etanol 95%) a partir de duas partes da planta (folhas e raízes) nos quatro meses de coleta (Dezembro, Janeiro, Fevereiro e Março). Também foram avaliados os testes microbiológicos realizados com os extratos orgânicos ativos. A concentração inibitória mínima foi determinada e revelou que os extratos com potente atividade antibacteriana contra S. aureus foram extratos brutos de folhas e raízes (coleta de Março) produzidos por éter de petróleo e raízes (coleta de Março) produzido por etanol. Estes três extratos foram misturados em proporções iguais e essa mistura de extratos ativos foi avaliada de acordo com sua atividade citotóxica e seu poder de inibição de biofilme antibacteriano, além de ser avaliado em comparação aos sanitizantes comerciais utilizados na vaca antes e depois da ordenha. Os extratos ativos não apresentaram atividade tóxica em células epiteliais mamárias bovinas (MAC-T). Entretanto, apresentaram atividade antibiofilme contra S. aureus e de acordo com o teste do modelo de excisão dos tetos, a mistura de extratos foi eficaz no combate às bactérias, se comparados com os sanitizantes comerciais. Conclui-se que os extratos orgânicos de folhas e raízes de S.xv auriculata são potentes agentes de combate às estirpes S. aureus, e deverá ser investigada como um potente germicida na prevenção e no controle da mastite bovina. No capítulo II, foi descrita a avaliação do perfil cromatográfico (CLAE E CG-EM) dos extratos ativos brutos e o isolamento/ identificação de metabólitos secundários presentes nos extratos brutos analisados. Foram identificados compostos dentre eles, o estigmasterol, β-sitosterol, ácido octadecanóico, álcool octadecanol e estigmast-22-eno-3,6-diona. A atividade antibacteriana do estigmast-22-eno-3,6-diona foi avaliada e demostrou forte atividade contra estirpes de S. aureus.
Plants are source of biologically important natural products, many of which de- rive many drugs. A great diversity founded in Brazil justifies a significant growth in the use of plant products as potential antimicrobials against several infec- tions. Salvinia auriculata is an aquatic macrophyte with promising antibacterial activity against bacterias that causes bovine mastitis. The aim of this work was the isolation and identification of chemical constituents obtained from leaves and roots of S. auriculata Aubl. and evaluation of the crude extracts in the pre- vention and control of bovine mastitis. On Chapter I, it was evaluated the mini- mum inhibitory concentration and revealed that the extracts with strong antibac- terial activity against S. aureus were leaves and roots extracts (March collec- tion) produced by petroleum ether and roots (March Collection) produced by ethanol. Those three extracts were mixed in equal proportion and the cytotoxic activity and antibacterial biofilm inhibition was evaluated. Thus, the mixed were analysed using the Excised Teat Model. The extracts showed no toxic activity in bovine mammary epithelial cells, exhibited antibiofilm activity against S. aureus and the agreement with the excised teat model, a mixture of extracts was effi- cacious against bacterias as compared with comercial germicides. It is conclud- ed that the plant S. auriculata is a powerful germicide against S. aureus and may eventually be used in the prevention and control of bovine mastitis. On Chapter II, it was described the chromatographic profile (HPLC and GC-MS) of crude extracts with strong antibacterial activity and isolation/ identification of secondary metabolites. The results showed the identification the compounds as stigmasterol, β-sitosterol, octadecanoic acid and stigmast-22-en-3,6-dione. The antibacterial activity of stigmast -22 -ene -3,6 -dione was evaluated and demon- strated strong activity against strains of S. aureus.
Palavras-chave: Salvinia auriculata - Atividade antibacteriana
Extratos vegetais
CNPq: Etnofarmacologia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: LIMA, Sâmia. Constituintes químicos isolados de Salvinia auriculata Aubl. e atividade antibacteriana de extratos brutos sobre estirpes de Staphylococcus aureus causadoras de mastite bovina. 2016. 115 f. Tese (Doutorado em Bioquímica Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9380
Data do documento: 1-Abr-2016
Aparece nas coleções:Bioquímica Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.