Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9575
Tipo: Dissertação
Título: Panorama do mercado de sementes e da disseminação de pragas quarentenárias no Brasil
Panorama of the seed market and the spread of quarantine pests in Brazil
Autor(es): Santana, Vanessa Campos
Abstract: Semente é o insumo básico em qualquer produção agrícola e sem dúvida o sucesso do agronegócio brasileiro depende da utilização de sementes de qualidade. A associação de pragas com as sementes é um risco ao comércio internacional, consequentemente, a utilização de sementes ilegais aumenta potencialmente o risco de introdução de pragas quarentenárias em áreas isentas. Apesar do risco eminente associado às sementes ilícitas no Brasil, não há relatos na literatura sobre a relação entre comércio ilegal de sementes e a disseminação de pragas quarentenárias. O presente trabalho teve como objetivo analisar os riscos fitossanitários associados às sementes ilegais, levando em conta a produção, comercialização, fiscalizações nas safras 2009-2013 e identificando as pragas quarentenárias ausentes disseminadas por sementes. Os dados foram obtidos por meio de consulta à literatura técnico-científica e informações disponíveis em páginas eletrônicas de entidades e órgãos da área. Os resultados são apresentados em gráficos e tabelas que ilustram o panorama nacional sobre o tema. Com as informações obtidas concluiu-se que houve aumento na produção de sementes entre as safras 2009-2013, com destaque para as culturas de soja e milho. A taxa de utilização de sementes certificadas ainda é preocupante para algumas culturas importantes do país: feijão, arroz, algodão, soja e trigo. Os estados com mais fiscalizações entre 2009-2013 foram: São Paulo, Minas Gerais e Paraná. No entanto, os estados com mais irregularidades encontradas foram: Mato Grosso do Sul, Paraná e Minas Gerais. Das pragas quarentenárias ausentes no Brasil (A1), 162 espécies estão presentes em países da América do Sul, das quais 49 são potencialmente veiculadas por sementes, embora as demais também possam ser disseminadas em contaminações de lotes de sementes ilegais. Para minimizar os problemas fitossanitários associados à pirataria de sementes no Brasil, ações educativas sobre a gravidade do problema e melhoria do sistema de fiscalização em estados e áreas de fronteiras sul-americanas devem ser consideradas pelo sistema nacional de defesa sanitária.
Seed is the basic input for any agricultural production and no doubt the success of Brazilian agribusiness depends on the use of quality seeds. The association of pests with the seeds is a risk to international trade, hence the use of illegal seeds potentially increases the risk of introduction of quarantine pests in free areas. Despite the imminent risk associated with illegal seeds in Brazil, there are no reports in the literature about relationship between illegal seed trade and the spread of quarantine pests. This study aimed to analyze the phytosanitary risks associated with illegal seeds, taking into account production, marketing, inspections in 2009-2013 crops and identifying the missing quarantine pests spread by seeds. Data were obtained by consulting the technical and scientific literature and information available in electronic entities and bodies of the area pages. The results are presented in graphs and tables illustrating the national scene on the topic. With the information obtained it was concluded that there was an increase in seed production between the 2009-2013 seasons, especially the soybean and corn. The rate of use of certified seed is still worrisome to some important crops in the country: beans, rice, cotton, soybeans and wheat. The states with more inspections between 2009-2013 were: São Paulo, Minas Gerais and Paraná. However, the states with more irregularities were: Mato Grosso do Sul, Parana and Minas Gerais. Of absent quarantine pests in Brazil (A1), 162 species are found in the countries of South America, 49 of which are potentially propagated by seed, although others may also be disseminated in lots of illegal seed contamination. To minimize pest problems associated with piracy seeds in Brazil, educational activities on the severity of the problem and improve the surveillance system in states and areas of South American borders should be considered by the national health protection system.
Palavras-chave: Sementes - Doenças e pragas - Controle
Sementes - Qualidade
CNPq: Defesa Fitossanitária
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTANA, Vanessa Campos. Panorama do mercado de sementes e da disseminação de pragas quarentenárias no Brasil. 2015. 34f. Dissertação (Mestrado em Defesa Sanitária Vegetal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9575
Data do documento: 30-Mar-2015
Aparece nas coleções:Defesa Sanitária Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo603,12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.